O que é o amor verdadeiro?

Relacionamento

Não sei se é influência desse mundo corrido, apressado e escrito apenas em 140 caracteres, mas parece que as pessoas e sua relação com o amor e o amar estão cada vez mais superficiais.

Várias pessoas são pedidas em namoro todos os dias, e outras tantas levam um fora todos os dias também. Muita gente se casa, mas também muita gente se divorcia. Frente a qualquer problema, as pessoas já optam logo pelo fim, alegando que não haverá conserto.

Amor verdadeiro

Foto: (c) Can Stock Photo

Tanto que é cada vez mais difícil encontrar um casal que consiga manter um namoro por bastante tempo. Muito se escreve sobre o amor, sobre como fazer dar certo, sobre dicas para manter a chama acesa ou para sair da rotina. Então porque será que ninguém mais parece saber o que é o amor verdadeiro? Será que dá pra defini-lo?

O medo de ficar sozinho (a)

Acredito que exista um preconceito que cerca as pessoas que decidem ficar sozinhas. Aparentemente, a solidão é algo ruim, mas ela não é. Todos nós precisamos saber cultivar nosso lado solitário. E o que isso tem a ver com o amor verdadeiro?

Bom, se você é dessas pessoas que não consegue ficar sozinha, que a cada momento está com uma pessoa diferente, saiba que isso não é amar verdadeiramente. Isso é carência misturada com medo da solidão.

Felizes para sempre?

Não consigo entender os casais ou os enamorados que acreditam num felizes para sempre. O “pra sempre” é tão longe, que é como se as pessoas ficassem adiando a felicidade. Quem ama de verdade não está preocupado com o que vai acontecer no futuro, e se preocupa com o presente. Ama hoje, se preocupa em fazer o outro sorrir hoje, quer surpreender hoje.

-> 10 Sinais de que você encontrou o cara certo

Porque quem faz isso sabe que o outro pode, a qualquer momento, acordar meio desencantado com a gente. O amor verdadeiro procura fazer valer a pena cada dia que a pessoa amada aceita compartilhar sua vida com a nossa.

O amor não supera tudo

Quando se aceita essa frase como filosofia, é como se você concordasse quando seu parceiro(a) te humilha, te desrespeita, te insulta, te agride, te trai.

O amor sozinho não é capaz de superar todas essas coisas. O amor não supera, ele suporta várias coisas. E ao que diz respeito do amor verdadeiro, entende-se que o amor próprio deve vir antes de amarmos alguém. A vida a dois só funciona quando não excluímos nossas vontades, nossos amigos e nossa família.

O nosso ego

Os sentimentos do ciúme, da posse e do controle, nada mais são do que uma manifestação ridícula do nosso ego. Continuamos achando que o outro nos pertence, e que isso nos dá o direito de controlarmos. Ledo engano.

O amor verdadeiro sabe que é preciso deixar o outro livre, mesmo que seja dentro dos limites que vocês estabeleceram. O que não vale é achar que atitudes do tipo de não deixar o outro sair com os amigos, de não deixar o outro sair vestido de determinada maneira, de não permitir que o outro continue a cultivar certos hábitos, são provas de amor.

Então, o que o amor verdadeiro é?

Talvez não exista uma definição. Talvez não saibamos amar de verdade. Erramos e aprendemos todos os dias.

O que dá pra concluir, no entanto, é que o amor verdadeiro se parece com aquele ventinho gostoso de uma tarde de verão. É quente, é leve, acalma, acalenta, é quieto. É a confiança, é o carinho, é a atenção, é a liberdade, é o tesão, é a vontade de ficar junto, é superar os problemas juntos, é o companheirismo.

-> Quais os sintomas do amor verdadeiro?

Você sabe que ama verdadeiramente quando sente a maior felicidade do mundo quando se está ao lado de quem se ama. Essa talvez seja a definição para o amor verdadeiro. É o sentir-se seguro e feliz como nunca!

Por Camila Mazi
Redação Dona Giraffa
Crédito da Imagem: (c) Can Stock Photo

Confira também

# O Amor tem prazo de validade?
# Por que se apaixonar é mais fácil do que esquecer?

Publicidade

2 comentários

  • larissa silva disse:

    isso que amor verdadeiro

    Responder
  • Ary Souza Ser Espiritual disse:

    “Amar não é apenas sentimento positivo, compaixão … Amar é também comportamento; colocar de lado suas vontades e, buscar o maior bem para as necessidades de todos os Seres do Universo Vital”.

    Ary Souza Ser Espiritual – Ser Índigo-Cristal

    Responder

Deixe seu comentário