9 passos para não engordar muito na gravidez

A gravidez é uma época cheia de mudanças na vida da mulher. Além dos preparativos para a chegada do bebê, o corpo também passa por várias modificações: O cabelo fica mais bonito, a pele pode ficar oleosa ou com manchas… Isso sem contar o aumento de peso, a situação mais preocupante para as futuras mamães.

Ganho de peso na gravidez

Foto: © Can Stock Photo

Segundo os médicos, o ideal é que o ganho de peso total ao final da gravidez – para uma mulher que se encontra dentro do peso ideal – fique entre 11kg e 15kg. Vale inclusive comentar que a famosa ideia de que você precisa comer por dois é um mito e é essencial mantar uma dieta saudável durante a gestação.

Afinal, caso a mãe aumente muito seu peso, existe as chances de sofrer com a obesidade e a dificuldade para emagrecer após o nascimento do bebê. Então, se você está para ser mamãe dentro dos próximos meses, confira nossas dicas para não engordar muito durante a gravidez:

1. Se alimente de três em três horas

Permita que seu corpo libere energia aos poucos e não acumule reservas de energia, para isso procure se alimentar a cada três horas durante o dia.

Tenha em sua bolsa uma fruta, um iogurte ou até mesmo uma barrinha de cereais. Dessa forma sempre terá algo para comer entre os intervalos das refeições.

A ideia é fazer mais refeições ao longo do dia optando por porções menores. Ficar muito tempo sem comer faz com que você pense estar com mais fome do que realmente está e portanto comer mais do que precisa.

2. Prefira os alimentos mais saudáveis

Mude seus hábitos alimentares. Prefira os alimentos naturais e evite os doces. Frutas e alimentos com fibras são muito bem-vindos nas suas refeições, principalmente para ajudar no bom funcionamento do intestino.

Frutas

Foto: © Can Stock Photo

Evite também aqueles alimentos muito condimentados, pois contribuem para aumentar os enjoos.

Os alimentos saudáveis ajudam também a aumentar a sensação de saciedade, fazendo com que você não coma mais do que é necessário para dar energia ao seu organismo.

3. Diminua o consumo de sal

O sal contribui para uma maior retenção de líquidos pelo corpo e consequentemente para o inchaço e aumento de peso.

Azeite de oliva

Foto: © Can Stock Photo

Para evitar isso diminua o consumo de sal e aumente a ingestão de líquidos ao longo de seu dia. Caso não dispense as saladas temperadas substitua o sal por azeite de oliva, para dar um gostinho diferente e ao mesmo tempo se manter saudável.

4. Não tenha pressa durante as refeições

Por mais corrido que seja seu dia, se permita relaxar a desfrutar das refeições com calma. Principalmente o café-da-manhã, o almoço e a janta.

Mastigue devagar e evite qualquer distração que possa deixá-la ansiosa, como discutir assuntos sérios enquanto se alimenta ou deixar a TV ligada.

Unir essa dica com se alimentar mais vezes ao longo do dia e optar por porções menores também ajudam você a comer mais devagar.

Vale lembrar que a digestão começa pela boca, então nada de pressa durante as refeições!

5. Pratique alguma atividade física

Gravidez não é sinônimo de preguiça ou doença. Isso significa que você pode sim praticar atividades físicas durante a gestação.

Nos primeiros meses atividades como a musculação leve são permitidas. Depois é possível incluir caminhadas, hidroginástica e ioga, quando a barriguinha já estiver aparecendo.

Grávida exercício

Foto: © Can Stock Photo

O importante é que você não fique parada e procure se exercitar até o período mais próximo do nascimento do bebê.
Ficar parada apenas se a gravidez é de risco ou quando há recomendação médica para repouso absoluto!

6. Evite frituras e alimentos empanados

As frituras e empanados são ricos em gorduras. Se você deseja evitar engordar muito durante a gestação o ideal é evitar esses alimentos durante os nove meses.

Ao invés de frito opte por grelhado ou cozido, inclusive quando estiver com vontade de comer bife ou batatas fritas (que na verdade serão grelhadas).

7. Cuidado com as gorduras e o açúcar

Você não pode – e nem deve – cortar totalmente o consumo de gorduras e açúcares durante os nove meses, mas ainda assim deve evitar os abusos e escolher opções mais saudáveis.

Substitua o óleo de soja pelo azeite de oliva ou pelos óleos de girassol ou canola ao preparar alguma receita.

Já em relação ao açúcar reduza o consumo. Não substitua o açúcar pelo adoçante, mas sim por versões mais saudáveis como o açúcar mascavo, demerara ou até mesmo pelo mel – quando for adoçar um chá, um iogurte natural ou comer com alguma fruta, por exemplo.

Diminuir a quantidade de alimentos açucarados também ajuda na redução de seu consumo.

8. Tenha acompanhamento médico

O ginecologista irá lhe dar algumas dicas para manter o peso ideal, ainda assim o melhor é procurar também por um nutricionista.

Consulta médica

Foto: © Can Stock Photo

Nada de fazer dietas malucas sozinha, o médico saberá exatamente quais alimentos você precisa consumir e quais devem ser cortados durante a gestação.

Então não fuja das consultas e tire todas as suas dúvidas relacionadas ao ganho de peso tanto com o ginecologista quando com o nutricionista.

9. Cuidado com os níveis de ansiedade

A ansiedade também pode contribuir para engordar durante a gravidez, principalmente se você já é uma pessoa naturalmente ansiosa ou está abandonando hábitos como fumar…

Parar de fumar

Foto: © Can Stock Photo

Não desconte na comida e procure relaxar e distrair a mente, aí a importância de se fazer alguma atividade física nesses nove meses.

Caso sinta que a ansiedade está difícil de controlar sozinha vale inclusive procurar ajudar profissional e fazer terapia.

Por Vivian Fiorio / Edição: Dona Giraffa

• Engordei muito na gravidez. E agora?

Loading...
Seja o primeiro a comentar em 9 passos para não engordar muito na gravidez

Deixe seu comentário