O complicado relacionamento humano

Relacionamento

relacionamento

Desde os primórdios dos tempos, o homem sempre viveu em grupos e sempre pudemos observar os constantes atritos existentes entre os mesmos.

Apenas agora na época contemporânea, parece que tal problema passou a ser notado e analisado até mesmo por profissionais da saúde, seja analista, psicanalista ou outros do gênero que “tratam” do problema em questão.

Atualmente está sendo mais enfocado devido ao crescente número de casamentos desfeitos por uma série interminável de motivos.

Antigamente, quando se falava em separação, pensava-se logo ou em primeira instância, em adultério. Quanto engano defendido ao longo de décadas e décadas!

Na realidade, a mulher vive hoje o papel de “gente” na sociedade, o que não acontecia antes. A mulher era cobrada pela sociedade e o casamento passava a ser um status em sua vida. Ser casada parecia ser realizada. Quanto mito!

As mulheres após batalharem muito, conseguiram abrir os olhos da humanidade que insistia em afirmar que bons tempos eram os de antigamente, quando os casais se uniam e viviam felizes…quanta mentira! A única diferença existente hoje é que a sociedade passou a ser mais elástica, menos hipócrita diante de uma situação onde prevalece a maioria, ou seja, a cada dia, mais aumenta o número de casais separados.

Sem contar os que nem chegam a casar, apenas vivem maritalmente, o que parece facilitar a situação: pelo menos não há nenhum contrato assinado e, quando acaba o relacionamento, isso se torna um fator positivo.

Não que haja algum interesse em defender essa ou aquela postura; cada qual deve viver e se comportar da maneira que mais lhe apraz. Mesmo porque, o objetivo do ser humano é sentir-se feliz. Isso que põe sentido à vida de cada um.

Tomando pela lógica de que cada um é um ser pensante, há de se respeitar os princípios e valores que cada um carrega consigo e fazer valer essa individualidade. Havendo respeito existe paz, havendo paz há harmonia e esta fatalmente fará com que nesse meio nasça o amor, sentimento tão procurado no mundo e que está dentro de cada um de nós.

Outro erro gritante é o de que os opostos se atraem. Pode até ser verdade para se iniciar uma relação a dois, mas a mesma não irá muito longe. Diferenças são diferenças e pessoas diferentes não conseguem harmonizar-se dentro de um casamento.

Por Ana Virginia Miotto
Redação Dona Giraffa

Confira também

# Porque homens e mulheres traem?
# Quando uma relação chega ao fim
# Sites de relacionamentos: funcionam?
# Ciúmes, amor ou sentimento de posse?
# Postura perante a traição na relação amorosa
# Acho que eu estou sendo traída, como saber?

Publicidade

Deixe seu comentário