Após a ejaculação quanto tempo vive um espermatozoide?

Em se tratando de sexo é interessante conhecer alguns fatores relacionados ao corpo humano, como o período fértil da mulher, as melhores épocas para engravidar e até mesmo o tempo de sobrevivência de um espermatozoide após a ejaculação.

Essa curiosidade é válida não apenas para quem pretende engravidar, como também para aquelas que abusaram da sorte e não usaram preservativo ou nenhum outro método contraceptivo ao se relacionar com seus parceiros.

Casal na cama

Foto: © Depositphotos

Dessa maneira, ao saber exatamente quanto tempo vive um espermatozoide é possível ter uma ideia de quantos em quantos dias é preciso manter relações sexuais para aumentar as chances de engravidar ou quanto tempo se tem para tomar a pílula do dia seguinte.

Quantidade de espermatozoides em uma ejaculação

Os espermatozoides são bem menores do que os óvulos, o que permite que a cada ejaculação uma grande quantidade deles seja eliminado.

Eles são dotados de estrutura que lhes permite o máximo de eficiência para que consigam chegar até um óvulo e fecunda-lo, podendo resistir aos mais diversos obstáculos encontrados pelo caminho.

Ejaculação

Foto: © Depositphotos

Ainda assim, eles não são invencíveis e não vivem para sempre, razão essa pela qual mesmo após serem eliminados em média 300 milhões de espermatozoides em uma ejaculação saudável, pode acontecer de o óvulo não ser fecundado e não ocorrer uma gravidez.

Vale comentar que fazer sexo várias vezes no mesmo dia não contribui para que você consiga engravidar mais facilmente, isso porque, a cada ejaculação muito próxima menor é a quantidade de espermatozoides eliminados. Por isso é recomendado intercalar as relações sexuais a cada um ou dois dias quando se está tentando engravidar.

Tempo de sobrevivência depende das condições do “ambiente”

Quando a ejaculação ocorre dentro do corpo da mulher, os espermatozoides terão que passar pelas mais diversas condições até encontrarem um óvulo a sua espera, inclusive o muco do canal genital que costuma ser espesso e com pH diferenciado.

Apesar de milhões de espermatozoides serem eliminados em uma única ejaculação, poucos – apenas algumas centenas – são os que conseguirão chegar até as trompas e fecundar o óvulo – se existir algum por lá.

Além disso, conforme vão se passando as horas, as células reprodutoras masculinas tornam-se mais fracas, caindo ainda mais as chances de ocorrer uma gravidez.

Tempo de vida do espermatozoide: Dentro do corpo da mulher

Se após a relação sexual o homem ejacula dentro do corpo da mulher, os espermatozoides têm um tempo de vida limitado, no máximo 72 horas, mais ainda assim maior do que quando a ejaculação ocorre fora do corpo feminino.

Esperma chegando no óvulo

Foto: © Depositphotos

Sendo assim, quem se relacionou sem camisinha deve tomar a pílula do dia seguinte o quanto antes para evitar uma gravidez indesejada.

Por outro lado, se a intenção é gerar um bebê é interessante que a mulher monitore seu período fértil. Pois se ela ovular apenas no terceiro dia após a relação, as chances de gravidez tornam-se menores, já que os espermatozoides estão mais fracos e em menor quantidade dentro de seu corpo.

Tempo de vida do espermatozoide: Fora do corpo da mulher

Algumas mulheres têm relações sexuais sem o uso de contraceptivos mas pedem ao parceiro que ejacule fora de seu corpo.

Ainda assim, o medo de uma gravidez indesejada passa por sua cabeça, será que mesmo quando o parceiro ejacula fora é possível engravidar?

A resposta é: Sim, é possível que uma gravidez venha a ocorrer nesses casos, mas não devido aos espermatozoides eliminados durante a ejaculação, mas sim aqueles que podem estar presentes no líquido seminal e são eliminados durante o ato sexual.

Imagem espermas

Foto: © Depositphotos

O tempo de vida dos espermatozoides é curto quando o homem ejacula fora do corpo da mulher. Em média eles sobrevivem no máximo de 1 a 2 minutos.

No entanto é preciso atenção, mesmo quem usou camisinha na relação pode correr o risco de engravidar caso ela não seja removida logo após a ejaculação ou acabe vazando durante a retirada do preservativo. Em média esses espermatozoides conseguem sobreviver por até duas horas.

Dicas para quem está tentando engravidar

Sabendo todas essas informações sobre o tempo de vida do espermatozoide e sendo você uma mulher que está tentando engravidar, separamos algumas dicas que podem ajuda-la nessa missão:

Engravidar

Foto: © Depositphotos

• Pare de tomar anticoncepcional o quanto antes: em média vai levar ao menos dois meses para que você volte a ovular normalmente.

• Monitore seu período fértil: Seu corpo dá sinais de que você está ovulando. É uma época em que a temperatura do corpo sobe em média um ou dois graus e também em que você tende a se sentir mais excitada.

• Menos relações por dia: Prefira manter relações sexuais com seu parceiro no máximo duas vezes por dia. Além de vocês aproveitarem melhor o momento – e não focarem no sexo apenas para fazer um bebê -, as chances de mais e melhores espermatozoides serem eliminados é mais alta.

• Intercale as relações sexuais a cada um ou dois dias: Faça sexo com seu parceiro com um intervalo de um ou dois dias. Além de permitir um descanso para ele, que poderá ejacular mais espermatozoides, você também tem maiores chances de estar ovulando.

• Pare de beber e fumar: Bebidas alcoólicas e o cigarro não apenas prejudicam a qualidade dos óvulos como também diminuem as chances de você engravidar. Sendo assim o ideal é que você e seu parceiro combinem de deixar de lado esses hábitos ruins, pois tanto a sua fertilidade quanto a dele são prejudicadas pelo álcool e o tabaco.

Por Vivian Fiorio / Edição: Dona Giraffa

 • O líquido lubrificante liberado antes da ejaculação pode engravidar?

Seja o primeiro a comentar em Após a ejaculação quanto tempo vive um espermatozoide?

Deixe seu comentário

Publicidade
Curta nossa fan page no Facebook
Publicidade
Publicidade

Como fica forte uma pessoa quando está segura de ser amada! Sigmund Freud