Relacionamentos com data certa para acabar

Relacionamento

amor relacionamento

Viajar para o exterior para estudar ou trabalhar, na maioria dos casos, tem como objetivo apenas o aprofundamento em uma profissão ou curso e o aprimoramento da língua local, além da curiosidade pela cultura do país.

Mas como dizem por aí, o amor não tira férias e, quando menos esperamos, encontramos alguém que nos deixará apaixonada. E isso vale também para quando estamos em algum lugar com data programada para voltar para casa e definitivamente não buscamos alguém para um envolvimento amoroso.

No momento em que você se dá conta que o relacionamento tem data para acabar, bate aquela dúvida do que fazer e passam por nossa cabeça dezenas de possibilidades.

Como as chances do romance continuar quando você voltar a seu país são praticamente nulas, o mais aconselhado é aproveitar enquanto você puder ficar com a pessoa. Não é porque vocês sabem que a relação tem seu futuro comprometido, que o tempo ao lado dele vai deixar de ter sua importância e valer a pena.

Além disso, saber que logo vocês terão que se separar vai fazer com que o tempo em que estiverem juntos seja mais valorizado e melhor aproveitado e dificilmente os dois irão brigar, porque vão preferir aproveitar os momentos a dois de forma descontraída e sem tanta cobrança.

Em alguns casos, o envolvimento faz laços tão fortes serem criados que um dos dois decide viver no país do outro definitivamente e uma vida conjunta dura por muito tempo.

De toda forma, é preciso que você aproveite os dias ao lado dele com a consciência de que logo vocês irão se separar. Trabalhar essa ideia diariamente talvez não diminua a dor ao deixá-lo, mas ao menos vai lhe preparar aos poucos para o fim iminente e você poderá superar mais facilmente a saudade e a dor de perder alguém sem que algum dos dois tenha desejado que o relacionamento chegasse ao fim.

Por Franciele Bueno
Redação Dona Giraffa

Confira também

# Maneiras criativas de dizer “Eu te amo”
# Ciúmes, amor ou sentimento de posse?
# Sexo antes do casamento: origem do tabu

Publicidade

9 comentários

  • Juliana disse:

    Bom, eu fiz intercambio na Holanda em 2008, e assim que cheguei conheci meu namorado. Fiquei 1 ano lá, e na volta em 2009 foi mto dificil.. a readaptaçao no Brasil foi complicado, ainda mais longe dele.. mas superamos. Voltei visita-lo no meio do ano passado, e ele veio pro Brasil 2 vezes,, janeiro desse ano e julho agora. Estamos juntos ha 2 anos e meio, e o que tem nos segurado é a confiança, e claro, internet, rsrs

    Amo muito meu namorado, nao vejo a hora de podermos ficar juntos pra sempre, mas enqto nao dá, temos que ter paciencia.
    Quando o amor é verdadeiro, enfrentamos qualquer barreira. Se for pra dar certo, dará.

    Responder
  • genio disse:

    Tão dificil assim interpretar um texto?

    Eu msmo e Tatyane, o texto fala de um relacionamento com data de validade porque cada um mora num país. Não é questão de começar um namoro pensando em terminar. É questão de distancia.

    Karen, o texto não fala de namoros que ficam separados por meses. Fala de casais que poderão nunca mais se verem.

    Caramba, tem horas que me sinto um Einstein!

    Responder
  • Karen C. Fidelis disse:

    uhsuahsuahsuhasua… Faz-me rir!!!

    Fui pra Espanha, fiquei um tempo, fui em festas maravilhosas, conheci pessoas maravilhosas e fiz coisas maravilhosas.
    Não trai meu namorado, não dei espaço para outros homens se aproximarem de mim com segundas intenções… Enfim… não precisei me separar do meu namorado que estava me esperando no Brasil.

    Conclusão: voltei pro Brasil e estamos quase casando!!! kkkkkkk

    Responder
  • Raquel disse:

    Franciele, desculpe, mas isso já aconteceu com você?

    Comigo já! fui pra Itália estudar e conheci um sul africano e nos apaixonamos, em fevereiro eu voltei para o Brasil, e até agora o consolo é skipe todos os dias!!!

    Difícil, mas ao mesmo tempo desafiador. Apesar de todas as dificuldades, sei que as coisas sempre acabem bem…

    Responder
  • Bianca disse:

    Namoro ah 2 anos, daqui um mês vou morar em outra cidade e sinceramente ainda não sei oque será do meu namoro.

    Apesar de saber que futuramente posso não estar mais ao lado do meu namorado, faço de tudo pra que esse tempo que eu estou com ele seja maravilhoso e inesquecível. É dificil, mais depende muito da honestidade e do amor dos dois para decidir se podem continuar o namoro ou não.

    Toda vez que penso que vou ter que ir embora me dá um aperto no coração, mais o melhor que faço é não pensar muito nisso e deixar que Deus resolva oque sera do nosso futuro.

    Responder
  • Amanda disse:

    Oi,
    Adoro o Dona Giraffa, sempre com ótimas matérias!
    Parabéns

    Responder
  • Carla Almeida disse:

    Excelente post, como sempre o blog abordando temas bacanas.

    Parabéns pelo blog.

    Responder
  • Tatyane Malta disse:

    Pults.. Sempre que vc começar um relacionamento já pensando em acabar, pode ter certeza ele não vai durar NADA!!

    O lance de está longe só amadurece a relação e não a faz acabar. Cabe ao casal saber o que querem do futuro juntos!

    Responder
  • eu msm disse:

    segundo seu texto, é melhor entao nem começar um relacionamento.

    ja começa pensando em separar… qto otimismo…

    a melho coisa nao é pensar na possibilidade do final, mas sim, ser sempre honesto consigo e com a pessoa e jamais pensar em “finais”.

    raciocine comigo: o q é melhor? pensar positivo ou viver na iminência de um término? em relacionamento nao tem essa de “lavar as mãos”…

    “vc se torna eternamente responsavel por quem cativas”.

    Responder

Deixe seu comentário