Engravidar depois dos 40 anos | Fator idade, problemas enfrentados e prevenção

Gravidez

Antigamente as mulheres quase não trabalhavam fora de casa e dedicavam sua vida à família. Não à toa, tinham o hábito de casar bastante novas e logo engravidarem, chegando aos 30 anos com dois ou mais filhos e aos 40 até mesmo já sendo avós.

À medida que o mercado de trabalho começou a se abrir para as mulheres e elas foram adquirindo mais direitos e maior liberdade para trabalhar fora e conseguirem liberdade financeira, esse cenário começou a mudar e os casamentos precoces, seguidos de uma gravidez, começaram a diminuir.

Engravidar

Nos dias de hoje, não é raro ver mulheres cada vez mais focadas em suas carreiras profissionais e deixando para mais tarde o sonho de ser mãe, fato que vai acontecer provavelmente por volta dos 40 anos.

Porém, como ouvimos sempre, depois dessa idade a mulher já não tem mais toda a ajuda do organismo para engravidar, se tornando um processo mais difícil do que seria aos 25, 30 anos.

Com todas essas questões, acabamos nos perguntando se uma gestação após os 40 anos é perigosa.

As pessoas costumam exagerar quanto ao risco que uma gravidez após os 35 anos traz. Na verdade, o que os médicos dizem é que  uma idade ideal para ter filhos é entre os 20 e 40 anos, quando o corpo da mulher tem maturidade e saúde suficientes para dar ao feto tudo que ele precisa para se desenvolver bem e nascer sem problema algum.

No entanto, assim que chegamos à casa dos 40, a gravidez já passa a ser considerada tardia e o corpo começa a passar por fases de transformação no organismo que podem trazer problemas para engravidar e manter a gestação.

Problemas enfrentados

O motivo pelo qual uma gravidez tardia pode ser problemática é que a mulher, ao nascer, já possui todos os folículos ovarianos (estruturas que compões os óvulos) que a acompanharão ao longo de sua fertilidade. Esses folículos começarão a se tornar óvulos no momento em que a menina entrar na puberdade, em média aos 12 ou 13 anos, quando ela começa a menstruar. Esse processo ocorrerá todos os meses e só terá fim por volta dos 50 anos, quando a mulher entrar na fase da menopausa.

Fator idade

Por mais que os folículos sejam transformados em óvulos até os 50 anos, a partir do momento em que a mulher entra na casa dos 40 os folículos começam a perder a qualidade, devido ao envelhecimento. E é essa queda de qualidade que faz com que fique mais difícil engravidar. Às mulheres que conseguem uma gestação, é necessário uma luta para que o organismo não aborte o feto e ele possa se desenvolver e nascer com saúde, sem nenhum problema.

filho

Além da diminuição de qualidade dos folículos da mulher, os espermatozoides também envelhecem e perdem sua qualidade, “colaborando” para a dificuldade da gravidez.

Nesta idade, o maior medo das mulheres é do bebê ter algum tipo de malformação. Enquanto o risco para mulheres entre 20 e 40 anos é de 1 a cada 5 mil gestações, após essa idade o risco aumenta significantemente: 1 para cada 5 mil gestações. O perigo diminui quando esta não é a primeira gravidez da mulher e ela já tem outros filhos.

As causas para malformação do feto são males que atingem as mulheres nessa idade, como miomas, diabetes gestacional, pressão alta e alterações cromossômicas, responsáveis por problemas como Síndrome de Down.

Prevenção

Para evitar maiores problemas, o indicado é que mulheres com mais de 40 anos, que estejam pensando em engravidar, procurem um médico antes de iniciar a tentativas. Na consulta será possível fazer exames para estudar os riscos dessa tentativa, como uma avaliação dos folículos ovarianos e análise da qualidade dos espermatozoides do seu parceiro.

O médico, após os exames, pode contra-indicar a gravidez, ou então informar a mulher de que ela pode engravidar, desde que faça um pré-natal mais cuidadoso.

Por Franciele Bueno
Redação Dona Giraffa
Foto: Divulgação

Confira também

# Como recuperar a boa forma depois da gravidez
# Parto Natural | Recuperação e benefícios para a mulher

Publicidade

9 comentários

  • Luzia disse:

    Engravidei com 43 anos. Perdi o bebê na sétima semana e fiz uma curetagem. Queria saber se corro o risco de engravidar de novo e meu bebê nascer doente?

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Oi Luzia, pode engravidar sim e porque nasceria doente? Não tem nenhuma relação.

      Responder
  • Vilma disse:

    Tenho 37 anos.engravidei aos 16 anos tenho um filho de 20 anos e agora . Parei os remedios para tentar engravidar

    Responder
  • Cinthia disse:

    Boa tarde! Tenho 43 anos e minha filha casula jé tem 16 anos. Meu ciclo está atrasado desde o dia 20 pois, mês passado veio pouco fiquei menstruada por 5 dias porém, uma quantidade muito menor do que o normal. Tenho relação com meu marido mas ele tira muito tempo antes da ejaculação. Estou com cálculo renal e tenho tomado muito antibiótico devido a infeção e inclusive tomei mês passado porque a infeção estava muito forte. Meus seios estão doloridos desde como sempre fica todo mês. Gostaria de saber se corro o risco de engravidar? Estou numa preocupação pois estou fazendo tratamento pro cálculo renal e tomo muitos remédios..

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Olá Cinthia, obrigado pelo seu comentário!

      Toda relação sem proteção tem risco de gravidez, mesmo que pequeno no seu caso. Esse atraso pode ter relação com os medicamentos que você está tomando.
      Na dúvida, procure um médico e faça um teste Beta.

      Beijinhos!

      Responder
  • Vivian disse:

    Estou a 11 dias atrasada e já tenho 42 anos, porém nunca tive filhos pois não conseguia engravidar, quando consegui em fevereiro de 2016 perdi meu bebezinho com 2 meses e seis dias… será que engravidei?

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Olá Vivian, obrigado pelo comentário!

      Se você for tentante, é possível sim.
      Se o atraso ultrapassar o 15º dia, faça o teste BHCG. Estou na torcida por vc.

      Boa Sorte!
      Beijos.

      Responder
  • Danielle Silva disse:

    tenho 44 anos um filho de 17 anos estou pensando na possibilidade de ter outro filho , Porém com muitas duvidas…

    Responder
  • simone disse:

    estou com 37 anos, sempre quis muito ter um filho, mas meu esposo tem uma baixa quantidade de espermatozóides. Agora teremos que faser icsi. é muito arriscado nessa idade?

    Responder

Deixe seu comentário