Sou casada e ele também, mas nos envolvemos

Relacionamento

Sou casada e ele também

Caso isso tenha acontecido é porque, na realidade, ambos estão mau casados. Veja bem, pra você ter seu marido e, mesmo assim, acabar se envolvendo por outro homem e, também casado, existem várias opções de escolha para que você se situe:

1- Você está muito insatisfeita com a pessoa que tem ao seu lado, ele não a satisfaz como esposa e mulher, deixando-a carente e vulnerável.

2- Esse cara com quem você se envolveu preenche todos os requisitos de ideal de homem, coisa que você não encontrou em seu marido.

3- O amor existe mesmo e, num momento impróprio da vida de vocês, quando ambos estão comprometidos, se conhecem e acabam se apaixonando. Da paixão vem o envolvimento que faz com que os dois descubram que não é caso banal, mas sim um sentimento muito forte.

4- Tanto um quanto o outro deu muita chance pro azar e acabaram se envolvendo e, consequentemente pondo em risco o casamento dos dois.

5- Você é uma pessoa inconsequente e completamente perdida quanto aquilo que quer da vida.

Se você não se identificou com nenhuma dessas alternativas, fica meio complicado saber o porquê desse seu envolvimento. E no caso em questão, os dois se envolveram, por algo deve ter sido.

Qual a melhor solução a ser tomada

Nesses momentos, a reflexão é o remédio mais indicado para os dois. Sigilo também faz parte do esquema e um questionamento introspectivo também poderá ajudar a encontrar respostas.

O bom senso indica que se afastem até tomarem alguma decisão quanto ao envolvimento surgido entre vocês. Não é correto ficar traindo quem não merece sem ao menos ter certeza do porque estar se fazendo isso. Talvez seja algo momentâneo e a razão dará conta do recado caso essa relação venha a esfriar.

E se isso não acontecer?

Caso vocês não consigam se afastar mais um do outro, o assunto é sério mesmo e digno de alguma providência a ser tomada. Fugir do envolvimento não é o mais aconselhável e então alguma medida drástica tem que ser estudada por ambos.

Talvez seja o momento de abrir o jogo com os cônjuges traídos e deixa-los a par de um possível fim do casamento.

Na certeza, não há o que temer

Se os dois não conseguiram agir da forma mais indicada que seria o não envolvimento, que ajam com decência agora e saiam do casamento. É evidente que muitos irão ficar feridos, mas nada que o tempo não dê jeito.

Por Ana Virginia Miotto
Redação Dona Giraffa
Foto: SXC

Confira também

# Ficar, morar junto ou casar?
# Aliança de compromisso: qual o real significado?
# Amor não correspondido, o que fazer?
# É válido continuar num casamento pelos filhos?
# Como segurar um homem em um relacionamento

Publicidade

2 comentários

  • Janaina disse:

    Pois bem.. stou passando por essa situação. Tentei terminar com meu parceiro, mas ele não quis, disse mtas coisas. Fiquei com medo dele fazer algo. Então decidir ficar com ele. Pois bem, fiqeui 1 mes longe do cara, e a gora voltamos a nos ve 🙁 pedi p me separar do meu marido, mesmo assim ele não… Não sei o que fazer, ja disse q não o amo mais. tenho a´ppenas um grande carinho por ele. Pois estamos juntos á 6 anos, ele foi meu primeiro namorado. e não quero que ele passe por esta situação. Me ajuda

    Responder
    • Leandra disse:

      Janaina, não consegui encontrar de quando é essa matéria e essa postagem. Mas eu hoje, estou nessa situação… me envolvi com alguém do meu passado que hoje também está casado e tentei terminar com meu esposo, mas ele não quer, mesmo sabendo que meu amor se transformou em amizade e que eu amo mesmo outra pessoa. E eu prefiro sofrer a fazer alguém sofrer… não gostaria mesmo que fosse dessa forma. Você resolveu a sua situação? Podemos conversar? Meu e-mail é leandragt@hotmail.com

      Responder

Deixe seu comentário