Dicas para quem vai morar sozinho

Casa

Dicas para quem vai morar sozinho

O que no início parece um sonho para todos os jovens que terminam o curso colegial e partem para uma vida livre, ou seja, a de morar sozinho, ter seu próprio espaço, fazer dele o que quiser, enfim, ser livre e não sentir-se vigiado, para quem não está preparado pode transformar-se num pesadelo.

-> Ficar, morar junto ou casar?

As coisas não são fáceis como parecem

– Para ser livre e morar sozinho você terá que dispor de uma renda mensal que cubra suas despesas, por menores que elas sejam sempre existirão.

– Você passará a ter preocupações com aluguel, alimentação, água, luz, telefone, enfim, todo esse tipo de compromisso que antes ficava para seus pais. Caso você esteja sozinho, a responsabilidade passará a ser sua, mesmo que você goze de ajuda financeira de pai e mãe.

Agora, imagine se não for o seu caso, se você tiver que ir à luta para conquistar esse espaço tão sonhado e ainda conciliar com os estudos. Sua vida ficará resumida em trabalho diurno e faculdade à noite. Tudo bem, faz parte da vida, dos seus anseios, mas para isso você precisa estar até mesmo emocionalmente preparado.

Dificuldades que podem surgir

Morando sozinho, sua responsabilidade, com certeza passará de zero a cem por cento em torno de si próprio. Tarefas que antes eram realizadas por outros para você, como manter seu espaço limpo e organizado, as roupas limpas e colocadas, a comidinha servida na hora certa, tudo isso terá uma nova conotação que implicará em mudança radical na sua vida.

Pense se você está preparado para isso. Caso não esteja é bom ir começando a aprender certas coisas e reeducar-se com relação a elas. O mundo é uma escola que exige muito do nosso aprendizado e a vida é dura para quem é mole.

Responsabilidade e organização em tudo que fizer

Uma vez que você já conquistou o seu espaço e agora é dono do seu nariz, da mesma forma você terá que estruturar-se e dar conta do recado com relação a contas a pagar, administrar a grana que recebe, quer seja dos seus pais ou do seu salário, o importante é você fazer com que seu orçamento caiba dentro da sua renda mensal.

Nunca deixe que a situação, seja qual for, faça com que você comece o mês já no vermelho. Faça sempre sobrar alguma coisa, nem que sejam alguns centavos, mas nunca gaste mais do que você ganha. Com isso você aprenderá também a priorizar seus gastos e consumos.

Driblar a situação financeira, a sua baixa renda

Tenha em mente que não é fácil e você terá que contar sempre com você mesmo. A organização é tudo nessa hora. Anote todos os gastos necessários para o mês e separe essa verba sem ao menos cogitar na hipótese de gastá-la.

São contas a pagar e você terá que fazer isso. Veja o que lhe sobra e encaixe seu laser, seus gastos extras, todos dentro desse montante. Caso perceba que não sobrou nada, vá cortando despesas desnecessárias. Agora, se mesmo assim a tendência for cair no vermelho, recorra a serviços esporádicos que você poderá fazer pra aumentar seu ganho.

Ser livre, independente, com certeza é algo muito gratificante e faz com que a pessoa cresça, mas para isso saiba que nunca será tão fácil como você imaginava. E é isso que te fará crescer na vida.

Por Ana Virginia Miotto
Redação Dona Giraffa
Foto: Divulgação

Confira também

# Como pintar as paredes e renovar o ambiente
# Como decorar a casa sem gastar muito
# Saiba como limpar sua casa de forma organizada

Publicidade

Deixe seu comentário