Saiba como escolher o absorvente ideal

Prevenção de doenças

Foto: (c) Can Stock Photo

Uma vez por mês, as mulheres entre a adolescência e a menopausa precisam abrir mão de um pequeno produto: o absorvente. Diante de tantas opções, escolher o absorvente parece ser uma tarefa impossível.

-> Tire suas dúvidas sobre absorvente interno

A seguir, confira algumas dicas que podem te ajudar a eleger o absorvente que melhor se encaixa com as suas necessidades:

Abas ou não

Antes de serem noturnos, básicos ou adaptáveis à calcinha, os absorventes se dividem entre aqueles que possuem ou não as abas laterais.

 Com abas: A grande vantagem desse tipo é que esse absorvente não fica dançando na calcinha e fica mais firme quando nos movimentamos. A desvantagem é que caso esse tipo de absorvente seja usado com frequência, a pele da virilha, por ser mais fina, pode ficar irritada e você pode até desenvolver alergias.

• Sem abas: O absorvente do tipo sem abas é indicado para as mulheres que se sentem incomodadas com o tipo anterior e que se sentem mais à vontade este tipo, não fazendo questão que ele fique 100% ajustado na calcinha.

Suave ou seca

Outra característica que difere os tipos de absorvente é a questão da cobertura(ou textura), que pode ser suave ou seca. Os absorvente são feitos praticamente de algodão. No entanto, a textura deles está baseada no tecido que cobre o algodão.

• Seca: A superfície que fica por cima do algodão é mais porosa. O maior diâmetro dos furos faz com que os absorventes de textura seca sejam capazes de absorver com mais eficácia o fluxo menstrual. Isso permite que sua pele não fique em contato com o sangue, evitando possíveis odores.

• Suave: Esse tipo de absorvente também absorve o fluxo, mas esse tipo é mais indicado pra quem possui um fluxo de menor intensidade, já que ele não absorve tão bem quanto o de textura seca.

Noturno ou básico

A diferente é basicamente o tamanho e a capacidade de absorver o sangue.

• Noturno: Como o nome diz, é indicado para se usado durante a noite, mas mulheres com fluxo intenso também o usam durante o dia. A vantagem está na segurança que ele nos dá.

• Básico: São menores. Isso significa que ele é indicado para mulheres de fluxo menor ou moderado.

Com perfume ou não

O sangue da menstruação tem um cheiro específico. Com isso, várias marcas lançaram absorventes que são capazes de neutralizar esses odores. Acontece que a região íntima é sensível e possível um pH específico. E absorventes perfumados podem desequilibrar esse pH, causando a proliferação de fungos ou bactérias.

Protetores diários

Os protetores diários são utilizados pelas mulheres para aquele finzinho de menstruação ou para evitar que corrimentos sujem a calcinha. No entanto, usar diariamente este tipo de mini-absorvente pode ocasionar um abafamento na região, deixando-a propensa à proliferação de fungos e bactérias causadores de doenças como a candidíase. Só utilize-os apenas quando necessário.

Absorventes internos

Este tipo de absorvente é considerado por muitas mulheres como grandes revoluções. Aquelas que não se sentem à vontade com os absorventes comuns acabam utilizando o absorvente interno, que promete maior liberdade de movimento e menos incômodo.

Acontece que, se mal utilizado, ele pode causar doenças e infecções sérias. Antes de usá-lo, confira atentamente as instruções e certifique-se de que você está tomando as devidas precações para que ele não se torne seu inimigo íntimo.

Coletores menstruais

Pensando no problema ambiental que os absorventes comuns representam, inventaram o coletor menstrual. Seu formato é anatômico, como se fosse um copinho, e ele é feio de silicone. Isso indica que ele pode ser reutilizado por diversas vezes, mas é preciso uma certa prática e habilidade para que não ocorram vazamentos.

Do mesmo modo que os absorventes internos, é preciso um cuidado com a higiene das mãos para que nenhum vírus ou bactéria pegue uma carona com o coletor e atinja seu colo do útero.

Ou seja, para escolher…

É preciso avaliar suas necessidades. Leve em conta o fluxo, o conforto, possíveis alergias, possíveis visitas às piscinas ou praia. A dica é ir experimentando marcas e modelos até achar alguma que atenda à suas necessidades.

Por Camila Mazi
Redação Dona Giraffa
Crédito da Imagem: (c) Can Stock Photo

Confira também

# Menstruação atrasada, o que pode ser?
# Primeiros sintomas de gravidez
# O que é fluxo vaginal?
# Primeira menstruação: sintomas e dúvidas

Publicidade

1 comentário

Deixe seu comentário