Uber: Transporte por aplicativo

A crise na mobilidade urbana é notória em diversas cidades do país, principalmente nas capitais. Situação que a cada dia é agravada pela política adotada pelo governo para alavancar a economia, que visa estimular a aquisição de veículos. Somente no período de 2001 a 2012 a frota de veículos no Brasil dobrou, lotando nossas rodovias que beiram o colapso.

Aplicativo de celular

Foto: © Depositphotos

Visando fugir desse trânsito e do estresse causado por horas no volante, a utilização de outros meios de transporte vem ganhando espaço. O precário serviço de transporte público e os altos preços das tarifas de táxi abriram mercado para os transportes por aplicativo, como o Uber, que vem com um crescimento rápido entre os usuários, que aproveitam tarifas mais baixas, e os colaboradores, que veem nesse serviço uma chance de renda extra.

Uber – O que é?

Criado em 2009, o Uber surgiu com a proposta de oferecer um serviço de transporte via aplicativo, em São Francisco – Califórnia.

Neste modelo, o cliente solicita o carro através do app no seu celular e tem algumas vantagens:

• Valor tabelado, cobrado por quilômetros rodados;
• Facilidade de pagamento através de cartão de crédito;
• Não existe ponto, o Uber vai até você, que inclusive pode acompanhar o trajeto do veículo via aplicativo;

No Brasil, começou a funcionar primeiramente no Rio de Janeiro em 2014, mas hoje já opera em quase todo o território nacional.(Uber no Brasil: veja as cidades onde ele está presente)

Leia também: Confira a lista dos países onde o aplicativo do Uber é proibido

Tipos de Uber

Buscando atender a todos os públicos, o Uber criou dois tipos de atendimento:

• UBerX
• UberBlack

Veja como funciona cada um:

UberX

Este modelo visa atender ao publico de classe média, onde sua tarifa pode ser até 35% mais barata do que a modalidade Uberblack. Neste serviço, os clientes serão atendidos por veículos compactos ou sedãs pequenos, com cores diversas.

UberBlack

O Uberblack atende clientes mais exigentes, por isso conta com serviços personalizados e usa veículos sedãs médios na cor preta.

Como ser um Uber

Para ser um colaborador do Uber você só precisa atender alguns requisitos:

• Ter um automóvel revisado, em boas condições e aprovado pelo Uber;
• Ter CNH válida, com a inclusão de exercício de atividade remunerada;
• Possuir os seguros exigidos.

Feito isso, basta acessar o site da empresa e se cadastrar. Após esse cadastro, a central Uber entrará em contato.

Vantagens de ser um Uber

Além de sair mais barato do que um táxi, o Uber tem se tornado uma excelente alternativa para pessoas que buscam uma renda extra nesse momento de crise.

UberBlack

Foto: © Depositphotos

Entre as principais vantagens de ser um Uber podemos citar:

• Não possui horário definido para o trabalho;
• Indicação de clientes pelo aplicativo;
• Não é obrigatório trabalhar com dinheiro.

Não possui horário definido para o trabalho

Basta ligar o aplicativo para que o carro do colaborador fique disponível no app para os usuários. Isso significa que você pode trabalhar em horários livres, fazer turno integral ou meio período, seja qual for seu interesse. Não há metas ou limites para os motoristas de Uber.

Indicação de Clientes

Como os clientes Uber solicitam o veículo exclusivamente pelo aplicativo, o motorista não precisa possuir uma carteira de clientes para iniciar no trabalho. Assim, você já entra no mercado ganhando dinheiro.

Essas indicações pelo aplicativo são automáticas de acordo com a distância que você está do usuário. Porém, os condutores são avaliados ao fim do trajeto, e um motorista com avaliações ruins pode perder o direito de trabalhar como Uber.

Não trabalhar com dinheiro

Em um momento em que o numero de assaltos cresce em nosso país, essa vantagem transmite ao motorista a segurança de ter o dinheiro direto na sua conta, alem de oferecer ao seu cliente a opção de utilizar seu cartão de credito, uma vez que o cliente paga via aplicativo e a empresa repassa ao motorista.

Seguro para veículos Uber

Quando contratamos um seguro , não esperamos utilizá-lo, porém, precisamos estar atentos às exigências das seguradoras e suas condições gerais.

A contratação para veículos Uber deve seguir alguns requisitos, uma vez que se trata de uma prestação de serviços (utilização comercial). Para analisar essas contratações, as seguradoras criaram perfil para que a cobertura seja aceita em caso de sinistro.

Seguro para veículos Uber

Foto: © Depositphotos

Assim, segue as orientações de algumas seguradoras que aceitam Uber:

SulAmérica

Na SulAmérica, o uso do veículo deve ser incluído como lotação e o perfil do condutor deve ser enquadrado como:

• Autônomo;
• Transporte de Pessoas;
• Lotação.

Tókio Marine

A seguradora Tókio Marine aceita o Uber desde que o tipo do veículo conste na apólice como transporte de pessoas pelo aplicativo e o perfil exclusivamente relacionado à atividade da empresa.

Bradesco

Nesta seguradora, a exigência é para que o uso conste como comercial e o perfil de atividade deve ser prestação de serviços.

No mercado existem outras seguradoras que atendem ao Uber, porém deve-se analisar as condições gerais para verificar se na região de atuação esta cobertura será aceita.

Por Wagner Teixeira / Edição: Dona Giraffa

 • Seguro Auto: O Que devemos saber antes de contratar?

Seja o primeiro a comentar em Uber: Transporte por aplicativo

Deixe seu comentário

Publicidade
Curta nossa fan page no Facebook
Publicidade
Publicidade

É um amor pobre aquele que se pode medir. William Shakespeare