Falta de confiança no namoro. O que fazer?

Relacionamento

Muito se diz sobre a fórmula perfeita para os relacionamentos durarem bastante. É impossível chegar num consenso, já que cada casal é único. Pode não existir uma verdade absoluta, mas existem certos elementos que são imprescindíveis se vocês querem fazer a relação dar certo e mais saudável. Dentre eles, temos o fator confiança.

Foto: (c) Can Stock Photo

Como ela é um dos grandes pilares de toda boa relação, ela não pode ser fraca. Se você sofre por não confiar no(a) parceiro(a) ou porque sabe que ele(a) não confia em você, confira algumas dicas de como lidar com isso:

-> Pessoas possessivas, amor verdadeiro ou amor doentio?

Da onde vem?

O sentimento de não confiar no outro pode ter várias raízes. Muitas vezes, a pessoa tem dificuldade para confiar no outro porque já foi traída alguma vez, não necessariamente num outro relacionamento, mas por amigos ou parentes.

Ou então, a falta de confiança pode ter origem no medo de se perder a pessoa amada para outra pessoa. Nesse caso, a pessoa que desconfia é normalmente ciumenta, possessiva, neurótica e controladora, características que deveriam ser excluídas de todos nós. Independentemente de onde venha esse sentimento, é hora de deixa-lo de lado caso você não queira que seu namoro acabe.

Há motivos reais?

Confiar cegamente numa outra pessoa eu diria que é até utópico. Pessoas mudam a todo o momento, e nem sempre dá pra prever as ações dos outros. O processo de confiar no seu parceiro (a) tem a ver com a realidade. Pergunte-se: há motivos reais para eu me sentir assim?

-> Ciúmes, amor ou sentimento de posse?

Entenda que numa relação funcional, é preciso existir uma vida social além da vida de casal. Com isso, é importante sair sozinho (a) com os amigos, ficar um tempo sozinho (a), não abandonar velhos hobbies, continuar cuidando do corpo. Quando nos amamos de verdade é que somos capazes de amar outra pessoa.

Aquele (a) que está ao seu lado optou livremente por isso, ninguém o forçou (a) a namorar você. Então não há porque proibir as saídas com os amigos, as conversas com amigos do sexo oposto, os telefones, as SMS, as notificações do Facebook. Além de fazer o parceiro sofrer, você acaba sofrendo também por ficar sempre nessa dúvida de “ele (a) está me traindo ou irá fazê-lo em breve”. Muita gente gosta de ficar procurando pelo em ovo, e isso só dá motivos para brigas desnecessárias.

A coisa muda quando você percebe que o parceiro está agindo diferente, e começa a mentir, encobrir informações, ficar extremamente romântico do nada(pois quem trai tenta compensar a culpa). Mas caso não haja nenhum indício dessas coisas, não tem porque não confiar.

Conversas alheias

Fofocar pode parecer algo banal, como também pode ser o motivo para muitas brigas entre vocês. As pessoas irão continuar com a arte da fofoca por muito tempo, quer você queira ou não. Solteiro (a) ou namorando, você sempre está passível de ser o alvo de fofocas.

Não permita que “achismos” alheios envenenem sua mente e te façam ver coisas que não existem. E nunca deixe de conversar com seu parceiro (a) sobre isso. É importante que ele(a) saiba que você se sente assim, e só então vocês não deixam que esse assunto se torne um tabu. Além disso, seu parceiro (a) é quem vai lhe garantir e dar provas reais e racionais de que não há motivo para a sua desconfiança.

Caso tenha acontecido alguma traição dentro do namoro de vocês, existem duas opções: ou vocês se perdoam de verdade e não fiquem jogando o erro alheio na cara do parceiro (a) ou conviver com isso se torna tão difícil que a melhor coisa é terminar.

-> Veja 10 passos essenciais para superar uma traição

Lembre-se que confiança é algo construído lentamente, mas que nunca chega a 100%, e nem deve. Racionar certos sentimentos (como a desconfiança ou o ciúme) é o segredo para que eles sumam de dentro de você.

Por Camila Mazi
Redação Dona Giraffa
Crédito da Imagem: (c) Can Stock Photo

Confira também

# Ciúmes, amor ou sentimento de posse?
# Como ser romântico: Um guia simples e eficaz
# Como driblar mentalmente o próprio ciúme
# Dicas para ter um relacionamento duradouro

Publicidade

47 comentários

  • Glauciana disse:

    Eu particularmente sofro muito com essa falta de confiança como meu parceiro, isso tudo porque eu também já passei por uma traição em um relacionamento no passado, e até hoje eu não consigo ver isso, eu posso até dizer que eu o controlo o tempo todo, isso já virou um ciúmes possessivo. Como eu venço isso, sem ter que perder o meu relacionamento com quem eu amo, e poder confiar nele como deveria?

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Oi Glauciana! Talvez uma Terapia te ajude a lhe dar com esse sentimento.

      Responder

Deixe seu comentário