Saiba como organizar a sua mudança passo a passo

Casa

Mudar de casa é sinônimo de vida nova para qualquer pessoa, principalmente quando a nova residência é maior, mais aconchegante e mais bem localizada. Viver em um novo ambiente pode ser motivo de expectativas, aumento da qualidade de vida e da motivação com a rotina diária.

Casal mudança

Foto: Shutterstock

Na maioria dos casos, ir para uma casa nova é algo positivo, mesmo que seja em outra cidade, estado ou até mesmo país. A mudança em si pode causar alguma preocupação com relação a adaptação da família e das crianças. No entanto, um novo ambiente é sempre bem-vindo e o período de adaptação, no geral, costuma ser curto.

Se você está se mudando nas próximas semanas ou meses, a maior preocupação no momento deve ser o processo de empacotamento e transporte de móveis e objetos pessoais. Quanto mais pertences houverem, mais demorada e trabalhosa será a mudança. Se é a sua primeira vez em uma casa nova, veja um guia sobre como se organizar e mobilize a família toda nesta tarefa.

Passo 1: preparativos

Na hora de organizar uma mudança, o ideal é que tudo seja preparado com o máximo de antecedência possível. As datas de ir para a casa nova, contato com empresas de transporte e folgas no trabalho para organizar o novo ambiente devem ser calculadas antecipadamente para que não ocorra nenhum estresse durante a mudança.

Casal preparando a mudança da casa

Foto: Shutterstock

O tempo necessário para se organizar pode variar de três meses há poucas semanas. Tudo vai depender do tamanho da mudança, se você irá se mudar com a família ou sozinho, da quantidade de pertences e da distância entre a casa atual e a residência que pretende ser ocupada. Para famílias maiores, o ideal é iniciar o planejamento de datas com três meses de antecedência.

• Veja no calendário as melhores datas para se mudar e se é possível carregar tudo apenas em um dia.

• Faça um orçamento com diversas empresas de transporte para descobrir os melhores preços.

• Ao decidir a empresa, não esqueça de detalhar a quantidade de objetos que pretende carregar.

• Se morar sozinho, veja se é possível mobilizar amigos e levar os pertences de carro para economizar na mudança.

• Ao definir todas as datas, verifique a possibilidade de tirar folgas no trabalho para se dedicar ao processo da mudança.

• Antes do empacotamento, tente conseguir caixas de papelão em lojas de eletrodomésticos, papel para embalagem (Jornal) e (Plástico bolha para embrulhar objetos frágeis) e tenha fita adesiva e canetas em mão para etiquetar os pertences.

Tarefas que você deve agilizar antes de mudar:

Não se esqueça de solicitar a instalação dos demais itens na casa nova:

(Aguá / Luz / Gás /  Internet / Tv a Cabo / Telefone)

Comunique sua mudança de endereço a empresas com as quais você recebe correspondências:

• Bancos
• Operadoras de Cartão de Crédito
• Escolas e  Universidades
• Revistas e Jornais
• Companhia de Seguros
• Detran

Passo 2: empacotamento

Empacotar os objetos pessoais é a parte mais trabalhosa da mudança. Se você mora em uma casa grande, é preciso selecionar com cuidado o que deve ser carregado para a casa nova. Lembre-se de que o momento é ideal para separar objetos para doação ou venda. Evite levar para o novo lar coisas que estão no fundo do armário e guarda-roupas há anos sem que ninguém utilize ou precise.

Mulher arrumando mudança

Foto: Shutterstock

Na hora de empacotar, o ideal é fazer o trabalho cômodo por cômodo, deixando na mão coisas que você irá precisar nos últimos dias que antecedem a mudança. O tempo dedicado para o empacotamento de um único cômodo irá depender da quantidade de pertences e pessoas ajudando na tarefa. Há quem precise de uma semana, enquanto que outros podem fazer isto em um único dia ou em poucas horas.

• Tenha um bom estoque de caixas de papelão de tamanhos diferentes para colocar objetos diversos.

• Coloque coisas parecidas dentro da mesma caixa, como copos ou pratos, para facilitar a organização mais tarde.

• Separe mudas de roupas, toalhas e coisas que poderão ser necessárias para os membros da família durante o processo de mudança.

• Cuidado com objetos frágeis e que quebram facilmente. Utilize plástico bolha e coloque etiquetas indicativas para que os funcionários da mudança tomem mais cuidado.

• Escreva nas caixas para que cômodo elas deverão ser carregadas. Se ficar mais fácil, faça símbolos indicativos com cores para identificar rapidamente.

Passo 3: transporte

Se você optar por uma empresa de transportação, os próprios funcionários irão ajudar na hora de organizar as caixas no caminhão, ver quais móveis precisam ser desmontados e quais poderão ser carregados ao natural. Lembre-se apenas de ensinar os ajudantes sobre as etiquetas, para que deixem as caixas corretas nos cômodos desejados.

Equipe carregando mudança

Foto: Shutterstock

Todo o cuidado é pouco na hora de transportar objetos frágeis e, por isso, as indicações também devem ser claras. Procure avisar aos funcionários quais são as caixas mais delicadas para que fiquem bem posicionadas no caminhão e não caiam durante o trajeto. Quanto maior for a distância, maiores serão os riscos de que algo se quebre pelo caminho.

leia também

Confira dicas para organizar sua mudança sem pressa
Mudança organizada: 25 dicas

Passo 4: organizando a casa nova

Quando todos os móveis e caixas já estiverem sido carregados para a casa nova, talvez você precise de alguns dias para organizar tudo. Tudo irá depender do tamanho da casa e da quantidade de objetos trazidos para a nova residência, além do número de quartos que serão utilizados.

Mudança encaixotada

Mudança encaixotada

Tente mobilizar os membros da família e até as crianças na tarefa. Não coloque objetos frágeis na mão dos pequenos, mas peça para que ajudem a organizar roupas, brinquedos, sapatos e outras coisas que não correm o risco de quebrar. Faça alguma competição entre as crianças para que os pequenos se animem com a arrumação.

• Comece a organizar cômodo por cômodo, só começando um após terminar o outro.

• Não se preocupe em lavar louças, por exemplo, faça isso quando tudo já estiver nos armários para que o trabalho inicial não seja dobrado.

• Aproveite para pensar com cuidado a posição dos móveis. Tente otimizar os espaços e não comprometer as áreas de circulação.

Por Ana Paula Bretschneider / Edicão: Dona Giraffa

• Caixas da Mudança, o que fazer com elas? Confira dicas super legais:

Publicidade

4 comentários

  • Patricia Atendente disse:

    Excelente, sem duvida a organização é fundamental. Ótimas dicas, práticas e inteligentes!

    Responder
  • Laura disse:

    Excelente postagem.Me agregou bastante.Valeu pena!

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Olá Laura, obrigado pelo seu comentário!
      Fico feliz que tenha gostado da matéria.

      Beijinhos!

      Responder
  • Nayane disse:

    Muito bom. Faz toda a diferença agir conforme as dicas do artigo. Parabéns!!

    Responder

Deixe seu comentário