21 dicas de economia doméstica

Em um país com inflação crescente, cada vez mais aumenta a procura por assuntos relacionados a Economia Doméstica. Mas o que seria este tema?

A Economia Doméstica trata de questões relacionadas ao ganho em qualidade de vida familiar, mas esse processo envolve também a sociedade e o meio ambiente.

Economia financeira

Foto: © Can Stock Photo

Para exemplificar ainda mais o assunto, quando uma família se preocupa em economizar dinheiro na conta de energia elétrica, na realidade ela estará não só economizando no valor da conta, mas a sociedade agradece, pois os riscos de novos apagões serão um pouco menores, se todos agirem desta forma.

Então, determinadas atitudes podem ser benéficas para todos: as famílias, sociedades e o meio ambiente.
Por isso, aprender as principais dicas de economia doméstica para economizar no dia a dia pode resultar em uma economia no final do mês de no mínimo 20% dos seus gastos mensais. O que você acha de começar a colocar todos as dicas a seguir em prática o quanto antes?

Economia em Energia Elétrica

O Brasil é um dos principais países no mundo em que a geração de energia elétrica é limpa por meio de hidrelétricas.

Hoje mais de 70% da geração de energia elétrica é realizada por estas hidrelétricas.

Energia elétrica

Foto: Pixabay

Porém o grande problema que enfrentamos é a total dependência dessa base energética, pois em caso de excesso de demanda de energia pela população, fato que vem ocorrendo nos últimos anos, o governo conta com a geração de energia por meio das termelétricas.

A desvantagem do uso de termelétricas é que o custo da energia gerada é mais alto e polui mais que no caso das termelétricas.

Por isso, cada família economizando energia poderá diminuir o valor da conta e colaborar para evitar a série de possíveis apagões no próximo verão.

Mas quais as medidas para a economia de energia elétrica?

1. Chuveiro Elétrico. Opte por banhos menos demorados e lembre-se de nos dias de mais calor, de mudar para modo verão.

2. Viagem. Em viagem de vários dias, lembre-se de desligar os aparelhos que ficam em standby, pois isso poderá significar uma economia de 15% no final do mês em consumo de energia elétrica.

3. Máquina de Lavar Roupas, Lavar Louças e Ferro de Passar. A regra é deixar acumular o máximo de peças que puder, a fim de evitar ligar e desligar os aparelhos várias vezes sem necessidade.

Máquina de lavar roupas

Foto: © Can Stock Photo

4. Compra de Aparelhos Elétricos. Nem sempre o melhor aparelho é aquele mais barato. Por isso, verifique sempre o consumo do aparelho, pois no final do mês a conta poderá sair mais elevada se comprar o aparelho que consuma mais.

5. Televisão e Computador. Use o timer para que estes aparelhos sejam desligados caso durma ou se afaste por um período maior de tempo. No caso do computador é recomendável que a tela entre em modo de descanso para afastamento maior que 15 minutos.

6. Geladeira. Organize sua geladeira de forma que os itens fiquem fáceis de pegar e não precise deixa-la aberta por muito tempo.

Economia no uso de Água

Existem várias dicas para economia no uso da água e algumas são essenciais para diminuir o seu consumo mensal, como:

Água

Foto: Pixabay

7. Ao escovar os dentes. Estima-se que 5 minutos com a torneira aberta ao escovar os dentes, gasta-se em torno de 15 litros de água. Então a regra é escove os dentes com a torneira fechada e somente abra ao terminar.

8. Banho. Um banho de 15 minutos pode gastar em torno de 137 litros de água. Segundo a ONU a recomendação do limite diário máximo (incluindo escovar os dentes, lavar as mãos, banho, etc.) é de 110 litros. Percebeu como gastamos água?

9. Calçadas. Infelizmente ainda vemos pessoas lavando calçadas com a mangueira ao invés de simplesmente varrer. Lembre-se que em caso de precisar limpar a calçada com água, use balde, pois a economia será bem maior e ainda estará preservando mais o meio ambiente.

10. Jardim. Use regador ao invés de mangueira. Outra dica é que regue as plantas em horários menos quentes (de manhã bem cedo ou no final do dia) pois além de preservar sua plantinha, estará evitando a evaporação em média de 30% de água que ocorre nos horários mais quentes.

Molhando planta

Foto: © Can Stock Photo

11. Lavar carros. Use baldes para lavar os carros ao invés do uso da mangueira.

12. Vazamentos. Pelo menos 1 vez por mês verifique se há vazamentos de água e isso poderá ser controlado ao verificar o medidor de água.

13. Coleta de Água. Existem coletores de água que acumulam até 200 litros de água e é uma excelente opção para acumular água das chuvas.

14. Descarga. Verifique se há excesso de água sendo desperdiçada na privada.

15. Torneira. Uma torneira mal fechada com gotejamento a cada 5 segundo pode gerar um desperdício de 20 litros de água por dia. Por isso, certifique-se que sempre esteja corretamente fechada.

16. Piscina. A piscina deve ser fechada, pois assim evitará a evaporação de uns 35% de água.

Economia no Supermercado

Há diversas dicas de economia para o supermercado, mas se conseguir realizar estas dicas já conseguirá realizar uma excelente economia mensal.

17. Elabore um cardápio. Pode parecer um pouco entediante este nível de organização, mas é fundamental! Pois ao se planejar no cardápio da semana, você estará elaborando uma lista de compras com somente os itens que estará precisando comprar.

18. Lista de Compras. Organize a lista de compras com somente os itens que irá precisar. Lembre-se que no último dia do mês e nos primeiros dias do mês seguinte, os preços são mais caros, pois são os dias que as pessoas recebem seus salários e, por isso, compre somente o necessário neste período. É comum a partir da segunda quinzena que os supermercados realizem promoções e, por isso, este é o período ideal para realizar compras de quantidade de itens que não sejam perecíveis.

Mulher fazendo compras no mercado

Foto: © Can Stock Photo

19. Evite levar crianças. O ideal é evitar de levar as crianças, pois os baixinhos costumam pedir tudo o que aparece na frente e as estratégias de marketing são bem convidativas para isso, por isso, tente não levar as crianças. Caso não tenha jeito, comece a ensinar sobre educação financeira para eles desde pequenos e tenha pulso firme se tiver que dizer não para eles.

20. Pesquise outras marcas. Pesquise sempre os preços, pois há muitas marcas boas e mais baratas. A estratégia de marketing normalmente é induzir você a comprar as marcas mais populares, mas há outras marcas menos populares e igualmente eficazes e, por isso, realize uma boa pesquisa de preços.

21. Evite ir com fome ou com horário marcado. Ir ao supermercado com fome poderá ser uma cilada, pois acabará trazendo mais itens que o normal. Ir com o horário marcado, certamente irá atrapalhar na pesquisa de preços e poderá trazer os itens mais caros.

Se conseguir realizar todas estas dicas certamente realizará uma boa economia familiar. Se você gostou, compartilhe com seus amigos.

Por Cristiane Gouget / Edição: Dona Giraffa

Sobre a autora: Cristiane Gouget é formada em Economia pela UFF, pós-graduada em Gestão Fiscal e Tributária pela Unesa e Mestranda em Economia Empresarial pela UCAM. Estuda o assunto Finanças Pessoais há mais de 10 anos e é fascinada também por temas relacionados ao Empreendedorismo. É também fundadora do Blog: Guarde Dinheiro.

1 Comentário em 21 dicas de economia doméstica
  • teresa ramos disse:

    As dicas são ótimas,pena não poder imprimí-las para afixa-las em local visível para toda família. Obrigada

  • Deixe seu comentário

    Publicidade
    Curta nossa fan page no Facebook
    Publicidade
    Loading...
    Publicidade

    O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete. Aristóteles