O que é colite?

Prevenção de doenças

Colite

Se você está com sintomas como dor abdominal, diarreia, prisão de ventre e até mesmo sangramentos, ou conhece alguém nesse estado, o motivo pode ser colite.

Relacionada a infestações por vermes (parasitas), dificuldade em absorver nutrientes e alterações provocadas pelo estresse, a colite é uma espécie de inflamação de cólon, mas muitas vezes é confundida com a gastrite, uma inflamação do estômago, e que não tem nada a ver com a colite.

Casos de dor na parte de baixo do estômago muito forte, que quase chega a ser uma cólica, infecção ou dor muscular pode significar colite, por isso, é importante saber o que é essa inflamação:

O que é a colite

Caracterizada por afetar o sistema digestivo, mais especificamente o intestino, a colite causa imenso desconforto e se não for tratada pode até mesmo causar desnutrição.

Como dito anteriormente, ela gera dores na barriga, diarreias que são frequentes e alternam com períodos de prisão de ventre e sangramento quando você defeca. Além disso, ocorre febre, perda de peso, muco nas fezes, estresse e anemia.

O diagnóstico se baseia em um exame de permeabilidade intestinal e a doença ocorre quando o cólon, uma parte o intestino grosso, fica inflamado.

Tipos de colite

Há duas espécies de colite: a pseudomembranosa e a ulcerativa. A primeira é uma doença que atinge pessoas geralmente internadas em um hospital e que estão fazendo uso de antibióticos. Seu surgimento pode ocorrer já no primeiro dia em que você ingere o medicamento ou até dez semanas depois que você encerrar o uso.

Para diagnosticar essa colite, é feita uma colonoscopia, exame de fezes e da biópsia do material que foi colhido da parede intestinal.

Enquanto isso, a colite ulcerativa aparece devido a várias úlceras na parede intestinal. Essas feridas podem estar presentes ao longo de todo o trajeto dos intestinos, em partes isoladas ou no reto.

Ela causa um forte desconforto abdominal e pode surgir em pessoas ainda quando crianças e se prolongar por toda a vida adulta. Nas crianças, se não for devidamente tratada, a colite ulcerativa apresenta uma taxa maior de desenvolvimento de câncer no intestino.

Tratamento

Para tratar a colite pseudomembranosa, o uso do antibiótico que causou a doença deve ser suspenso e uma hidratação deve ser feita, por meio de soro quando a pessoa estiver internada ou muita ingestão de água.

Para tratar a colite ulcerativa, a melhor opção é controlar a alimentação e tomar remédios diariamente, ao longo da vida, porque essa doença não apresenta uma cura efetiva.

A alimentação deve conter carnes e outras proteínas e evitar o consumo de alimentos crus, fibras e os alimentos devem ser bem mastigados. Além disso, um aumento na flora bacteriana por meio de alimentos probióticos irá auxiliar o tratamento.

Caso os sintomas continuem, é provável que seja necessária uma dieta líquida, com ingestão de sucos de verduras e remédios caseiros em forma de chá.

É importante ressaltar que assim que você identificar alguns destes sintomas que caracterizam a colite,deve procurar um médico imediatamente, para que o diagnóstico seja feito com antecedência e evite piores consequências.

Por Franciele Bueno
Redação Dona Giraffa
Foto: Divulgação

Confira também

# Como prevenir a infecção urinária
# O que é fluxo vaginal?
# Corrimento esverdeado, qual motivo?
# Infecções vaginais: causas, sintomas e tratamentos

Publicidade

2 comentários

  • Sandra Paula Forte Carita disse:

    Periodo de diarreias prelongado, comecei a sentir dor pelvica á esquerda intensa e recorrente, estou preocupada pois estive a tomar o Daflon 500 que já suspendi, em que os efeitos secundários eram diarreia e colite, poderei ter colite?

    Responder
  • iaurea santos da nobrega disse:

    sinto dores abdominais como uma colica pode ser colite

    Responder

Deixe seu comentário