Como lidar com os ciúmes do seu parceiro?

Relacionamento

Sabe aquela frase ‘’Quem ama, cuida.’’? Pois bem, ela é bastante utilizada como justificativa por pessoas que sentem ciúmes de seus parceiros. Mas ela não reflete a realidade.

É claro que quem ama, protege seu parceiro. No entanto, esse sentimento de proteção está muito distante do sentimento de posse. Quando as crises de ciúmes tornam-se  violentas e destrutivas, é preciso avaliar as atitudes.

Casal de namorados

Foto: © Depositphotos

Quando um quadro de ciúmes exagerado é detectado, quase sempre colocamos a ‘’culpa’’ da situação no parceiro, em suas ações. Mas, na verdade, a questão é interna e deve ser trabalhada pela pessoa que carrega tais sentimentos, ou seja, conosco.

Mas e você, sabe lidar numa boa com os ciúmes que o seu marido ou namorado sente por você?

Controle os ciúmes e melhore seu relacionamento

Em nosso post de hoje vamos discutir como você deve lidar com os ciúmes do seu parceiro. Algumas atitudes simples podem melhorar o relacionamento, torná-lo mais saudável e especialmente encantador, como toda relação amorosa deve ser. Acompanhe e saiba mais!

1.   Mantenha uma rotina de diálogos frequentes

Dentro de um relacionamento, não há como fugir do diálogo. Muitos criticam as chamadas ‘DRs’ mas, sem elas, a relação desanda.

Desconfiada

Foto: Shutterstock

Imagine o seguinte cenário: você sabe que seu parceiro é ciumento e precisa mudar, mas será que ele entende a dimensão do problema? A única maneira dele descobrir é conversando com você e, é claro, com você expondo o problema.

Busque o diálogo no momento certo, e mostre-se disponível para ajudá-lo a controlar seus sentimentos, medos e anseios!

2.   Conheça a origem do ciúme

É claro que para a mulher, os ciúmes exagerados do parceiro nunca terão fundamento. Porém, é preciso analisar bem a situação e definir se realmente há motivos para os ciúmes, ou se apenas é algo criado pela imaginação do seu marido ou namorado.

relacionamento caiu na rotina

Foto: © Depositphotos

Vale se colocar no lugar do outro, também. Questione-se se as crises de ciúmes têm fundamentos, ou se o seu companheiro está exagerando.

Uma boa maneira de compreender a origem do ciúme e conversar com familiares e amigos próximos. Se eles, que estão fora da relação, alertarem que há algo errado com as suas atividades, vale rever suas escolhas. Caso contrário, o recomendado é ter um diálogo aberto com o parceiro.

3.   Imponha suas vontades e desejos

É bem comum vermos mulheres modificando totalmente seus estilos de vida por conta dos ciúmes de seus parceiros. Mas isso é errado. Mulheres (nem homens) devem mudar por ninguém. Quando o seu parceiro te conheceu, você agia exatamente da mesma forma? Então ele deve te aceitar assim.

casal discutindo

Foto: © Depositphotos

Claro que existem exceções. Mas ao menos que suas ações resultem em algo totalmente prejudicial ao relacionamento, mantenha sua autonomia e vontades perante seu parceiro. Lembre-se que ao iniciarem uma relação, vocês escolheram dividir uma vida juntos, aceitando suas qualidades e defeitos. Um namoro ou casamento não é composto somente de momentos bons, todos os obstáculos devem ser encarados juntos!

4.   Evite situações que desencadeiam ciúmes excessivos

Você já parou para pensar se você realmente não dá motivos para que seu parceiro sinta ciúmes? Seja uma relação muito próxima e que gere desconfiança com um ex-namorado ou, ainda, nunca atende o celular quando ele te liga? Em caso positivo, vale a pena rever seus conceitos.

Mandando mensagem para whatsapp

Foto: Shutterstock

Se você sabe que determinada atitude não é tão bacana e, ao mesmo tempo, abre margem para crises incontroláveis de ciúmes, evite-a. Assim, além de manter a paz em seu relacionamento, vocês não se desgastam com discussões desnecessárias.

5.   Não discuta

Quando um dos parceiros sente ciúmes por qualquer motivo, questões mínimas podem gerar discussões incontroláveis. Nesse sentido, uma boa saída é evitar as discussões no calor da emoção. Mesmo que o pensamento do seu parceiro não tenha fundamento, respire fundo, espere a irritação passar e escolha o melhor momento para discutir a questão.

casal discutindo

Foto: (c) Can Stock Photo

Você também sente ciúmes? Saiba como conquistar autoconfiança

Se além de conviver com os ciúmes que seu parceiro sente de você, você também é uma mulher ciumenta, temos outro problema. Aqui, a grande dica é conquistar autoconfiança e elevar sua autoestima. Estando bem consigo mesma, será bem mais simples vencer a insegurança, controlar as emoções e dominar o ciúme excessivo.

Para te ajudar, listamos abaixo alguns passos simples que farão você se tornar uma mulher mais confiante e, de quebra, contribuir para a saúde do relacionamento amoroso. Veja só:

Refletindo

Foto: Shutterstock

• Entenda sua insegurança: o que mais te deixa enciumada? Passeios do seu companheiro com outros amigos? A amizade dele com outras mulheres? A intimidade com a própria família? Reflita sobre estas questões e entenda os motivos que te levam a sentir tanto ciúmes assim.

• Assuma que você é ciumenta! Todos ao seu redor podem afirmar que você é ciumenta demais, mas você sempre nega. Isso é muito prejudicial. Se os outros percebem essa característica, certamente é porque você toma atitudes que condizem com isso. Então, se você realmente sente ciúmes de forma exagerada, assuma essa condição para o seu parceiro e, principalmente, para você.

• Mapeie seus relacionamentos anteriores. Muitos profissionais de psicologia relacionam os ciúmes de um relacionamento atual com algo vivenciado em relações anteriores. Se a sua relação com o ex foi muito conturbada, pode ser que você vivencie reflexos disso hoje. É primordial entender que a outra relação ficou no passado, e as mesmas ocorrências não se repetirão com o atual parceiro!

Mulher apaixonada

Foto: Unsplash

• Valorize-se. Quando você está se sentido bem consigo mesma, raramente sobrará tempo para ter crises de ciúmes. Isso não será prioridade. Uma boa maneira de burlar essa questão é se valorizando, destacando suas qualidades e habilidades, se conhecendo melhor. Você pode fazer isso inscrevendo-se em um curso de pintura, em um grupo de corrida ou em uma aula de dança, por exemplo. Explore atividades que lhe trazem prazer e, principalmente, façam você sentir-se útil e realizada.

• Não guarde ressentimentos! A pior coisa que você pode fazer é se calar e acumular mágoas, raiva e desapontamentos. Sempre que você vivenciar alguns destes sentimentos em relação ao seu parceiro, conte a ele. O diálogo é um poderoso preventivo para a saúde do seu relacionamento. Lembre-se, ainda, que o seu companheiro não poderá adivinhar seus pensamentos e, por isso, dificilmente lhe ajudará a superar a situação.

Sentimento de amor

Foto: © Depositphotos

Esperamos que nossas dicas de hoje lhe ajudem a refletir sobre os ciúmes excessivos, tanto os sentidos por você quanto por seu parceiro. Além disso, é preciso entender quando o ciúme se torna algo destrutivo, transformando a relação em abusiva. Aqui no site temos um post dedicado a este assunto (Como saber se você está em um relacionamento abusivo) que vale ser conferido.

Gostou? Compartilhe nosso conteúdo com outras mulheres que também sofram com ciúmes de seus parceiros e ajude-as indiretamente.

Até breve!

Por Tatiane Andrade / Edição: Dona Giraffa

 • 10 fatos que podem impedir um relaciomaneto de ir para frente

Publicidade

Deixe seu comentário