Problemas comuns durante a menstruação

Saúde / Menstruação

A menstruação, sem dúvida alguma, é sinônimo de incômodo para muitas mulheres, desde o primeiro dia em que aquele sangramento mensal passa a fazer parte de suas vidas até a última vez em que ela ocorre.

Foto: (c) Can Stock Photo

Ao longo do ciclo menstrual há o período caracterizado pela TPM (Tensão Pré-Menstrual), que torna a maioria das mulheres com um humor variável, as deixando em alguns casos bastante irritadas e sensíveis. Depois desses dias de verdadeira tensão, chegam os dias do período menstrual, que trazem consigo desconforto, estresse e até mesmo cólicas insuportáveis, tudo causado pela eliminação do óvulo.

-> Primeira menstruação: sintomas e dúvidas

Porém, além desses males, há alguns problemas comuns durante a menstruação e que a maioria das mulheres entende como parte do processo, quando na verdade requerem um diagnóstico profissional através de consulta ginecológica.

-> Menstruação atrasada, o que pode ser?

Para saber diferenciar quais são esses problemas daqueles realmente normais, veja quais são os casos mais comuns:

Amenorreia (Ausência de menstruação)

O termo amenorreia é utilizado para designar a ausência do período menstrual em adolescentes que já completaram 16 anos, ou então a ausência de menstruação em mulheres que costumavam ter um ciclo regular.

As causas vão desde uma simples gravidez até amamentação, extrema perda de peso devido a uma doença grave, distúrbios alimentares, exercício físico em excesso ou estresse. A amenorreia pode ainda estar relacionada a problemas hormonais, como hipófise, tireoide e ovário policístico, ou então problemas com os órgãos reprodutores.

A amenorreia deve ser tratada, porém, há casos em que os atrasos podem se tratar de algo natural se não se prolongar por mais de um ou dois meses. De toda forma, uma consulta ginecológica pode dizer se há algum problema mais grave.

Dismenorreia (Menstruação dolorosa)

Fazem parte da dismenorreia as cólicas menstruais muito fortes e severas. Quando mulheres mais jovens não sentem dor devido a alguma doença ou condição médica conhecida, a causa é dismenorreia, causada por um hormônio conhecido como prostaglandina. Em alguns casos, analgésicos como o ibuprofeno aliviam as dores.

Caso o motivo seja uma doença ou condição médica como miomas ou endometriose, o tratamento deverá ser definido de acordo com a causa e a gravidade do problema.

Sangramento uterino anormal

O sangramento uterino anormal corresponde a um sangramento vaginal fora dos períodos menstruais normais. Estão inclusos casos de sangramento intenso ou menstruação muito intensa ou longa, também denominada menorragia.

O sangramento anormal, na maioria dos casos, passa despercebido pelas mulheres, que não sabem ou não dão importância ao controle do fluxo, para saber se ele sempre é regular.

A menorragia pode ser causada em adolescentes devido a problemas de desequilíbrio hormonal, juntamente com ciclos irregulares. Isso também pode ser chamado de sangramento uterino anormal (DUB).

Em casos mais graves, o sangramento em grande quantidade pode até mesmo significar hemorragia interna grave.

Em mulheres que se aproximam da menopausa, é possível ocorrer a menorragia, irregularidade, dores, sensações extremas, miomas, irritação, calores múltiplos e dependência a medicamentos. No entanto, durante esta fase esses sintomas são vistos como procedimentos naturais do organismo, que se readapta a uma nova etapa.

Por Franciele Bueno
Redação Dona Giraffa
Crédito da Imagem: (c) Can Stock Photo

Confira também

# Chás para descer a menstruação
# Alimentos que ajudam na cólica menstrual

Publicidade

3 comentários

  • Maythe Lorena disse:

    Parabéns dona giraffa você tirou minha duvidas, bem clara e bem explicativa……obrigada!

    Responder
  • Fernanda disse:

    E normal nao sentir dores nos seios perto de menstruar ?

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Oi Fernanda, é sim. Cada organismo é único. Beijos!

      Responder

Deixe seu comentário