Dor abdominal: principais causas

Prevenção de doenças

Cerca de 80% da população mundial já teve problemas com dor abdominal em algum momento da vida. E você certamente reconhece esses sintomas: cólicas, pontadas, dor aguda e constante… A dor abdominal é um sintoma comum para vários problemas, e muitas vezes é o problema em si – mas não ajuda muito saber disso né?

Mão na barriga

Foto: © Can Stock Photo

As possíveis causas da dor abdominal são muitas, já que o abdômen compreende a região que vai do tórax à virilha.

Ou seja, as chamadas dores de barriga e de estômago também entram nesse tipo de dor, que pode ser ainda nas laterais do corpo ou na parte mais superior. Além disso, a dor abdominal ocorre de forma frequente ou esporádica.

Quando é frequente pode ser ainda crônica e quando ocorre de vez em quando pode ser mais forte, o que se denomina aguda. Assim como o quadro de dor abdominal é bastante amplo também são as razões que pode provocar o sintoma.

Para entender melhor quais as possíveis causas da dor abdominal podemos dividi-las conforme o local mais específico do incômodo, se na parte superior ou inferior do abdômen:

Causas da dor na parte superior do abdômen

Dor superior abdomên

Foto: © Can Stock Photo

Angina

Quando a dor afeta a parte superior do abdômen, o sintoma pode ser provocado por problemas como angina, bastante comum, pois se trata da dor no tórax que pode surgir depois que a pessoa faz atividades físicas que a deixem com falta de ar.

Porém, também pode ser um sinal de problema mais grave, como doença arterial coronária.Para o segundo caso, pessoas que fumam, são sedentárias e/ou obesas, possuem pressão alta ou diabetes ou estão com o colesterol e os triglicerídeos altos estão no grupo de risco da doença.

No entanto, se a dor no tórax apareceu após exercícios intensos não é preciso se preocupar, a não ser que o incômodo seja frequente. Nesse caso, é preciso buscar um médico. Arritmias e desmaios também podem causar angina.

Cálculo renal

Outra razão para doer a parte superior do abdômen é o cálculo renal, a popularmente chamada pedras nos rins, pois se trata de um problema causado por pequenos cristais que se acumulam nos rins ou em outro órgão do sistema urinário.

Diferentes substâncias podem se transformar nesses cristais, entre eles, o ácido úrico, cálcio e oxalato, quando estão em excesso no organismo. Pessoas com histórico familiar, com mais de 40 anos, homens, que não bebem muita água e que comem muita proteína, com obesidade, doenças do trato digestivo, hiperparatireoidismo e outras condições são as mais propensas.

Além das dores, outros sintomas são urina diferente do normal, enjoo, vômito, vontade de fazer xixi com mais frequência e com dor e febre.

Hepatite A

A dor também pode ser causada pela hepatite A, que é uma inflamação do fígado causada por vírus. A contaminação ocorre pelo consumo de água e alimentos contaminados com matéria fecal. Nesse caso, a dor é junto ao fígado, sendo que outros sintomas são náusea e vômitos, cansaço, perda de apetite, febre, dor nos músculos, urina escura e pele e olhos amarelados.

Outros problemas associados ao fígado, como Hepatite B, que é uma doença sexualmente transmissível, também causam dor no mesmo local.

Pancreatite

A pancreatite também causa dor, sendo que se trata da inflamação no pâncreas, que está atrás do estômago. Essa glândula digere gorduras e carboidratos e produz a insulina. Assim, pessoas com altos níveis de triglicérides no sangue, que fumam, bebem em excesso e mesmo que usam alguns medicamentos, entre outros fatores, estão no grupo de risco desse problema.

Os sintomas variam conforme o tipo da pancreatite, sendo que a dor pode se alastrar para as costas e/ou pode ser sentida depois de comer.

Outras razões para a dor abdominal na parte superior são a doença do refluxo gastroesofágico, linfoma não-Hodgkin, úlcera péptica, pneumonia, entre outras doenças.

Causas da dor na parte inferior do abdômen

Endometriose Também são muitos os motivos que provocam dor na parte inferior do abdômen. A endometriose é um deles, sendo que ocorre quando o endométrio, mucosa que reveste o interior do útero, cresce em outras partes do corpo, inviabilizando uma gravidez.

Dor na parte inferior do abdômen

Foto: © Can Stock Photo

Embora não se saiba com exatidão porque isso ocorre o quadro é mais comum em algumas mulheres, como as que menstruaram pela primeira vez muito cedo, não têm filhos, que menstruam por mais de sete dias e que tenham anormalidades no sistema reprodutivo.

No baixo abdômen, além de dor pode haver cólicas, bem como dor ao ter relações sexuais e ao ir ao banheiro, sangramentos fora da menstruação e outros sintomas.

Apendicite

Outra causa para a dor na parte superior do abdômen é a apendicite, sendo que se trata de uma inflamação do apêndice que provoca dores fortes no abdômen, que pode começar de modo repentino, inclusive, acima do órgão.

O incômodo costuma se mover para baixo e à direita. O mais comum é que afete pessoas entre os 10 e os 30 anos. Já as causas do problema são obstruções por fezes ou gordura ou mesmo uma infecção gastrointestinal.

Além de dor abdominal o quadro se caracteriza por outros sintomas, como diarreia ou constipação, febre, calafrios, vômitos, enjoo, perda de apetite e tremores.

Diverticulite

A diverticulite também tem entre os seus sintomas a dor no abdômen inferior, do lado esquerdo, sendo que pode ser um incômodo leve. Trata-se de uma inflamação dos divertículos, quistos pequenos e salientes do interior do intestino.

As pessoas mais propensas ao problema são que as com mais 40 anos, que ingerem poucas fibras, exercitam-se pouco, fumam e são obesas.Outros sintomas são inchaço, gases, perda de apetite, febre, calafrios, vômito e enjoo.

Outras razões para a dor no abdômen na parte inferior é cistite, cistos no ovário, salpingite e outras condições.

Outras possíveis causas da dor abdominal

Nem todas as causas das dores no abdômen devem gerar preocupação, pois o sintoma pode indicar também alguns problemas mais simples e de fácil solução, como:

Prisão de ventre;

• Síndrome do intestino irritável;

• Intolerância à lactose;

• Intoxicação alimentar;

• Azia;

Má digestão.

Como em todos os problemas mais complexos, você não poderá identificar uma doença apenas pelo sintoma de dor abdominal, que é muito abrangente. Portanto, se o problema persistir e vier com outros sintomas procure um médico gastroenterologista e faça o acompanhamento clínico.

Por Vivian Fiorio / Edição: Dona Giraffa

• Odor forte na região íntima: cinco possíveis doenças

Publicidade

Deixe seu comentário