Corrimento amarelo com odor

Prevenção de doenças

Quando há algo errado, o nosso corpo sempre dá sinais que nem sempre sabemos interpretar. O corrimento amarelo é um exemplo, como ele é fácil de ser confundido com o corrimento normal do período fértil, muitas mulheres dão pouca importância para o fato e só começam a se preocupar quando juntamente com o corrimento vem uma dorzinha chata.

mulher com corrimento

Foto: (c) Can Stock Photo

Descubra o que está acontecendo com o seu corpo e como tratar o corrimento amarelo.

O que é o corrimento amarelo?

Vida de mulher não é fácil, não é? A nossa anatomia é propícia para a proliferação de bactérias e parasitas e se você tiver um pequeno deslize de limpeza, uma infecção pode acontecer.

Para deixar bem claro, o nosso risco de ter uma DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis) é maior, pois a área da vagina é úmida, o que cria o ambiente ideal para a proliferação de microorganismos

Aquele líquido amarelado que surgiu na sua calcinha é provocado por um protozoário chamado de Trichomonas vaginalis, que tem um período de incubação de duas a três semanas.

A tricomoníase, o causador do corrimento amarelado, não é uma doença difícil de ser diagnosticada e nem vai trazer conseqüências graves para você se for tratada.

Quando não tratada corretamente, a tricomoníase pode sair de uma incomoda infecção (Infecção urinaria: como prevenir) para algo bem mais sério como infertilidade, câncer cervical e em mulheres grávidas pode interferir no peso do bebê e até causar aborto.

Como no início ela é apenas irritante, a tricomoníase acaba sendo deixada de lado sem ser tratada como deveria, mas mesmo que os sintomas aparentemente tenham sumido, a doença pode voltar a aparecer.

Sintomas

A princípio você repara em um líquido amarelado constante na calcinha. Depois começa a perceber que um ardor surge juntamente com uma coceira irritante.

O corrimento, que é meio amarelado, também tem um cheiro forte que você logo percebe que não é normal. Em algumas mulheres, há dor durante as relações sexuais.

Veja todos os sintomas da tricomoníase.

• Corrimento amarelado ou amarelo esverdeado;

• Cheiro Forte;

• Dor ao urinar;

• Dor nas relações sexuais;

• Ardor;

• Coceira na região genital.

Nem sempre as mulheres sentem todos estes sintomas, há aquelas que reparam apenas no corrimento amarelado e não tem nenhum tipo de dor ou ardência.

Se você reparar que o corrimento é contínuo ou que há pequenas lesões, quase imperceptíveis, ou inchaço na sua vagina, procure o seu médico, pois você pode estar infectada, mas sem sofrer os principais sintomas da tricomoníase.

Também fique atenta no órgão genital do seu parceiro: os homens não apresentam os sintomas da tricomoníase, mas eles podem ser infectados e infectar outras pessoas. Caso ele esteja contaminado pelo parasita provavelmente o pênis dele vai apresentar alguma lesãozinha.

Causas

Geralmente o que causa da tricomoníase é a relação sexual desprotegida, mas usar roupas íntimas mal lavadas, roupa de cama, toalha de banho ou biquíni úmido também pode aumentar a incidência do protozoário.

Sentar em assento de banheiro público ou não lavar corretamente a área íntima são cuidados que você precisa ter para afastar o risco de ter a tricomoníase.

Tratamento

Qualquer tipo de corrimento precisa ser analisado e não fique esperando o tempo passar para começar a tratar esta doença.

Esta doença é fácil de ser detectada pelo ginecologista e você não precisa fazer vários exames até descobrir se tem ou não o parasita em seu corpo.

Geralmente o médico percebe que você está infectada reparando nas pequenas lesões causadas pela doença e coletando a sua secreção. Dificilmente o ginecologista pedirá um exame complementar – isso só ocorre quando o exame ginecológico é inconclusivo.

Após a constatação da doença – se for necessária a análise da secreção o resultado sai em até sete dias – seu médico vai lhe receitar remédios daqueles que restringem o consumo de bebida alcoólica.

Por pelo menos uma semana você precisará ficar sem sexo, e o seu parceiro, que provavelmente também foi contaminado, também precisa se tratar, pois se ele não tomar os remédios indicados há uma chance enorme de você voltar a se infectar.

A taxa de cura da tricomoníase é bem alta e se você seguir todas as indicações do seu ginecologista, após uma semana você estará livre do parasita.

Ficou com alguma dúvida? Deixe a sua mensagem!

Por Samantha Alievi
Redação Dona Giraffa
Crédito da Imagem: (c) Can Stock Photo

Confira também

# Candidíase | O que é a doença e como tratá-la
# Prisão de ventre: sintomas e tratamentos
# [Prevenção de doenças] – Coceira vaginal: entenda os motivos
# [Tire suas Dúvidas] – Ardência ao urinar: causas, sintomas e tratamento

Publicidade

52 comentários

  • Laiana pires Cardoso disse:

    Eu nao tive relacao e tenho corrimento amarelo com odor mais nao tenho dor nem coceira o que pode ser?

    Responder
  • Verônica disse:

    Oi! Fiquei com um garoto e depois de ele ter feito comigo uma semana depois apareceu com corrimento amarelo e dor em urinar… eu nao tinha os sintomas, mas o medico disse q pode ter ficado encubado em mim…fui ao médico e me consultaram uma injeção cectrioxizona e dois comprimidos. Faz 3 semanas q tomei, nao fiz relação sexual depois disso, indicado só depois de 1 mês e estou tendo reações da injeção como diarréia como mostra na bula… Hoje saiu corrimento fora do normal e com cheiro e amarelo e tem coceira… O que deve ser agr?

    Responder
  • Maria Aparecida disse:

    Estava com um corrimento branco é com cheiro mais fraco agora está amarelo é com cheiro ainda

    Responder
  • Bessy disse:

    olá.. meu nome é bessy e estou grávida de 6 semanas e nos últimos 3 dias senti ardor e dor leve na vagina, acabo de sair de uma candidiase e agora isto.
    tenho lavado a genital com água e um pouco de vinagre de maçã e também hoje bebi água com um pouco do vinagre.

    hoje durante uma caminhada senti muito muito ardor que tive de parar de caminhar, já não aguentava. chego em casa e na calcinha estava um corrimento amarelado e com cheiro muito forte..
    Estou preocupada com a saúde do meu bebé. não faço sexo há duas semanas.

    Me ajudem!

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Oi Bessy, procure o seu médico o quanto antes, ok! Beijos!!

      Responder
  • Andrea miranda disse:

    ola amiga suspeito os mesmos problemas de trimoniase que me ocorreram alguns dias depois da primeira saida intima me apareceu antes mesmos de menstruar e logo continuou aparecendo de volta e um odor que me incomoda meio amarelado e vermelhado tbm como um final de mestruçao ou seja um risco na calsinha e sinto tbm tenho que usar algo diferenciado p evitar a troca de calsinhas durante o dia de tao forte q é sera uma efecção não sinto dor so foi na hora da transa que sentia um descoforto dolorido isso foram duas vezes ocorrido por favor me ajude a me indentificar melhor obrg b noite

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Oi Andrea! Você deve procurar um ginecologista para investigar esse corrimento, ok! Beijos!

      Responder
  • Andressa disse:

    Eu tive tricomoniase, diz o tratamento usei os cremes . Porém algumas semanas depois ela voltou novamente, o que devo fazer ?
    Eu não mantive nenhuma relação sexual durante todo esse período.

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Olá! O ideal é voltar no seu médico para reavaliar, prescrever outro remédio. Beijos!

      Responder
  • Ellen Souza disse:

    Minha Amiga Tá Com escorrimento Amarelado E Com Odor ,Ela Não Sente Outros Sintomas E Nao Tem Nenhuma Lesão,O Que Pode Ser?

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Todo corrimento com cor e odor deve ser avaliado por um ginecologista. Pode ser alguma infecção vaginal. Beijinhos!

      Responder
  • Joelma disse:

    Eu posso adquirir tricomoníase do meu parceiro através da relação desprotegida, ou pra ele adquirir tem que ter pego de outra pessoa e passado para mim?

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Oi Joelma, a Tricomoníase é uma doença sexualmente transmissível, ou seja, é transmitida na relação sexual desprotegida.

      Responder

Deixe seu comentário

(Cancelar a resposta.)