Quando a vida se transforma em espera

Comportamento

Quando a vida se transforma em espera

É a fase mais difícil pela qual nós, seres humanos, podemos passar. É uma fase de expectativas, desejos, sonhos, angústias e desconfortos gerados por um anseio tão grande de alguma coisa que muitas vezes nem nós mesmos sabemos ao certo o que é.

Deixamos de viver o nosso efêmero dia de hoje para nos projetarmos em dias e situações que nem ao menos sabemos se virão ou não. Nessa fase parece que um “oco” de sentimentos nos preenche e estamos sempre a espera de que algo vai acontecer e mudar nossa vida, alguém vai cruzar nosso caminho e tudo mudará; o telefone vai tocar e “aquele ” alguém vai nos dizer uma frase, que nem sabemos o roteiro, mas vai nos deixar feliz.

E os dias vão passando sem dó. Afinal, nós estamos esperando porque foi nossa a escolha de esperar, de não nos contentarmos, mesmo sem razão, na maioria das vezes, em aceitar viver a vida como ela é e nos apresenta.

Por que será que o imaginário é sempre mais interessante? Mas nós mesmos temos provas de que isso é apenas ilusão, pois tudo que é imaginado é traçado com muita perfeição e o final é sempre aquele que esperamos. Bem, se houver final, porque pode-se observar que mesmo os nossos sonhos não possuem final, nem triste nem feliz, uma vez que eles também ficam a espera de como conduzi-los.

E o tempo passando…

Você consegue um emprego, um bom cargo, uma estabilidade emocional que lhe preenche, mas…continua esperando. Mas o que afinal? O cargo que exerce é bom , mas você anseia subir. Seu companheiro ou companheira também é bom mas muitas vezes você começa a imaginar como seria se fosse outra pessoa aí no lugar dele ou dela.

E a busca continua. A imaginação vai a mil e o tempo vai passando. e aquela frase chavão persiste em nossas cabeças, sem dar trêgua: eu ainda vou chegar lá; eu ainda vou vencer; sei que ainda serei muito feliz.

Somos assim, pelo menos a maioria, quando na realidade devíamos viver o aqui e agora, sem questionamento de um amanhã incerto e com pessoas incertas.

Podemos sonhar? Não: devemos sonhar. Mas nossos sonhos devem alicerçarem-se na realidade que nos é presente e nas pessoas que nos são caras. Se for pra sonhar, que seja um sonho impossível mesmo! Assim não corremos o risco de passar a vida toda e cada vez mais, na doida e doída espera daquilo que nem sabemos o que é e de onde virá.

Até que chega um dia em que olhamos para nós mesmos e para os anos vividos e pensamos e dizemos: nossa, eu era feliz e não sabia…

Por Ana Virginia Miotto
Redação Dona Giraffa

Confira também

# Como fazer seu amor sobreviver?
# Você sonha com um emprego público?
# A realidade sobre os homens, mulheres
# Como lidar com um namorado ciumento?
# Razões para terminar um relacionamento
# Coisas que todas as mulheres deveriam saber

Publicidade

1 comentário

  • CIBELLY disse:

    A vida se transforma em constante espera quando deixamos de curtir o presente o momento real e passamos a ficar escravos e submetidos muitas vezes a ilusões criadas em nossos corações.

    Responder

Deixe seu comentário