Esqueci de tomar a pílula do dia seguinte. O que fazer?

Um método emergencial, a pílula do dia seguinte é vista para muitas mulheres como uma última esperança de evitar uma gravidez indesejada. Quando a camisinha estoura ou acontece algo na relação que faz com que a mulher pense que as chances de engravidar são altas, a pílula acaba sendo utilizada como um recurso importante para evitar que a fecundação ocorra.

Mulher tomando pílula

Foto: © Depositphotos

No entanto, nem todas decidem tomar a pílula e, em alguns casos, a possibilidade de não engravidar também faz com que as mulheres esqueçam o assunto e deixem a medicação de lado. É muito difícil ter certeza se a pílula é realmente necessária em uma situação específica, já que há casos em que a fecundação está longe de ocorrer e mesmo assim a mulher ingere a pílula por preocupação.

Se, por alguma razão, você desistiu de tomar o remédio e a preocupação com uma possível gravidez se tornou mais forte nos últimos dias, é natural que bata um desespero e a dúvida se há outra alternativa para evitar a gestação. No entanto, infelizmente, não há como evitar a gravidez caso a fecundação já tenha ocorrido.

Para passar por isso de forma mais tranquila, veja algumas dicas sobre o que é melhor fazer:

1. Desista de tomar a pílula

A pílula do dia seguinte só faz efeito nas primeiras 72h depois da relação, sendo que quanto mais a mulher demorar para ingerir, maiores serão as chances da medicação não conseguir impedir a fecundação. Se já passou mais de 72h da relação, tire da cabeça a possibilidade de tomar a pílula agora.

Se você tomar a pílula, além de não fazer o efeito desejado, poderá causar ainda outros problemas no seu organismo. (Saiba como tomar a pílula do dia seguinte). A pílula do dia seguinte não é uma medicação saudável e o seu uso traz consequências negativas. As mulheres mais sensíveis à carga hormonal da medicação podem sentir mal-estar, enjoos, diarreia e dores de cabeça. Além disso, o remédio desregula o ciclo menstrual e fica impossível saber quando será o próximo período fértil.

2. Não sofra antecipadamente

Quando a mulher não deseja ter filhos no momento, a possibilidade de estar grávida causa estresse, pânico e obsessão por este assunto. Quanto mais você tenta adivinhar qual a porcentagem de chances de estar grávida, mais preocupada e emocionalmente instável você irá ficar.

Menstruação atrasada

Foto: © Depositphotos

Sofrer antecipadamente não causa nada de positivo para você e pode fazer com que você se preocupe à toa com uma gravidez inexistente. Por hora, o melhor é esquecer o assunto e esperar para ver se aparece sintomas daqui algumas semanas. No entanto, é bom tirar alguma lição desta história e se preocupar com os métodos contraceptivos nas próximas relações.

3. Fique calma

É difícil manter a calma diante da possibilidade de uma gravidez indesejada, principalmente se você não tiver um parceiro estável ou uma condição econômica favorável para criar um filho no momento. No entanto, a preocupação só irá gerar problemas para você, o que com certeza é algo dispensável.

Além disso, o estresse causado pela preocupação pode fazer com que você enfrente uma gravidez psicológica. Mesmo que não haja um feto na barriga, a crença de estar grávida faz com que muitas mulheres desenvolvam sintomas reais, como enjoos matinais, mamilos escurecidos e até mesmo um suposto crescimento precoce da barriga.

leia também

Pílula do dia seguinte: perguntas e respostas
Menstruação atrasada: 7, 10, 20 dias de atraso. Posso estar grávida?

Possibilidade de gravidez

Somente no período da próxima menstruação você poderá ter uma ideia da possibilidade real de gravidez. No entanto, lembre-se que estresse provoca atraso menstrual e, se você não relaxar até lá, é possível que a instabilidade emocional atrase a sua menstruação e convença você de que realmente está grávida sem estar. Por isso, fique calma e verifique as possibilidades no momento certo:

Sintomas de gravidez

Foto: © Depositphotos

Atraso menstrual: atenção ao atraso e também a alguns sintomas. Se houver um sangramento rápido e escuro pode ser sinal de gravidez.

Mal humor frequente: sintoma de início de gravidez, verifique se anda mais sensível nos últimos dias.

Observe os seus seios: os mamilos escurecem e este sintoma é fácil de ser percebido.

Sintomas típicos: enjoos, vômitos, mal-estar e fadiga podem indicar uma gravidez.

Teste de farmácia e de sangue (Beta HCG): na dúvida, opte primeiro por um teste de farmácia. Se der positivo, faça um exame de sangue Beta HCG para confirmar, mesmo que o exame de farmácia tenha uma probabilidade alta de acerto.

Atenção à pílula do dia seguinte

Se você esqueceu de tomar a pílula do dia seguinte ou desistiu por alguma outra razão, provavelmente aconteceu algo durante a relação que fez você desconfiar da possibilidade de uma gravidez. Seja um acidente ou uma relação desprotegida devido ao clima do momento, é preciso ficar atenta ao uso da pílula e a segurança das relações sexuais.

Pílula do dia seguinte

Foto: © Depositphotos

A pílula do dia seguinte não pode funcionar como um método contraceptivo e muito menos substituir a camisinha ou o anticoncepcional diário. Por mais que pareça mais “fácil” tomar a pílula horas depois e aproveitar a noite sem preocupações, não faça isto de maneira nenhuma. (DST’s: como evitar 7 doenças sexualmente transmissíveis)

Quanto mais esta pílula for evitada, melhor será para a sua saúde. O uso frequente desta medicação pode causar uma série de problemas no organismo e até mesmo infertilidade em alguns casos, além de ter o efeito reduzido se o uso for muito frequente. Tenha a pílula como um método emergencial para último caso, que normalmente é escolhido quando a camisinha estoura durante a relação e não há outro modo de resolver o problema.

Por Ana Paula Bretschneider / Redação: Dona Giraffa

Primeiros sintomas de gravidez: Conheça 18 sinais que você pode estar grávida

Loading...
Seja o primeiro a comentar em Esqueci de tomar a pílula do dia seguinte. O que fazer?

Deixe seu comentário

Publicidade
Curta nossa fan page no Facebook
Publicidade
Publicidade

Só existe uma lei no amor; tornar feliz a quem se ama. Stendhal