Desnível cultural pode atrapalhar uma relação?

Comportamento

 Desnível cultural pode atrapalhar uma relação

Pode e muito!

O desnível cultural, com o passar do tempo, depois que a paixão cedeu lugar à razão, é mais perigoso que o financeiro e o social.

Ao contrário desses dois últimos, o cultural não tem como esconder, ele é gritante. Assim que a pessoa abre a boca pra manifestar algo, já é percebido se ela é provida ou não de alguma cultura, quer seja vivida ou livresca.

O problema maior é quando uma das partes possui essa característica, essa qualidade tão em falta em determinadas rodas sociais ou mesmo no trabalho.

Sejamos sinceros: como é gostoso ouvir uma pessoa culta falar, discursar sobre assuntos que muitas vezes questionamos mas não achamos a resposta. É muito gratificante.

Agora, imaginem uma relação onde um dos dois é totalmente desprovido de conhecimentos gerais enquanto que o outro possui o dom da retórica, sabendo falar de todos os assuntos e, quando ignora o que está ouvindo, vai em busca do aprender, do saber. Uma pessoa assim nunca cometerá deslizes nem fará com que seu parceiro ou parceira pague algum mico pela sua estupidez.

Sem contar aqueles que se julgam os donos da verdade absoluta e quando abrem a boca pra dizer algo só sai asneiras. E geralmente essas pessoas se acham, não têm nenhuma noção do ridículo a que se expõem e acabam expondo também a pessoa que está ao seu lado, convivendo com ela.

Convenhamos: saber não ocupa espaço e é tão bom aprender! Além do que, isso não custa nada a ninguém e todos temos acesso à boas leituras, palestras, pesquisas, etc que podem fazer com que nos tornemos alguém mais interessante e, consequentemente uma boa companhia.

Poucos aguentam ouvir besteiras. Imagine num relacionamento então, onde se convive direto com a pessoa. Os que amam têm até paciência e tolerância na tentativa de fazer com que o outro se interesse mais por um aprendizado, mas é um processo cansativo e as vezes não surti resultado algum. Há pessoas que não têm mesmo interesse em aprender nada, o que torna a situação mais difícil ainda: conviver com uma pessoa bronca porque gosta dela.

O correto no caso é colocar os valores na balança e ver o que vale a pena ser feito, porque, decididamente, diferenças culturais não combinam em hipótese alguma e as consequências são sempre desastrosas.

Por Ana Virginia Miotto
Redação Dona Giraffa

Confira também

# Que tipo de namorado é o seu?
# Dicas de como conquistar a sogra
# Qual o momento certo para se ter um filho?
# Mulheres que ganham mais que os homens
# Você gosta dele, mais ele não quer nada sério
# Programas baratos para você cutir com seu amor

Publicidade

1 comentário

  • jaime disse:

    minha companheira tem nada de estudo fundamental ,eu sou tecem manutençao,autodidata em estudos de sociologia eletronica e tu que possas imanginar ate ufologia .nosso relaionamento esta acabado nao por culpa minha…

    Responder

Deixe seu comentário