Rachadura nos pés: causas e tratamentos

Dentre os problemas que acometem os pés, as rachaduras podem entrar na lista dos que mais incomodam.

Não apenas pelas questões estéticas, mas também pela dor que elas causam ao caminhar ou ter que usar qualquer calçado mais apertado.

Rachadura nos pés

Foto: © Can Stock Photo

A verdade é que os pés são muitas vezes esquecidos e ignorados, quando na verdade merecem tanta atenção quanto qualquer outra parte do corpo.

Mas em se tratando das rachaduras, você sabia que mais do que um problema estético elas também podem indicar que há algo errado com a sua saúde?

Saiba quais são as principais causas desse mal e também quais os melhores tratamentos – caseiros ou não – para resolvê-lo:

Rachadura nos pés: causas e tratamentos

Porque ocorrem as rachaduras nos pés

Apesar de possuírem uma camada de pele mais espessa, o que permite que possamos andar descalços em alguns pisos sem sentir dor, nossos pés podem sim ser vítimas das mais variadas patologias.

Como tratar rachadura nos pés

Foto: © Can Stock Photo

Dentre elas, as rachaduras, que quando não tratadas podem sangrar e causar muita dor.

Para entender porque ocorrem as rachaduras é preciso saber que nossa pele é composta por três camadas, a epiderme, a derme e a hipoderme.

Quando a primeira camada é agredida por algum fator externo ocorre acumulo de queratose, o que leva ao engrossamento da pele dessa região.

A reação é natural e serve como mecanismo de defesa do nosso corpo para proteger as camadas internas da pele. No entanto o engrossamento da região leva ao surgimento das rachaduras.

Principais causas das rachaduras nos pés

Suas causas podem ser bastante variadas, mas dentre elas podemos citar:

• Fatores hereditários;

• Maus hábitos alimentares;

• Deformidade nos pés;

• Doenças vasculares;

• Micoses;

• Atrito com calçados;

• Alterações climáticas;

• Obesidade;

• Problemas hormonais;

• Hábito de andar descalça;

• Lesões causadas por produtos químicos;

• Psoríase;

• Uso frequente de calçados abertos na região do calcanhar;

• Falta de hidratação.

Complicações das rachaduras nos pés

Quem nunca teve rachaduras em um nível mais grave e procurou trata-las logo que surgiram provavelmente não teve que lidar com complicações desse mal.

No entanto essas complicações existem e podem ser bastante incomodas, envolvendo sangramentos, fortes dores causadas pelo fato de se ter atingido os nervos presentes na derme e também a possibilidade de contaminação por bactérias.

Sendo assim, quando não tratadas com atenção as rachaduras podem levar a outras doenças nos pés como a erisipela – uma inflamação infecciosa aguda da pele causada por bactérias.

Onde surgem as rachaduras nos pés

Algumas regiões dos pés têm maiores tendências a sofrer com as rachaduras, pois estão em constante atrito com os sapatos devido a nossa forma de caminhar.

Dentre elas podemos citar os calcanhares, dedões e região dos joanetes.

Dedo dos pés

Foto: © Can Stock Photo

Vale comentar que as lesões nessas regiões podem ser tanto superficiais quanto mais profundas, sendo que no último caso geram sangramento e dor já que o endurecimento da pele faz com que ela perca a elasticidade e se abra.

Tratamentos para as fissuras nos pés

Existem vários tratamentos para as rachaduras, desde opções mais simples como hidratar a região como situações mais complexas em que é necessária uma visita ao dermatologista.

Confira abaixo as opções de tratamento mais comuns:

• Lixe o excesso de pele

A região atingida pelas rachaduras normalmente conta com um excesso de pele, pois como se tornou espessa passou a acumular não apenas pele nova como pedaços de pele morta.

Pés com rachaduras

Foto: © Can Stock Photo

Quando perceber o surgimento dessas regiões e até mesmo das rachaduras experimente lixar a região até que perceba o aparecimento de uma pele rosada e macia.

Vale lembrar que essa dica só é útil no caso das fissuras superficiais que incomodam mais pela questão estética do que por dor ou sangramento.

Utilizar a lixa molhada em água morna também ajuda a se livrar da pele morta.

• Aplique óleo vegetal

As receitas caseiras também podem ser muito úteis para resolver as fissuras nos pés. Esteja você com rachaduras mais profundas ou até mesmo apenas com a região ressecada, experimente aplicar óleo vegetal na região.

Dessa forma você ameniza e até mesmo previne o surgimento de novas rachaduras. Os óleos que podem ser utilizados são os de oliva, sésamo ou coco.

• Hidrate seus pés

Após lixar o excesso de pele é interessante hidratar a região para mantê-la sempre macia e livre de novas rachaduras.

Caso seu pé esteja lidando apenas com rachaduras muito leves – conhecido como ressecamento – você pode simplesmente passar um creme hidratante específico para a região para resolver o problema.

Passar creme

Foto: © Can Stock Photo

A verdade é que costumamos lembrar de hidratar outras partes do nosso corpo, mas acabamos ignorando os pés, que também precisando receber esse tratamento para evitar o surgimento das rachaduras.

Inclusive é preciso hidratar os pés várias vezes ao dia. Dê preferência por hidratantes que contenham ureia, ácido salicílico ou ácido lático em sua composição.

• Vista meias de algodão ou enrole os pés em plástico filme após a hidratação

Se as rachaduras já apareceram e estão além de um simples ressecamento, você pode potencializar ainda mais o poder do seu creme hidratante para os pés.

Sendo assim, após passar o creme vista meias de algodão ou enrole a região com plástico filme, aquele mesmo utilizado para embalar alimentos ou cobrir tatuagens.

• Utilize cera de parafina

Esse tratamento caseiro é indicado para quem já está lidando com as dores causadas pelas fissuras nos pés.

Ela causará um rápido alivio e também ajudará na cura das rachaduras.

Misture um pouco de parafina com óleo de coco e aqueça até que a cera derreta corretamente. Espere esfriar até a temperatura ambiente e então aplique sobre os pés.

Por Vivian Fiorio / Edição: Dona Giraffa

 • Como eliminar o inchaço nas pernas e pés

Loading...
Seja o primeiro a comentar em Rachadura nos pés: causas e tratamentos

Deixe seu comentário

Publicidade
Curta nossa fan page no Facebook
Publicidade
Publicidade

Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção. Antoine de Saint-Exupéry