Sexo durante a gravidez, será que pode?

Gravidez

A gravidez traz algumas mudanças em nossas vidas, algumas relacionadas aos esforços físicos, que devem diminuir para evitar que a gestação tenha complicações, ainda mais em casos de gravidez de risco. Devido a isso, muitas pessoas acabam relacionando os esforços físicos às relações sexuais e deixam de fazer sexo até o nascimento do bebê, com medo de machucá-lo.

Sexo durante a gravidez

Porém, se a gravidez não apresentar risco algum, manter relações sexuais é até indicado, a fim de aliviar as tensões, relaxar e fazer com que o casal mantenha-se sintonizado. Mas para isso, é preciso seguir algumas dicas:

Não tenha medo

À medida que a barriga aumenta, as mães têm mais preocupações com seus passos, com medo de machucar o bebê. Como as relações sexuais envolvem ações algumas vezes mais intensas, além da penetração, algumas mulheres acreditam que o ato pode machucar a criança. No entanto, não há com o que se preocupar. Basta apenas controlar os movimentos, sem tentar nada ousado, e a penetração não alcança o bebê, que está muito bem protegido.

Aquele mito de que o bebê pode nascer prematuramente devido aos orgasmos da mulher também não é verdade.

Vantagens

Além de proporcionar prazer tanto à mulher quanto ao homem, o sexo durante a gravidez ajuda no fortalecimento dos músculos do períneo, que são fundamentais na hora do parto. Como todas as sensações da mãe são passadas ao bebê, ao perceber que a mulher está feliz e satisfeita, a criança também se sentirá assim. Algumas pessoas afirmam, inclusive, que pais que praticam sexo durante a gravidez têm bebês mais saudáveis.

Posições

De fato, quanto mais a barriga aumenta, mais atrapalha as posições sexuais. Isso porque algumas delas fazem pressão sobre a barriga e o bebê, ou então a barriga impede a penetração.

Porém, os casais ainda têm algumas opções e o sexo não irá se tornar rotineiro, basta apenas descobrir as posições mais confortáveis, como aquelas em que a mulher deita-se na cama, de lado, e o parceiro encaixa-se por trás, a famosa posição colher, a posição cachorrinho, que só não é muito confortável nos últimos três meses, ou então sentada em cima de seu parceiro, com a barriga livre e sem pressão alguma.

Outras alternativas

Se vocês preferirem, podem alternar a penetração com outras formas de interação sexual, como o sexo oral, masturbação mútua e jogos eróticos, com muito beijo, carinho e demonstrações de amor. O importante é que os dois se sintam bem e seguros.

Por Franciele Bueno
Redação Dona Giraffa
Foto: Reprodução

Confira também

# Conheça os principais metódos contraceptivos
# Não consigo engravidar. E agora?
# Menstruação atrasada, o que pode ser?
# [Guia Adolescente] – Posso estar grávida?
# [Guia Adolescente] – Gravidez na adolescência

3 comentários

  • Priscila disse:

    Boas informações, obrigada!

    Responder
  • raquel disse:

    Adorei saber sobre esse assunto pois pretendo ser mãe logo mas..beijossss continui assim

    Responder
  • Ramon disse:

    Boa postagem

    Responder

Deixe seu comentário