Vale a pena mudar para agradar alguém?

Comportamento

Aquela conhecida frase “eu faço tudo por você” é algo que as pessoas deveriam pensar mais para falar e, em muitos casos, colocar em prática.

Quando nos apaixonamos por alguém, passamos a viver intensamente o sentimento e deixamos em segundo plano a racionalidade. A partir disso, agimos e pensamos de acordo com o que convém ao relacionamento e às suas expectativas a respeito dele.

Isso se complica quando sua relação não é perfeita ou não lhe satisfaz como você queria

Pensando que o problema possa estar em nós mesmas, começamos um processo de mudança de personalidade, ideias e atitudes que dificilmente farão com que as coisas melhorem ou ele passe a lhe amar mais. A menos que você seja uma daquelas ciumentas que necessitam de apoio ou tenha outros problemas que exigem acompanhamento médico, mudar suas atitudes nem sempre lhe fará bem.

Mesmo que seu parceiro passe a lhe tratar melhor depois que você decida ir ao cinema e deixá-lo escolher apenas filmes que você detesta, mas se obriga a assistir por causa dele, deixe de frequentar lugares que goste e abandone seu cantor preferido porque ele acha seu gosto musical ruim, no fundo você irá se sentir triste, porque seus hábitos é o que fazem você ser o que é.

Moldar uma personalidade diferente para agradar aos outros, no cálculo final, apenas lhe trará prejuízos. E, como a certeza de ter alguém conosco pelo resto da vida não existe, você corre o risco de que a relação acabe e tudo tenha sido em vão. Pior ainda, imagine se a cada relacionamento você tiver que mudar para se adequar ao seu parceiro?

Também não podemos ser radicais e nos negarmos

A fazer qualquer coisa que o marido ou namorado sugira, apenas porque não gostamos daquilo. Vocês podem chegar a um consenso sobre os gostos, as preferências e tudo que houver de diferenças entre os dois. Uma vez ou outra, não custa nada experimentar ver um gênero de filme que você não gosta muito, porque você pode acabar ficando envolvida na história. Também é possível se abrir para novos estilos musicais, roupas diferentes e comidas que você não tem o costume de comer, tudo com o intuito de experimentar.

Até mesmo lugares diferentes você pode frequentar e acabar gostando. Basta que estejamos dispostas a avaliar tudo sem pré-conceitos ou má vontade. O mesmo cabe ao seu parceiro, que seguindo sua iniciativa, seja mais receptivo quanto ao seu jeito e suas preferências.

Por Franciele Bueno
Redação Dona Giraffa

Confira também

# Como reconquistar uma mulher?
# Coisas idiotas que os homens fazem para impressionar
# Tipos de homens que as mulheres adoram
# Como ser romântico: Um guia simples, eficaz e infalível

Publicidade

3 comentários

  • Hime disse:

    Muito bom o post.
    Concordo contigo em boa parte, mas acho que não custa nada fazer um esforcinho e deixar algum hábito de lado (mesmo que seja de vez em quando) para agradar o outro.

    Responder
  • Chris Mary disse:

    Uma das coisas q eu tinha q melhorar e muito, ñ só pelo meu namorado, mas por mim… É o cíúme, ainda tenho, é claro, porém bem menos!!!

    Responder
    • Jessica Silva disse:

      Eu não sei como mudar pra que o meu namorado se sinta satisfeito, ele sempre reclama das minhas acções, das minhas atitudes.

      Responder

Deixe seu comentário