Perdi a confiança e brigamos muito. Tem como resolver?

Relacionamento

Foto: (c) Can Stock Photo

Relacionamentos são uma delícia, mas ao mesmo tempo eles podem ser bem complicados. Eu diria que não existe uma fórmula para fazer dar certo. Mas certos elementos são essenciais para proporcionar um possível “felizes para sempre”.

Dizem que sem confiança mútua não há relacionamento. E de certo modo isso é absolutamente verdade. Se amar for um eterno sofrer, então que sejamos capazes de confiar. Plenamente? Não sei, não é uma coisa muito fácil de se fazer.

Às vezes as coisas não saem como o planejado. E não ter controle sobre tudo e todos faz com que fiquemos mais desconfiadas do que o normal. Suponha que por alguma razão você não consegue mais confiar. Será que dá pra driblar essa situação?

Confiar ou não?

Antes de abordar especificamente essa situação, vamos voltar um pouquinho. Qual a sua opinião quanto a confiar nas pessoas? Você é do tipo que desconfia de todos ou é do tipo que confia cegamente? É difícil responder e dizer “devemos confiar em todos” ou “não devemos confiar em ninguém”.

O fato de confiarmos ou não numa pessoa depende de diversos fatores. Normalmente, as pessoas não desconfiam por desconfiar. Isso pode ser um mecanismo de defesa do tipo “evitar quebrar a cara” ou até uma série de experiências que a pessoa pode ter tido no passado.

-> Falta de confiança no namoro. O que fazer?

A confiança plena parte do princípio da ingenuidade. Muita gente não consegue ver (ou identificar) quem nos fará mal. Porém, eu acredito que as pessoas possam mudar. E creio que não custa dar um voto de confiança. E ao mesmo tempo, acho importante sempre mantermos um pé atrás, nem que seja de leve.

Desconfiança e seus problemas

Se você tem motivos pra desconfiar, é uma coisa. Mas se você desconfia de modo quase neurótico, é um problema. Se você não confia no seu parceiro, fica praticamente impossível de ter um relacionamento estável. Você começa a ficar uma pessoa neurótica, paranóica e ciumenta em excesso.

Tudo isso na ânsia de querer controlar e vigiar todos os passos que o outro dá. Resultado: brigas e mais brigas. Além de trazer um enorme desgaste a relação. Seu parceiro não vai suportar a sensação de estar aprisionado a você.

Não sei agir diferente

Procure avaliar as situações em que você sente necessidade de desconfiar do outro. Essa necessidade é real? Como você sabe que seu parceiro está mentindo? Ninguém gosta de pensar na possibilidade de ser traído. Mas ela pode acontecer nos melhores relacionamentos.

-> Como evitar a possessividade no relacionamento

Além do mais, quem quer trair sempre dá um jeito de fazê-lo, seja com você controlando os passos ou não. Então, pra quê sofrer assim? A desconfiança está diretamente ligada na insegurança da pessoa. É o medo de não sermos bons o suficiente para o parceiro, medo de não conseguirmos segurá-los ao nosso lado. Não deixe esse tipo de sentimento dominar você!

Dá pra resolver?

Depende da sua vontade de fazer diferente. Tenha em mente que nada bom acontece se você continuar a agir assim. Se não existem motivos para não confiar, guarde essa insegurança pra dentro de você. Com o tempo, você verá que ela irá sumir. Diga ao seu parceiro para lhe ajudar nesse processo, peça compreensão pelas vezes em que você não conseguir segurar.

Não adianta sofrer com suposições e neuroses sua. Somente sofra (e faça alguma coisa) quando as suspeitas forem reais. Aprenda que, quanto mais prendemos alguém ao nosso lado, mais vontade de ser livre a pessoa terá. Deixe-a solta, e se ela lhe ama, ela sempre volta. Se for difícil fazer isso sozinha, não há nada de errado em procurar ajuda médica, como psicólogos.

Para fazer seu relacionamento dar certo, precisamos vencer nossos próprios medos e inseguranças em prol da felicidade mútua.

Por Camila Mazi
Redação Dona Giraffa
Crédito da Imagem: (c) Can Stock Photo

Confira também

# Sou casada e ele também, mas nos envolvemos
# Como lidar com a insegurança do namoro
# Ciúmes no namoro: como evitar
# Namoro que termina e volta sempre. O que fazer?

Publicidade

1 comentário

  • Valentine disse:

    Passei por algo parecido…..eu namoro faz 6 anos e de uns tempos pra cá meu namorado mudou….antes éramos unha e carne e eu nunca havia desconfiado dele, porém de uns tempos pra cá ele ficou diferente, começou a fazer academia e passou a ficar distante. Um dia fuçando o face dele vi uma menina da academia e que por coicidência trabalha com ele, o marcando em várias fotos da academia….isso me deixou possessa. Depois desse dia passamos a brigar por causa da minha desconfiança. Ele disse que está com a consciencia tranquila…mas minha vontade é pegar essa garota e esganar!

    Responder

Deixe seu comentário