Como lidar com a insegurança do namoro

Relacionamento

Como lidar com a insegurança do namoro

Por mais bem-resolvida que alguém seja, todos nós nos sentimos inseguros. Seja na escolha de uma profissão, num emprego novo, numa roupa nova. Dificilmente temos certeza absoluta sobre todas as coisas. E com o namoro não seria diferente.

Será que você realmente ama seu parceiro(a)? Antes de continuar, veja se você se encaixa no perfil: você a(o) ama tanto, tem um medo enorme de perdê-la(o) e aí resolve controlar e vigiar cada passo que ela(e) dá? Isso não é amor, é insegurança.

Como assim?

Como disse, a insegurança está em todo lugar. Num relacionamento, é normal sentirmos uma espécie de medo controlado. Seja por medo do abandono ou medo de ter o coração partido. No entanto, a insegurança também pode indicar a falta de confiança.

Da onde vem?

De acordo com a psicologia, as pessoas inseguras possuem um certo complexo de inferioridade, como se elas sentissem que não merecem ser amadas. Com isso, a insegurança surge como uma forma doentia de evitar perdas e de se submeter a qualquer coisa para que o parceiro não nos deixe. O primeiro passo para lidar com a insegurança é o autoconhecimento.

E agora?

Reconheça que você é inseguro e trabalhe a sua autoestima. Não coloque sua felicidade nas mãos de ninguém. Feito isso, você começa a perceber que não há motivo para controlar ninguém. Sentir um pouco de ciúmes é normal e até saudável. Mas ficar neurótico achando que está sendo traído ou não confiar plenamente na pessoa é um sinal de que você não a ama.

Dá pra resolver?

Claro que sim! Tente colocar na sua cabeça que quem ama confia. Se algum dia você foi traído, é porque esse alguém não mereceu sua confiança e nem você. Entenda que se a pessoa for te trair, ela o fará com você vigiando 24h ou não. Então, pra quê ficar se descabelando com as mensagens no celular ou as amizades da pessoa?

É difícil confiar plenamente em alguém? SIM, e MUITO! Acontece que controlar o que seu parceiro veste ou controlar as amizades que ele tem só piora as coisas. Se você não confia em quem ama, pra quê continuar com ele(a)? Toda essa insegurança pode até facilitar o surgimento de um outro alguém.

Nessas horas, esqueça o coração e racionalize o que está se passando. Respire fundo e pense: “ele(a) poderia estar com qualquer outra pessoa, mas está comigo e eu tenho certeza do amor que ele(a) sente”.

Por Camila Mazi
Redação Dona Giraffa

Confira também

# Ciúmes, amor ou sentimento de posse?
# Como ser romântico: Um guia simples e eficaz
# Não seja uma namorada pegajosa!
# Como segurar um homem em um relacionamento

Publicidade

20 comentários

  • Nazgul disse:

    Simplesmente: Obrigado!!!

    Responder
  • Adrielli disse:

    Vou passar a ler esses textos todos os dias para fazer um exercicio de conhecimento e pensamento. Depois de um ano juntos e ja 3 terminos (todos eles a gente voltou no mesmo dia kk), eu percebi que tem algo muito errado comigo. Um ciúme horrível que eu sinto que n é normal. Achava q era normal pq ele mora muito longe e n estamos juntos sempre, mas esta virando doentio e preciso de ajuda, nao quero mais brigas e nao quero perder meu amor. Ele tbm é bastante ciumento e as vezes perde a razão, porém eu acho que consigo ser pior qnd sinto o tal ciúmes. N quero controlar, n quero ciumes doentio, quero curtir meu relacionamento e nao chorar mais. Estou quebrada por dentro, e estamos tentando recomeçar. Quero ser uma pessoa melhor, mas tudo parece tão dificil 🙁

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      O primeiro passo você já deu que é reconhecer que esse ciume que você sente não é sadio. Talvez o fator distância contribua né, pois, a insegurança e desconfiança podem se tornar presentes e aí que vem o problema.

      Responder
  • Diego pereira disse:

    sim obrigado pelo texto,acredito mas o problema é que muitos homens como eu faz isso que vc mandou fazer se sentir seguro,se ela te trair é porque ela não te merece e nem a suua confiança,mas ai que ta o problema não ou desses que o que os olhos não vem ,coração não senti,se a pessoa tiver me traindo na encolha como saber ,temos que nos sentir superior ,mas é muito dificíl ,as vezes pessoas amigos de minh namorada passam rindo pra minha cara ,e eu fico sem saber o que fazer ,ficam de piada eu fico perdido e inseguro

    Responder
  • Daniel disse:

    Precisa ler esse texto hoje. No meu caso não é namoro, mas uma “amizade colorida” com uma amiga e sempre fico inseguro ou ansioso demais achando q ela está com alguem, mesmo ela dizendo que se acontecer algo eu serei o primeiro a saber. A necessidade do ansioso de achar que controla tudo acaba com a gente e cria uma falsa sensação.

    Responder
  • Viviane Carvalho disse:

    Nossa!! muito obrigada, seu texto fez eu me sentir melhor.

    Responder
  • Miimy Ls disse:

    Ótimo, me ajudou muito…

    Responder
  • Fly disse:

    Boa Tarde, acabei de tomar um pé na bunda da minha namorada. Estamos juntos a 2,7 anos e ela terminou por causa do meu ciumes de controlar suas roupas, amizades com sexo oposto e ignorancias… Realmente fui assim, e ja me arrependi e pedi desculpas para ela. Ela disse que gostaria de voltar e ficaria feliz se um dia voltasse comigo, mas eu teria que mudar. Esse é o problema, nao sei se consigo mudar… até entao faz 2 semanas que terminamos, mas ainda mantiamos o contato. Agora ela pediu um tempo pra gente pensar e depois conversarmos sobre o que vai ser.. (detalhe, terminamos a distancia, por celular webcan) Penso em encontrar ela pessoalmente daqui 1 mes. E ainda assim fico pensando coisas negativas como ela pode estar saindo com outro ja, ou ja me esqueceu pra semrpe e estou esperando atoa. Sinceramente pareço louco, mas nao sou kkkkk. Preciso de ajuda como curar isso!!!!!!!

    Responder
  • Guilherme Bellucci disse:

    Não tem sido fácil pra mim, por isso estou aqui buscando textos falando sobre insegurança, as vezes tenho a consciência que acabo sendo impulsivo, inseguro e meu ciúme é patológico, mas ta bastante difícil mudar isso. Estou em tratamento com um psicólogo, venho notado poucas mudanças.
    Porém já cheguei a perder o controle de si, é horrível, a sensação de arrependimento depois é pior ainda. Tenho lutado todos os dias pra vencer esse medo, essa insegurança e ciúme doentio.
    Gostaria de agradecer o pelo texto, tem bastante coisa pra se refletir e agregar conhecimento de outros textos.
    Se puderem publicar mais textos relacionados ficarei bastante agradecido.

    Responder

Deixe seu comentário