6 motivos para não ter um relacionamento aberto

Relacionamento é coisa séria. Isso é algo que todos deviam ter em mente antes de decidir se envolver com outra pessoa, seja para algo momentâneo como uma ficada ou amizade colorida ou até mesmo para relacionamentos sérios.

Afinal, existem pessoas que querem ter alguém ao seu lado, mas não querem abrir mão da vida de solteiro. Aí acabam ouvindo falar do relacionamento aberto e pensam em investir nessa opção, sem nem imaginar que assim como um namoro normal, essa forma de se relacionar também tem seu lado ruim e seus problemas.

Namoro aberto

Foto: © Can Stock Photo

Experimentar algo diferente, ser mais moderno e até mesmo investir numa relação mais livre são alguns dos motivos que levam as pessoas a experimentarem relacionamentos abertos. Mas será mesmo que você saber lidar com as responsabilidades desse tipo de envolvimento?

A seguir entenda melhor como funciona o relacionamento aberto, conheça o conceito e descubra se você está pronto para um relacionamento sério.

Relacionamento aberto x relacionamento sério

Será que você sabe o que é o verdadeiro conceito de um relacionamento aberto? Ou acredita que se trata apenas de um “obaoba” em que ninguém é de ninguém?

• Um relacionamento sério ou “normal” é aquele em que duas pessoas estão envolvidas e se comprometem a não se relacionar com terceiros no sentido amoroso. Qualquer coisa desse tipo é vista como traição, então podemos dizer que a fidelidade é um dos grandes pilares do relacionamento sério.

Namoro sério

Foto: © Can Stock Photo

• Já no relacionamento aberto, um casal se envolve e está junto, mas ainda assim se permitem ficar com outras pessoas – seja apenas beijar na boca ou até mesmo fazer sexo. Sendo que isso não é visto como traição e normalmente existem algumas regras para que as coisas funcionem.

Então, sair por aí beijando várias pessoas ou fazendo sexo sem compromisso, sem dar a mínima para seu parceiro ainda é um comportamento errado, ou no mínimo adotado por alguém que está definitivamente solteiro.

6 motivos para não ter um relacionamento aberto:

Agora que você já sabe a principal diferença entre um relacionamento normal e um aberto – e viu que relacionamento aberto não é sinônimo de libertinagem – vamos lhe mostrar seis motivos para não se envolver nesse tipo de relação:

1. Ciúmes e insegurança

Os ciúmes existem em qualquer relacionamento. Basta aparecer alguma coisa que cause certa insegurança e logo você se sente com ciúmes do parceiro.

Insegurança no relacionamento aberto

Foto: © Can Stock Photo

Num relacionamento aberto você terá que se acostumar a ver seu amado com outras mulheres – ou ao menos saber que ele está com outra pessoa – e não poderá fazer ceninhas de ciúme, afinal vocês concordaram com isso.

Basicamente você terá que se desapegar e entender que seu parceiro não está apenas com você, mas com todo mundo.

E não tem nada mais chato que ficar com ciúmes. Já imaginou não conseguir se divertir em uma saída a dois porque seu namorado conseguiu outra pessoa para ficar e você não?!

Então as chances de você ficar insegura com esse tipo de relacionamento são ainda maiores do que em um namoro comum.

2. Problemas diferentes de um relacionamento convencional

No começo de qualquer relacionamento tudo parece perfeito. Isso porque tanto você quanto seu amor estão apaixonados e, portanto, estão ignorando a maioria das pequenas coisas que incomodam.

Depois que passar essa fase é provável que os problemas comecem a surgir e eles serão bem mais específicos e diferentes de um namoro convencional.

Problemas no relacionamento aberto

Foto: © Can Stock Photo

Você talvez comece a fazer cobranças por sentir que ele dá mais atenção as outras ficantes ou até mesmo pode ser cobrada pelo mesmo motivo.

E quanto mais específicos forem os problemas, maiores são as chances de vocês brigarem por coisas bobas.

3. Brigas vão existir

Diferente do que muitos acreditam, estar em um relacionamento aberto não é sinônimo de viver uma relação sem brigas.

Elas vão aparecer e provavelmente será porque ou você ou seu parceiro não curtiram determinada pessoa que um dos dois ficou.

Brigas namoro

Foto: © Can Stock Photo

Aí a discussão envolverá muito “Como você pode fazer isso?!” e “Você sabe que não estamos num relacionamento sério!”

Sem contar que quando o desentendimento acontecer por algo bobo, um dos dois pode acabar jogando aquele “veneno” com frases como “Se sou tão ruim assim então porque você não fica com a fulaninha daquele dia?!”

4. Definir limites é mais complicado

Se em uma relação comum já é difícil definir quais são os limites, o que você aceita ou não da parte de seu amor, em uma relação aberta as coisas se tornam mais complicadas.

Casal traição

Foto: © Can Stock Photo

Você não aceita traição, mas precisará entender que seu namorado ficar com outras garotas sob seu consentimento não é traição, mas sim parte do relacionamento aberto.

Tudo precisa ser bem definido, de forma bastante específica e ao mesmo tempo é preciso ter cuidado para não determinar regras que fariam parte de um relacionamento tradicional.

5. Pode prejudicar sua autoestima

Relacionamento aberto envolve desapego, se permitir viver novas experiências e dar essa oportunidade ao parceiro.

No entanto, quem não consegue se desapegar com facilidade pode acabar prejudicando a autoestima.

Mulher na cama

Foto: © Can Stock Photo

Pois apesar de você dizer que está tudo bem, enquanto seu amado está com outra fica se revirando na cama e se culpando por ter permitido isso.

Assim, o que era para ser algo bom para os dois acaba se tornando doloroso e difícil para você. Muitas vezes sendo até motivo para lágrimas.

6. Riscos de perder o parceiro

É simples, ele está a se envolver e conhecer outras mulheres. Por mais que vocês tenham acordado que com outros parceiros é apenas sexo e envolvimento físico, ele pode acabar se apaixonando por outra.

Ou até mesmo você pode acabar se interessando por outra pessoa e o relacionamento pode terminar.

Relacionamento aberto

Foto: © Can Stock Photo

Além de que, por vocês estarem saindo com outras pessoas, há o risco do relacionamento principal esfriar. Aí, se ele se apaixonar por outra se sentirá livre para desistir de você.

Quem opta por um relacionamento aberto precisa ter certeza absoluta que está em uma relação forte e inabalável – algo que se constrói ao longo do tempo.

Por Vivian Fiorio / Edição: Dona Giraffa

• Seis sinais que indicam que é hora de partir para outra relação

Seja o primeiro a comentar em 6 motivos para não ter um relacionamento aberto

Deixe seu comentário

Publicidade
Curta nossa fan page no Facebook
Publicidade
Loading...
Publicidade

Como fica forte uma pessoa quando está segura de ser amada! Sigmund Freud