Banalizaram a palavra Eu te Amo. Qual sua opinião sobre isso?

Comportamento

eu te amo

Nunca se falou tanto em amor como ultimamente, principalmente “eu te amo“.

Percebe-se que essa expressão ganhou um sentido de banalidade que não condiz com verdade alguma. Dizer eu te amo pra alguém, requer um compromisso que a própria expressão fornece.

Quando você ama de verdade, essa pessoa é focada de forma especial em sua vida, tanto na maneira de falar com ela como de relacionar-se com ela e até mesmo de pensar nela.

Não é uma a mais na multidão, mas alguém por quem você nutre o mais nobre dos sentimentos e, assim sendo, ela torna-se incomparável, singular e nenhuma outra fará com que você vibre e sinta emoções tão variadas e fortes como as que ela lhe proporciona.

Podemos amar muitas vezes na vida e amar muitas pessoas ao mesmo tempo. Cada pessoa que amamos representa um papel especial para nós. Cada uma exerce um tipo de importância em nossas vidas. É amor, mas cada um tem seu jeito de ser.

Quanto ao corriqueiro eu te amo de cada dia, que dizemos aos amigos, colegas e, mesmo aos desconhecidos com quem cruzamos na internet, esse não possui peso nenhum, nem qualidade.

É gostoso ouvir? Sim, é, porém ele não acrescenta nada ao nosso viver.

Tem valor? Depende de cada um, da maneira como irá encarar essa declaração, tão fácil nos dias de hoje.

Para as pessoas que vivem realmente esse sentimento e o conhece bem, talvez soe como um simples “oi, eu estou aqui”. De verdadeiro e especial, essa expressão não diz nada.

Se você ama, prove. Não há forma melhor de se saber a verdade do que provando.

Isso vale a qualquer tipo de amor: filial, paternal, amigável, amor ao próximo, etc.

Não vamos gastar palavras tão belas e profundas em situações tão vazias e indefinidas. Vamos guardar e expressar nosso eu te amo a quem amamos de fato. Aos outros, fiquemos com um vocabulário educado, simpático e amigável apenas.

Mas atentem para o seguinte: isso não é uma regra, comportem-se da maneira que lhes faz mais bem.

Ana Virginia Miotto
Redação Dona Giraffa

Confira também

# Maneiras criativas de dizer “Eu te amo”
# Como saber se ele só quer transar com você?
# Os cinco erros mais comuns no relacionamento
# Coisa que você nunca vai ouvir de um homem

Publicidade

7 comentários

  • Eric disse:

    Nossa muito bom esse blog… ja li quase tudo só hoje.
    Quanto a palavra chave EU TE AMO! Esta está realmente banalizada, devemos a cada dia observar os nossos comportamentos para não cair na rotina do cotidiano, mas mostrar que somos diferentes com nossas atitudes positivas, visando sempre o bem estar proprio e do proximo.

    Responder
  • CJ-BH disse:

    Além de usarem o “Eu te Amo” de forma futil, ainda usam errado!
    Muitas vezes as pessoas falam que estão amando, mas na verdade estão apaixomadas! Paixão é muito diferente de amor!
    Amor só é conquistado com o tempo!
    Outra coisa é dizer que está namorando!
    Namoro só é namoro, quando vc oficializa o relacionamento, e pra oficializar é só quando vc e a parceira conhecem a familia! Até lá vc só está ficando, saindo, tendo um rolo, saindo com uma pessoa, sei lá o que!

    Responder
  • Vitor disse:

    O “Eu te amo” Hj em dia, vale mt pouco, para provar o seu amor as pessoas, tem que se fazer coisas absurdas, Graças as redes sociais, aqueles S2 S2 do capeta, ah vsf pqp. O bom e velho EU TE AMO só deveria sair em situações extremas!

    80% das falas que o Eu te amo tá encaixada Poderiam ser Substituidas por um EU gosto mt de vc!
    Seu blog é mt bom, meus parabéns, Smp q dá tempo dou uma Passadinha aqui.

    Responder
  • Bruno Cruz disse:

    Sempre leio o blog, belo post. As pessoas amam e desamam com tanta facilidade que eu nunca vi em minha vida, não sebem nem de longe o verdadeiro valor das palavras. Parabéns pelo blog.

    Responder
    • Dona Giraffa disse:

      Obrigado pelo comentário Bruno, volte sempre.

      Responder
  • Renata Reis disse:

    Nunca li um texto que expressasse tanto o que eu sinto. Acho que realmente o amor tem se tornado uma simples rotina, todo mundo ama e desama. Me corrói por dentro ver casais com 1 semana juntos fazerem declarações e mais declarações de amor e na semana seguinte estão amndo outras pessoas ou amigos que acabaram e se conhecer e se amarem como amigos de infância e logo nem se falam mais.

    Divulguei esse texto no meu twitter, na esperança de algumas pessoas o lêrem assim como eu e tomarem consciência de um sentimento tão grande que é o amor. Eu posso até um dia deixar de amar meu namorado ou meus amigos, mas eu sei que amei de verdade, amei por anos, o que vale por uma vida inteira. Parabéns pelo Blog. Leio todo dia. Beeijos

    Responder
    • Ana Virginia disse:

      Obrigada, Renata. Continue nos visitando .Beijos.

      Responder

Deixe seu comentário