Tenho 20 anos e sou virgem: devo me guardar para o casamento?

Não faz muito tempo que a virgindade era considerada um troféu para as mulheres. Os homens buscavam mulheres virgens para casar, enquanto que aquelas que tiveram outros parceiros sexuais eram consideradas “fáceis” ou indignas para formar uma família.

Mesmo nos tempos modernos, muitas meninas ainda crescem com a ideia de que a virgindade é algo de extrema importância, principalmente aquelas que nascem em famílias mais rígidas e religiosas. No entanto, os tempos mudaram e a sociedade se encaminha cada vez mais para uma era de liberdade sexual.

Mulher casando virgem

Foto: © Can Stock Photo

Se você chegou aos 20 anos sem nenhuma experiência sexual, é natural que se pergunte se deve guardar ou não a virgindade para o casamento. A resposta para esta pergunta está nos próprios princípios e, a decisão que você tomar pode afetar muito a sua vida adulta.

De fato, o que leva algumas meninas a proteger a virgindade é apenas a sensação de que nenhum homem que se aproxima vale uma relação mais profunda. Ainda há muitos homens que são capazes de fazer juras de amor e conquistar mulheres apenas para ter uma noite de sexo.

Para encontrar a resposta certa, é necessário fazer algumas reflexões sobre o assunto, considerando os próprios princípios e também o que isto tudo significa. Porém, se você sonha com mais liberdade sexual para as mulheres, é preciso ter em mente que se guardar para um homem em especial só ajuda a fortalecer o machismo na sociedade.

Experiência sexual

Mulheres que crescem em famílias com rigidez sexual podem acabar prejudicadas neste aspecto da vida. O sexo é algo fundamental para o ser humano e tão importante quanto comer, dormir ou fazer as necessidades fisiológicas. Se você mantém um pensamento antigo, provavelmente não consegue aceitar o sexo com naturalidade.

O maior prejuízo de proteger a virgindade é que a decisão impede que a mulher tenha alguma experiência sexual. Em muitos casos, a mulher se casa, mas não consegue se soltar durante a relação sexual, o que faz com que a transa seja algo prazeroso apenas para o homem.

Desejo Feminino

Foto: © Can Stock Photo

Para ter uma vida sexual plena e feliz, é preciso abrir mão de todos os preconceitos e permitir sentir o prazer da maneira correta. Lembre-se de que o homem precisa dar tanto prazer a você quanto recebe e que a relação não é completa se apenas ele se diverte enquanto você fica nervosa do inicio ao fim.

Se você tem medo de engravidar ou acabar abandonada mais tarde, lembre-se de que este problema pode ser facilmente evitado. Use sempre camisinha e se recuse a fazer sexo se o parceiro não quiser usar o preservativo.

• Como saber se ele só quer transar com você?

Você não precisa perder a virgindade depois de casada, mas também não precisa escolher qualquer um para passar a primeira noite. Se você fizer sexo com uma pessoa que gosta e considera especial, saiba que não irá se arrepender mesmo que a relação termine mais tarde.

Liberdade feminina

Nos tempos atuais, a discussão entre os direitos de homens e mulheres está cada vez mais forte. O feminismo, que para algumas pessoas ainda parece um movimento rebelde, é na verdade uma forma de tentar mudar a sociedade por completo e fazer com que as mulheres sejam respeitadas acima de qualquer coisa.

Se você pensar bem, não é e nunca foi justo o fato dos homens poderem ter diversas parceiras sexuais enquanto que as mulheres devem se retrair. Os meninos crescem ouvindo falar de mulheres e que devem adquirir experiência sexual para provar a virilidade.

Casar virgem

Foto: © Can Stock Photo

Já muitas meninas crescem com a sensação de estarem sendo protegidas e são desde pequenas acostumadas com ideias machistas, de que devem se guardar para alguém ou apenas evitar relações sexuais sem compromisso. Para sexólogos, o prejuízo que esses conceitos causam na vida sexual das mulheres é grande.

A dificuldade de relaxar na hora do sexo, a dor da penetração e a falta de prazer faz com que muitas procurem ajuda profissional. Na maioria dos casos, o problema está relacionado a velhos conceitos ainda presos na mente e que impedem que as mulheres se sintam no direito de sentir prazer.

Reveja os seus conceitos

Proteger a virgindade pode parecer importante para você provavelmente por que você cresceu com alguém que defendia este conceito. Se você está pensando em se guardar para o casamento, pense se este princípio realmente deve ser mantido na sua vida e se é justo que você abra mão da liberdade sexual na qual os homens têm direito desde a adolescência.

Noiva

Foto: © Can Stock Photo

Para encontrar a resposta certa, veja abaixo algumas perguntas que você deve fazer a si mesma antes de tomar uma decisão. Pense também se vale a pena continuar sem nenhuma experiência sexual até o casamento e se isso irá ou não prejudicar a sua vida sexual no futuro:

1. Por que estou me guardando? Que tipo de pensamento me influenciou a não perder a virgindade?

2. Tenho medo de fazer sexo? Do que exatamente eu tenho medo?

3. Quero que uma sociedade que protege apenas a liberdade sexual masculina continue dominando?

4. Que tipo de prejuízo eu poderei ter se não me guardar até o casamento?

5. Que tipo de prejuízo eu sofro hoje por ser virgem? Quais são as vantagens desta decisão?

6. Devo seguir conceitos antigos que aprendi ou devo refletir para formar os meus próprios conceitos sobre sexualidade?

Talvez a resposta não surja imediatamente, mas essas perguntas farão você refletir sobre o porquê de estar mantendo a virgindade e quais são os méritos e deméritos deste ato. Lembre-se de que você não precisa se condenar e, independente do que decidir, é importante aceitar que o sexo é algo natural que irá fazer parte da sua vida de forma plena algum dia.

Seja coerente com o que você acredita, peça conselhos de amigas que pode confiar e tome a decisão sem arrependimentos. Não se esqueça de que você tem o direito de ser feliz como achar melhor, independentemente do que as pessoas irão pensar dos seus atos.

Por Ana Paula Bretschneider / Edição: Dona Giraffa

1 Comentário em Tenho 20 anos e sou virgem: devo me guardar para o casamento?
  • Gisele disse:

    Gente que bobeira, cada um faz o que quer da vida.

  • Deixe seu comentário

    Publicidade
    Curta nossa fan page no Facebook
    Publicidade
    Loading...
    Publicidade

    O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete. Aristóteles