O que é gravidez psicológica: conheça os principais sintomas

Gravidez

Todos os sinais estão presentes: você enjoa freqüentemente, começa a produzir leite, a barriga começa a crescer e acontece a interrupção da menstruação. Você está feliz com a gravidez, mas o seu ginecologista tira toda a sua felicidade: a gestação não existe e você está passando pela chamada gravidez psicológica.

Envolta por um enorme preconceito, esta doença mental pode atingir qualquer mulher. Descubra as causas e sintomas de uma gravidez psicológica.

Causa

A sua última relação sexual foi sem camisinha e você está crente que engravidou: este simples fato, bastante comum, pode desencadear um stress tão grande, que a mulher passa a desenvolver a gravidez imaginária.

A gravidez psicológica não acontece somente em mulheres que sonham em ser mãe; aquelas com muito medo de engravidar, que tem uma profissão onde a gravidez é vista como um empecilho e que são solteiras, também estão no grupo de pessoas suscetíveis à gravidez psicológica.

mulher com gravidez psicológica

Foto: (c) Can Stock Photo

Esquecer a pílula também é creditado como um fator causador do distúrbio, mas geralmente quando a mulher passa a imaginar uma gestação, este episódio está mais ligado a uma dificuldade psicológica.

Escutamos muito sobre a gravidez psicológica quando uma mulher rouba um bebê para esconder que havia apenas imaginado a sua própria gestação. Claro que isso é algo extremo, mas o que eu quero dizer é que as mulheres que procuram segurar um marido ou namorado ou sentem-se extremamente carentes e inseguras acabam depositando no bebê (inexistente) a esperança de manter o seu relacionamento.

leia também

Quero engravidar e não consigo: o que fazer?
Quando começam a aparecer os primeiros sintomas de gravidez?

Quem tem a auto-estima baixa e acha que o parceiro é tudo na vida, precisa encontrar um meio de tê-lo por perto e como isso não é tão fácil, prefere imaginar uma situação (seja conscientemente ou inconscientemente) em que está grávida.

Se a mulher sente que não recebe a atenção necessária, ela procura algo tão drástico como uma gravidez, pois em sua mente, a gestante necessita de todos os cuidados possíveis. Quem também já tentou engravidar e não conseguiu, cria uma barreira tão grande de estresse, que a fantasia de estar grávida se faz presente.

Toda essa ilusão contamina todos à sua volta e a ida ao médico transforma-se em um rally para encontrar um que realmente diga que ela está grávida. É comum que as mulheres passem por mais de dois ginecologistas para finalmente acreditarem que não estão gerando uma vida.

O exame de ultrassom é a única prova que faz com que elas comecem a perceber o mal entendido, no entanto, às vezes nem o exame acaba com a sua fantasia.

Sintomas da gravidez psicológica

A nossa mente é tão poderosa, que os sintomas da gravidez psicológica são iguaiszinhos aos da gestação normal.

mulher com sintomas de gravidez psicológica

Foto: (c) Can Stock Photo

No estágio inicial a mulher começa a sentir:

• Seios inchados
• Alteração do humor
• Interrupção da menstruação
• Enjôo
• Aumento do peso
• Desejos

Há relatos de pessoas que apresentaram um quadro clínico tão semelhante à gravidez, que fica difícil para o médico suspeitar que não uma gestação, estes sintomas são:

• Produção de leite materno – a alteração na hipófise gera um aumento na produção de prolactina, o hormônio responsável por produzir o leite

• Desejos alimentares

• Movimentação do feto – as mulheres acham que os gases intestinais são na verdade um bebê se mexendo.

• Aumento do abdômen – elas comem muito por achar que precisam comer por dois

Estes sintomas podem durar algumas semanas ou até nove meses e são provocados pelo estímulo gerado pela mente que influencia no hipotálamo e hipófise. Estas glândulas aumentam a produção de prolactina no sistema endócrino, o que resulta no aparecimento destes sinais tão fortes e tão similares com uma gravidez verdadeira.

Como tratar a gravidez psicológica

Quando ocorre a incidência destes fatores acima citados, o médico receita medicamentos hormonais para que a produção de leite se encerre e que a menstruação se regularize.

Por ser um distúrbio de fundo emocional é importante que a mulher passe a se consultar com um psicólogo ou psiquiatra, a fim de aumentar a sua auto-estima e descobrir quais são as reais causas da gravidez psicológica.

È fundamental que a família não acuse a paciente de criar uma mentira e muito menos espere uma solução imediata: o tratamento psicológico pode durar meses e a mulher precisa do apoio e da paciência de todos.

Você conhece alguém que inventou uma gravidez para segurar o companheiro? Deixe o seu depoimento!

Por Samantha Alievi
Redação Dona Giraffa
Crédito da Imagem: (c) Can Stock Photo

Confira também

# Sintomas de gravidez no começo da gestação
# Gravidez psicológica, sintomas e diferenças
# [Menstruação irregular] – Ciclo menstrual: veja alguns distúrbios menstruais
# [Atraso menstrual] – Menstruação atrasada e teste de gravidez negativo. O que pode ser?

Publicidade

13 comentários

  • Erica disse:

    Tem mulher q inventa q ta gravida mas quando vai saber a vdd e mentira td isso pra segurar o compamheiro.

    Responder

Deixe seu comentário