Conheça os benefícios da amêndoa

Saúde e Bem estar

A amêndoa, assim como as castanhas de caju e do Pará, as nozes, a avelã, entre outras fazem parte do grupo das oleaginosas, sementes que possuem óleos e gorduras benéficos ao organismo. Justamente por terem um alto teor de gordura, essas sementes têm sido uma das principais fontes de energia do homem desde os primórdios.

Benefícios da amêndoa

Foto: © Depositphotos

As oleaginosas engordam?

Aqui está um fato interessante sobre esse alimento: as castanhas, nozes, amêndoas e afins podem ser consideradas uma fonte de gordura que não engorda, ou ainda, uma gordura “do bem”.

Uma pesquisa realizada em 2009, sugere que o consumo de um punhado de qualquer tipo dessas sementes até três vezes por semana, reduz o risco de ganho de peso e obesidade. Além de ajudar a reduzir as medidas, as oleaginosas são ricas em proteínas e nutrientes.

A melhor maneira de consumi-las é na sua versão in natura e, de preferência, sem sal, pois quanto menos sódio adicionarmos à dieta, melhor. A amêndoa, especificamente, concentra a maior parte dos  antioxidantes na sua casca, por isso deve ser consumida sem o descarte dessa pele marrom. Além disso, ela promove boas bactérias ao intestino que ajudam no processo digestivo.

Os benefícios da amêndoa

As amêndoas são alimentos muito nutritivos, elas são ricas em diversos nutrientes importantes para a saúde, e além de ser super saudável, não é difícil inserir a amêndoa na sua dieta cotidiana, pois existem diversas formas de consumo dessa semente.

Alimento saudável

Foto: © Depositphotos

Vamos ver quais são os principais benefícios desse alimento tão rico e nutritivo.

1. Ajuda no controle do colesterol

A amêndoa, apesar de ser um alimento rico em gordura, é uma grande aliada para quem precisa diminuir o colesterol ruim (LDL) do sangue, pois ela retira essas moléculas da corrente sanguínea. Isso acontece porque ela é uma dos alimentos que mais possui vitamina E em sua composição. Um estudo científico comprovou que o consumo de 42 gramas de amêndoas por dia reduz o LDL em até 5,3 mg/dl.

2. Diminui o risco de câncer

As amêndoas ajudam a diminuir o risco de câncer por serem itens que possuem grandes índices de antioxidantes que neutralizam os radicais livres ajudando na recuperação celular. No caso específico do câncer do cólon, consumir amêndoas ajuda muito na recuperação do paciente, pois elas ajudam a fazer a passagem dos alimentos nessa região do corpo.

3. Ajuda a emagrecer

Por ser um alimento rico em proteínas, fibras e gordura não saturada, as amêndoas ajudam a emagrecer, pois consumir algumas durante os intervalos das refeições vai aumentam a sua sensação de saciedade.

Emagrecer saudável

Foto: © Depositphotos

Algumas pesquisas mostraram que as pessoas que incluem amêndoas na dieta têm 31% menos chance de ganhar peso se comparadas com aquelas que não o fazem. Por isso, uma boa opção para quem quer emagrecer é consumir as amêndoas como lanche no intervalo entre as principais refeições.

4. Retarda o envelhecimento precoce da pele

Mais uma vez os antioxidantes da amêndoa nos fazendo bem! Ao neutralizar os radicais livres, esses componentes protegem a pele contra o processo de oxidação natural e cria uma barreira mais efetiva contra os raios UV, prevenindo o envelhecimento precoce. A vitamina E presente na amêndoa também protege o colágeno e a elastina deixando-nos com uma pele mais firme e sem rugas.

5. Faz bem ao coração

Consumir amêndoas regularmente ajuda a prevenir as doenças no coração, pois elas são ricas em gorduras insaturadas, potássio e antioxidantes. Elas também possuem ácido fólico e vitamina E e diminuem o nível de homocisteína, itens importantes para a saúde das artérias.

Prevenir doenças

Foto: © Depositphotos

Algumas pesquisas já mostraram que incluir amêndoas no consumo diário ajuda a melhorar o funcionamento das artérias e os flavonóides existentes na casca ajudam a evitar doenças cardíacas.

6. Ajuda no controle da pressão arterial

Um dos motivos que faz com que as pessoas sofram com pressão alta, ataques cardíacos, derrames e falência dos rins, é a deficiência de magnésio. Por ser rica nesse nutriente, as amêndoas ajudam a baixar e manter a pressão arterial sob controle. O potássio presente nessa semente também ajuda a regular a pressão sanguínea.

7. Fortalece ossos e dentes

A amêndoa traz ótimos resultados para quem sofre de osteoporose. Você sabia que um punhado desse alimento pode fornecer até 24% da quantidade de cálcio que o corpo precisa por dia?

Amêndoa

Foto: © Depositphotos

Além disso, ela é rica em magnésio e fósforo que são muito importantes para a saúde dos ossos e dentes.

Outras maneiras de consumir amêndoas no seu dia a dia

Farinha de amêndoa:

Essa farinha é facilmente encontrada em supermercados ou lojas de produtos naturais. Porém, se você preferir, pode fazê-la em casa triturando as sementes com a ajuda de um liquidificador, mixer ou processador de alimentos.

Ela pode ser usada na fabricação de bolos e doces em substituição à farinha de trigo, pode ser consumida misturada no iogurte ou em vitaminas de frutas, pode ser adicionada à granola e também pode substituir a farinha de rosca na hora de preparar empanados. Os benefícios são incontáveis! (Conheça as farinhas low carb)

Leite de amêndoa:

O principal benefício do leite de amêndoas é a ausência de lactose, sendo também uma das opções para quem não pode ou não quer consumir alimentos de origem animal. Além disso, ele ainda tem em sua composição todos os nutrientes que essa oleaginosa fornece: cálcio, magnésio, fósforo, potássio, vitamina E. Ou seja, é um alimento muito mais completo que o leite de vaca e muito mais benéfico para o organismo.

Assim como a farinha, é fácil preparar o leite de amêndoas em casa, basta deixar as sementes de molho, batê-las com um pouco de água e coar. O “bagaço” pode ser usado para fazer biscoitos e bolos ou ainda, para a farinha de amêndoa.

Óleo de amêndoa:

Esse com certeza é o mais conhecido e também o mais usado nos cuidados com a pele e com o cabelo por ter alto poder de hidratação e propriedades anti-inflamatórias.

Mas saiba que ele também é comestível e tem uma composição muito similar ao do azeite de oliva. Porém, para ingestão, ele deve ser puro e próprio para consumo e não esses encontrados em casas de cosméticos.

Por Vivian Fiorio / Edição: Dona Giraffa

 • Linhaça: sua aliada low carb na perda de peso

Publicidade

Deixe seu comentário