Como cuidar das cutículas

Unhas

Como cuidar das cutículas

A parte mais difícil quando nós mesmas vamos fazer as unhas é dar um jeito de tirar a cutícula sem arrancar os famosos bifes. Mas como não é todo mundo que tem tempo e dinheiro pra frequentar a manicure toda semana, resta-nos aprimorar nossas habilidades para bancarmos nossa própria manicure.

A cutícula é uma parte importante da unha. Com funções específicas, ela precisa de certos cuidados para não causar maiores problemas. Quer ver?

-> Como pintar as unhas em casa

O que ela faz

A cutícula (a pelinha que nasce ao redor da unha) não está lá por acaso. Nosso corpo é bem esperto e faz de tudo pra dificultar a entrada de agente causadores de doenças. No nariz, temos uma imensa quantidade de pelinhos que filtram o ar. Na garganta, temos as amígdalas. Nas unhas, temos as cutículas. Sim, a cutícula é uma proteção natural. Portanto, arrancá-la pode ter suas desvantagens.

Por que não arrancar

De uns tempos pra cá, começou a se falar que não era recomendável tirar a cutícula ao se fazer a unha. O problema maior estava em quem frequentava manicure semanalmente e não levava seu próprio alicate. Aí já viu, né?

A manicure, num momento de distração, arranca aquele bife da unha e começa a sangrar. E muitas vezes, não temos como saber se aquele alicate foi esterilizado antes que ela usasse na gente. A coisa complica, porque se ele estivesse sujo, você poderia adquirir alguma doença grave (como HIV) ou abrir as portas pra que outras infecções te acometessem.

Ou seja: por uma questão de cuidar da própria saúde, é melhor você começar a pedir pra manicure apenas empurrar sua cutícula ao invés de cortá-la fora. Peça apenas que ela retire com cuidado aquelas peles que nascem nas laterais das unhas e que ficam incomodando. E sim, tem como não arrancar a cutícula e ainda deixar suas mãos impecáveis!

Por que arrancar

Arrancar a cutícula dá um ar de limpeza nas unhas. O esmalte parece ficar mais bonito, etc.  Porém, é do conhecimento de todas que cinco dias depois, lá está a cutícula, toda grande e incômoda.

Se você ainda é adepta de arrancar as cutículas, faça-o com cuidado. Se você for fazer suas unhas, esterilize o alicate com álcool e tome cuidado para não se cortar. Se você for até a manicure, garanta que ela seja experiente e que você tenha certeza sobre a higienização do alicate, espátula e afins.

Cuidados específicos

Supondo que você mesma vá fazer suas unhas:

– Não arranque as cutículas com pressa. Isso só aumenta as chances de você arrancar um pedaço que não deveria sair.

– Facilite a remoção das cutículas com o uso de removedores de cutículas. Para potencializar o efeito desses produtos, aplique uma pequena quantidade nas unhas e envolva-as com um pedaço de algodão molhado em água morna.

– Mantenha suas mãos hidratadas. Capriche com o produto e passe em maior quantidade na ponta dos dedos. Já existe no mercado opções de hidratantes específicos para as cutículas, vale a pena procurar. Uma opção barata e que rende é a pomada para assaduras chamada Bepantol: ela é rica em óleos e vitaminas, mas por ser bem melequenta, aplique-a nas unhas antes de dormir.

– Se você quer apenas empurrá-las, use o removedor de cutículas para deixa-las molinhas e em seguida, com o auxílio daquelas espátulas próprias de manicure, vá empurrando ela pra dentro.

– Antes de esmaltar suas unhas, passe alguma base fortalecedora ou hidratante, dependendo do seu caso. Isso ajuda a manter saudáveis suas unhas como um todo.

– Se por acidente você arrancou um bife, aplique alguma pomada anti-inflamatória ou que contenha antibiótico, como Nebacetin. Mas não use essa pomada a torto e a direita, já que ela é bem forte. Aplique apenas uma pequena quantidade no ferimento e não esmalte essa unha até que ele se cicatrize.

– Caso você queira parar de arrancar as cutículas, concentre-se em mantê-la sempre hidratada e com base à base de óleos hidratantes.

-> Dicas para deixar as unhas perfeitas

Por Camila Mazi
Redação Dona Giraffa
Foto: Divulgação

Confira também

# Unhas de pelúcia, como fazer | Unhas felpudas
# Unhas postiças, de gel ou porcelana? Conheça os tipos e as diferenças!

Publicidade

2 comentários

  • goste muito disse:

    muita sorte

    Responder
  • stefani f silva disse:

    gostei desse site, interessante e muito bem explicadinho..

    Responder

Deixe seu comentário