Parto Natural | Recuperação e benefícios para a mulher

Gravidez

Parto Natural – Recuperação e benefícios para a mulher

Uma das decisões que todas as mães precisam tomar antes do momento do parto é sobre seu método, natural ou cesariano.

Exceto alguns casos em que a cesariana é inevitável, surge a dúvida sobre qual é a escolha mais acertada e quais as vantagens e desvantagens de cada tipo de parto.

No entanto, por mais fácil que pareça uma cesariana, o parto natural ainda é o mais recomendado, devido a alguns motivos:

-> O uso de anticoncepcional após a gravidez

• Parto natural

Parto natural

Por mais que esse seja o método mais tradicional, feito há centenas de anos, as mulheres ainda possuem certo receio, por temerem a dor que sentirão durante o trabalho de parto ou possíveis complicações.

Mais indicado pelos médicos, já que segue o rumo natural do ciclo de vida tanto da mãe quanto do filho, o parto normal ainda possui um custo menor se comparado aos custos que acompanham uma cesariana.

• Benefícios

Benefícios parto normal

Há diversas vantagens quando as mulheres escolhem realizar um parto natural para o nascimento de seu filho. Um deles é que os riscos de infecções hospitalares são bem menores e o bebê virá ao mundo de forma mais saudável, além de acelerar a descida do leite até as mamas.

Além disso, diferente das cesarianas que têm um limite de três vezes, os partos normais podem ser feitos quantas vezes a mulher engravidar, sem oferecer risco maior à medida que o número de partos aumenta. O tempo de recuperação também é menor e as mães podem sair do hospital em um período de 24 horas. Assim como o tempo de recuperação física, o útero volta rapidamente ao normal.

Por fim, os riscos de morte que as gestantes correm é menor, não existem problemas de reações alérgicas causadas pela anestesia e você poderá ter um contato com seu filho assim que ele nascer, diferente do que ocorre quando uma cesariana é feita.

• Recuperação

Recuperação

Por mais que você faça a opção pelo parto natural, ainda assim será necessário um tempo de recuperação, em que você precisará ficar em repouso. Isso acontece porque mesmo que não seja feita uma grande abertura em sua barriga, para que o parto normal ocorra os médicos fazem um corte para que o bebê possa nascer melhor. Esse corte é costurado e pode apresentar sensibilidade e uma leve dor durante alguns dias.

No entanto, esse tempo de recuperação é mínimo se comparado ao repouso absoluto que uma cesária exige e mais o tempo em que você não deve fazer muito esforço. No parto natural, se você cuidar e limpar corretamente a área em que houve o corte para dar à luz, o prazo para que tudo volte completamente ao normal é de poucas semanas.

Se mesmo com todos esses benefícios você ainda tem receio quanto à dor que o parto natural pode causar durante todo o processo, não há com que se preocupar; hoje em dia, com a medicina avançada, há algumas formas que diminuem as dores do parto, ajudando as mulheres a optarem pelo método que será melhor para seu filho e sua saúde, sem se preocupar se o processo irá doer mais.

Por Franciele Bueno
Redação Dona Giraffa
Foto: Divulgação

Confira também

# Primeiros sintomas de gravidez
# Como recuperar a boa forma depois da gravidez

Publicidade

2 comentários

  • Danyele Vital disse:

    engordei apenas 5 kg em toda minha gestação.meu bebe nasce esse mes de junho2013 é normal engordar apenas isso?

    Responder
    • sonia disse:

      axo k é normal .eu na minha gravidez engordei dez kilos mas desde k o bebe esteja bem è o k interessa.

      Responder

Deixe seu comentário