Meu namorado ejaculou na minha perna, posso estar grávida?

Saúde / Menstruação

Seja na perna, na virilha, na barriga ou em qualquer outra parte externa do corpo, não há risco de gravidez se não houver penetração desprotegida. A gravidez só ocorre quando o espermatozoide fecunda o óvulo liberado no período fértil da mulher, que ocorre durante seis dias no mês. Para que isso aconteça, a ejaculação deve ser feita dentro da vagina, ou o espermatozoide não terá nenhum alcance.

Será que estou grávida

Foto: Shutterstock

Quando há sexo sem camisinha, é possível que ocorra a fecundação mesmo que o homem ejacule fora do corpo, pois o pênis libera sêmen durante a penetração, apesar de ser em menores quantidades. No entanto, não há nenhuma chance se o casal resolveu não penetrar durante a relação. Quando há apenas masturbação, a ejaculação não provoca gravidez.

Há meninas que se preocupam com a possibilidade de engravidar quando o sêmen do parceiro é liberado próximo as genitais da mulher. Mesmo que seja na região do clitóris, por exemplo, é muito difícil que ocorra algo se o líquido não foi liberado dentro do canal vaginal. O acesso dos espermatozoides ao óvulo só ocorre com a penetração dentro da vagina.

Quando há risco real de gravidez?

A partir do momento em que há penetração sem proteção, o risco de gravidez já existe. Se a mulher não toma anticoncepcional e nem utiliza nenhum outro método contraceptivo, há riscos do espermatozoide fecundar o óvulo.

Para evitar que isso aconteça, é indispensável adotar o uso da pílula, usar camisinha ou apostar em outro método.

Métodos contraceptivos

Foto: Shutterstock

Embora o a liberação do óvulo só aconteça uma vez ao mês e pelo período de um dia, pode ocorrer do espermatozoide sobreviver no organismo durante vários dias, o que faz com que o período fértil da mulher seja de seis dias no mês.

Quando o espermatozoide sobrevive, é possível que a mulher engravide também fora do período fértil.

Outra possibilidade de engravidar é quando ocorre picos de adrenalina durante o sexo e o organismo da mulher libera o óvulo fora do período fértil. Isto pode acontecer em qualquer momento e provocar a fecundação quando o casal menos espera. Por isso, o uso da camisinha é indispensável para quem não toma pílula anticoncepcional ou usa outro método para não engravidar.

Calcule o seu período fértil

A maior probabilidade de gravidez está sempre nos dias do período fértil e, ao ter um cuidado especial durante esses dias, é possível evitar uma gravidez indesejada com mais facilidade. Embora os cuidados sejam importantes em qualquer momento, é no período fértil que a mulher deve estar mais atenta, pois os riscos de engravidar são altos.

Para identificar o seu período fértil, conte 14 dias a partir do primeiro dia em que a menstruação descer. Depois de 14 dias o período fértil deve iniciar e durar seis dias. Será neste período que a mulher irá liberar o óvulo que ficará pronto para a fecundação. No entanto, este cálculo só é exato para quem tem o ciclo menstrual regulado. Se você não menstrua todos os meses, por exemplo, fica mais difícil de calcular.

Neste caso, é possível cuidar alguns sintomas do período fértil para ter uma noção. Um desses sintomas é o aparecimento de um corrimento esbranquiçado, com aspecto de clara de ovo. Este corrimento indica que a ovulação está acontecendo. Algumas mulheres possuem outros sintomas como cólicas leves também durante o período fértil, mas não são todas que passam por isso.

Pílula anticoncepcional

Quem tem uma vida sexual ativa e não quer engravidar no momento poderá se beneficiar muito com o uso da pílula anticoncepcional. Além de impedir a ovulação e a gravidez com mais de 95% de certeza, a pílula também causa diversas vantagens no organismo, como a regulagem dos hormônios, melhora da pele, cabelos e redução das cólicas menstruais.

Médico receitando remédio

Foto: Shutterstock

No entanto, é fundamental ir a um ginecologista para que o médico receite a pílula mais adequada para o seu organismo. Cada medicação possui uma carga hormonal que pode ser muito forte para algumas pessoas, o que faz com que o aconselhamento médico seja necessário para tomar a pílula certa.

Lembre-se ainda de relatar ao médico qualquer efeito colateral que for sentido após o uso da pílula. No começo, é normal sentir sintomas como dor de cabeça e mal-estar. No entanto, esses sintomas não podem persistir. Se acontecer, talvez a pílula escolhida seja muito forte para o seu organismo e é necessário trocar de medicação.

Orientações

• Se não houver penetração, não se preocupe com o local em que o seu namorado irá ejacular, pois é impossível que ocorra uma gravidez.

• Use sempre camisinha se você não tomar pílula anticoncepcional ou tiver mais de um parceiro sexual, pois a medicação não impede a contração de doenças sexuais.

• Na hora de escolher uma pílula, marque uma consulta com o ginecologista para receber as orientações adequadas.

• Se não usar nenhum método contraceptivo, não faça técnicas como o coito interrompido e evite a penetração sem camisinha, mesmo que seja por poucos minutos.

• Jamais utilize a pílula do dia seguinte de forma rotineira. No caso da camisinha estourar, o método apelativo pode ser utilizado. No entanto, essa pílula pode causar problemas de saúde se for ingerida com frequência. (Saiba como tomar a pílula do dia seguinte)

Pílula do dia seguinte

Foto: Shutterstock

• Calcule sempre o período fértil para ter uma noção maior do momento em que é mais fácil engravidar. Porém, os cuidados devem ser tomados em todas as relações.

• Se optar pela pílula anticoncepcional, tome sempre no mesmo horário e siga todas as recomendações do ginecologista. Pequenos erros no uso da medicação podem cortar o efeito e fazer com que a pílula não consiga evitar uma gravidez. (Anticoncepcional: oito erros irreversíveis no uso da pílula diária)

Por Ana Paula Bretschneider / Edição Dona Giraffa

• O líquido lubrificante liberado antes da ejaculação pode engravidar?

Publicidade

82 comentários

  • Victória disse:

    Me tira uma dúvida por favor! Tive relação faltando dois dias pra menstruar , no inicio do ato houve uma unica e rápida penetração sem preservativo ,depois continuou com o preservativo e nem chegou a ter ejaculação ! No dia previsto minha menstruação veio e durou 6 dias como sempre ! Ainda tem risco?

    Responder
  • Isadora disse:

    Dona giraffa meu namorado passou o pênis na minha vagina. Não houve penetração e o pênis estava limpo (ele havia tomado banho um tempinho antes) corro algum risco?

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Oi Isadora! Não corre risco nenhum. Mas, se não quer correr riscos, use camisinha. Beijos!

      Responder
  • anonimo disse:

    bom dia…eu e meu namorado tivemos relação ..e ele gozou em minha barriga porem escorreu pela minha vagina…no outro dia tomei a pílula do dia seguinte só que a tarde eu fiquei menstruada pois acho que era o dia…ai pela manha tomei a pílula do dia seguinte e a tarde veio a mestruação e no mesmo dia como menstruei comecei a tomar anticoncepcional e estou já menstruada a 21 dias mas não é aquele sangue vivo e sim uma borra de café…a possibilidades deu esta gravida?

    Responder
  • Anónimo disse:

    Fiz sexo desprotegido com meu namorado. Mais ele gozou fora. Não tomo nenhum anticoncecionail. Tem chance de eu ter engravidado?

    Responder
  • Tatiane disse:

    Entao gente eu queria tirar uma duvida eu sou virgem nunca tentei por medo e queria saber se vocês entendem de ciclo menstrual?

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Qual a dúvida?

      Responder
  • Anonimo disse:

    Mesmo que hipoteticamente sua mão estivesse impregnada de semen e ela não tivesse limpado antes de se masturbar?

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Mesmo assim é pouco provável.

      Responder
  • Anonimo disse:

    Eu me masturbei e ejaculei na parte interna de sua perna e, se lembro bem, na barriga da minha namorada. Ficamos na dúvida se o sêmen atingiu sua mão mas, em seguida, não lembro quantos segundos depois, ela se masturbou. Eu a impedi, mas não evitei que ela fizesse um pouco. Ela tomava anticoncepcionais há uns 3 meses mas esqueceu apenas um dia naquele mês. Em seguida, cerca de meia hora depois, tomou a pilula do dia seguinte. Cerca de 15 dias depois ela falou que menstruou, e nessa semana também. O ocorrido foi em 23/02. Ela não toca mais no assunto e, também por isso, estou até meio depressivo e ansioso. Há possibilidade dela ter engravidado? A resposta me dará paz de espírito. Obrigado.

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Sem chances de gravidez! Fique tranquilo. Beijos!

      Responder
      • Anonimo disse:

        Por favor, poderiam responder? Obrigado

        Responder
        • Dona Giraffa disse:

          Oi! Qual a sua dúvida?

          Responder
          • Anonimo disse:

            Oi. Minha duvida são essas que estão aguardando moderação, e complementam a pergunta anterior que vcs ja responderam: tudo aquilo que eu narrei e que foi respondido “Sem chances de gravidez”; mas eu não havia deixado claro na pergunta que havia a possibilidade de minha namorada ter se masturbado com a mão molhada de sêmen e essa é minha dúvida se corre o risco de engravidar assim, considerando tudo o que escrevi ( anticoncepcional, pilula do dia seguinte, não ter havido penetração, a ejaculação ter ocorrido longe da vagina ) Muito obrigado pela paciência

          • Dona Giraffa disse:

            Olá!!! Olha, para ocorrer uma gravidez é necessário ejaculação dentro da vagina. O risco de gravidez com ejaculação fora é de praticamente zero. Sem contar que ela estava segura pois, estava tomando anticoncepcional e ainda tomou a pílula do dia seguinte. E sem contar que ela já menstruou né. Desencana!!!

          • Anonimo disse:

            Muito muito muito obrigado

Deixe seu comentário