Namorar ou ficar solteira? Saiba as vantagens de cada um

Relacionamento

Namorar ou ficar solteira

Não existe uma resposta pra isso. Depende do momento em que você está na sua vida, depende do que você quer… Como qualquer situação, namorar ou ficar solteira tem seu lado positivo negativo. E como decidir?

Vejo pessoas que estão muitíssimo bem sozinhas, e levam a vida numa boa. Já para outras, ficar solteira é depressão na certa. Uns lidam bem com a solidão e se acostumam com ela. Outros, evitam-na de todos os jeitos.

Optar por compartilhar sua vida com outrem é uma decisão que deve ser pensada. Afinal, alguns hábitos de solteira deverão ser extintos, e você precisará adotar outra postura. Relacionar-se não é uma das coisas mais fáceis desse mundo, ainda mais hoje em dia.

Cada vez mais, os namoros duram menos por falta de tolerância, compreensão e entrega. É, entrega. As pessoas estão com medo de se entregar, achando que assim irão evitar uma possível decepção amorosa. Com isso, as relações virtuais e amigáveis aumentam a cada dia.

Por outro lado, ser solteiro também tem seu lado bom. Poder sair sem dever satisfações à ninguém, escolher com quem você quer ficar… As pessoas solteiras normalmente tem mais facilidade em aceitar essa “diversão de uma só noite”, pois elas sabem que não estão à procura de um algo a mais.

Aí que a coisa complica. Eu, particularmente, acredito que sim, é muito bom namorar por mais que os problemas existam. Poder ter alguém pra vivenciar as coisas com você faz um bem danado. Mas tem gente que não se importa em não ter isso, e isso é bom também. A grande sacada é perguntar a si mesmo se você está contente como está, seja solteira, namorando, casada, divorciada, enrolada…

O que realmente importa é estar bem consigo mesma(o). Se você está solteira(o) mas cansou dessa vida, namore! E vice-versa! Ninguém te impede de fazer o contrário, e você não depende de ninguém para ser feliz e aproveitar a vida. Seja “solteira sim, sozinha nunca” ou “namoro há 5 anos”, o legal da vida é que nós fazemos nossas escolhas e decidimos sobre o que queremos pra gente. Então, vá em busca do que te faz bem!

Por Camila Mazi
Redação Dona Giraffa

Confira também

# Aliança de compromisso: qual o real significado?
# Ficar, morar junto ou casar?
# É válido continuar num casamento pelos filhos?
# Programas baratos para você cutir com seu amor

Publicidade

Deixe seu comentário