A pílula anticoncepcional pode não funcionar. Entenda os motivos:

Embora as pílulas anticoncepcionais tenham mais de 95% de eficácia, alguns erros no consumo e outros fatores externos podem cortar facilmente o efeito do anticoncepcional. Há muitos casos de mulheres que engravidam mesmo tomando a pílula, e muitos deles são causados por descuido e falta de atenção suficiente com o remédio.

Cartela de Anticoncepcional

Foto: © Depositphotos

A pílula anticoncepcional é uma medicação eficiente e que foi responsável pela maior liberação feminina nas últimas décadas. O desenvolvimento da pílula permitiu que muitas mulheres tivessem maior controle sobre a própria vida sexual e, por isso, não é à toa que hoje em dia milhões de mulheres sejam usuárias dos comprimidos.

No entanto, é sempre importante ter um pouco de conhecimento com relação a medicação para evitar erros durante o uso. No geral, o próprio ginecologista faz todas as orientações após receitar a pílula para a paciente, o que ajuda a manter-se informada dos riscos. Porém, quando isso não ocorre, é indispensável buscar por informações suficientes para impedir que o corte temporário no efeito do remédio cause uma gravidez indesejada.

Principais motivos:

1. Esquecimentos frequentes

As mulheres que tomam anticoncepcional sabem que não é fácil se lembrar de ingerir a pílula todos os dias no mesmo horário. Atrasos ocasionais e quando não passam de um período de 12 horas não costumam cortar o efeito do anticoncepcional.

Anticoncepcional

Foto: © Depositphotos

No entanto, atrasos frequentes, mesmo que de poucas horas, podem prejudicar o bom funcionamento do remédio.

2. Uso de medicamentos

Algumas medicações utilizadas em tratamentos à parte podem prejudicar o efeito do anticoncepcional. O uso de antibióticos, por exemplo, costumam cortar o efeito com muita facilidade. Quando estiver tomando qualquer medicação, investigue se há alguma relação ou não com o efeito da pílula e use camisinha até pelo menos uma semana após terminar de ingerir a medicação.

3. Esquecimento no fim e início da cartela

Há alguns períodos que o esquecimento da pílula pode ser mais perigoso. No geral, o fim de uma cartela e o início da próxima requerem mais cuidados, pois é uma das principais razões para que muitas mulheres que tomam a pílula engravidem.

Como tomar o anticoncepcional

Foto: © Depositphotos

Como os últimos e primeiros comprimidos são tomados no momento próximo a pausa do remédio, as chances de cortar o efeito são maiores.

4. Validade do anticoncepcional

Um problema que pode acontecer com as usuárias que costumam comprar várias cartelas ao mesmo tempo é da pílula acabar passando da validade antes do consumo. Isto ocorre também quando a mulher coloca a cartela em uma bolsa ou em outro local e esquece por vários meses, quando encontra de novo, o remédio já perdeu a validade.

Mesmo que você não tenha mais a caixa do anticoncepcional, examine a cartela, pois a validade geralmente aparece em uma das extremidades. Tomar anticoncepcional vencido pode ser muito prejudicial para a saúde, além de não proporcionar o efeito desejado.

5. Vômitos e diarreia após a ingestão

Se em duas horas após a ingestão da pílula você tiver diarreia ou vômito, o ideal é tomar outra pílula. No entanto, não faça isso em casos de vômitos e diarreias que duram muitas horas, como no caso de intoxicação alimentar. Se você tomar a pílula após vomitar e acabar vomitando de novo, o remédio será desperdiçado novamente.

Mulher vomitando no vaso sanitário

Foto: © Depositphotos

Neste caso, o ideal é esperar que os sintomas passem ou apenas tomar a pílula normalmente no dia seguinte. Pelo risco da medicação ter o efeito cortado temporariamente, use a camisinha por pelo menos uma semana após o ocorrido.

Em quanto tempo o anticoncepcional faz efeito?

O anticoncepcional costuma demorar um período de pelo menos uma semana para fazer efeito no organismo. Há casos em que este tempo é mais longo e, por isso, muitos ginecologistas recomendam um período de até 20 dias antes de ter relações sexuais sem camisinha.

-> Saiba quando o anticoncepcional começa a fazer efeito no organismo.

Porém, a camisinha continua sendo importante mesmo com o uso da pílula, principalmente para as mulheres que possuem parceiros sexuais diferentes em um espaço curto de tempo. Só a camisinha consegue proteger o organismo da contração de doenças sexuais (DST), algo que a pílula anticoncepcional não tem nenhum efeito.

O que fazer se o anticoncepcional perder o efeito?

Quando acontecer do anticoncepcional perder o efeito, o problema geralmente é temporário e deve ser resolvido em poucos dias com o uso correto da medicação. Infelizmente o organismo não produz nenhum sintoma que possa ajudar a mulher a perceber que a pílula não está fazendo efeito, o que exige mais atenção na hora do uso.

No geral, as causas citadas acima são as mais comuns e exigem cuidados no dia a dia. Se você vomitar, estiver usando antibiótico, esquecer por um longo período, entre outros motivos, o melhor é usar camisinha durante os próximos dias do ocorrido para garantir que não ocorrerá a fecundação, caso o óvulo tenha sido liberado.

Preservativo

Foto: © Depositphotos

No entanto, tudo vai depender do organismo de cada mulher, já que têm mulheres que deixam de tomar a pílula para engravidar e demoram meses até conseguir completar a gestação. As vezes o período de “limpeza” do organismo após a ingestão da pílula é mais longo. No entanto, é sempre melhor tomar cuidados do que correr o risco.

• Sempre que desconfiar da perda do efeito, use camisinha por sete dias ou mais, até que o efeito do anticoncepcional se estabilize novamente.

• Se o seu problema for esquecimentos frequentes, coloque lembretes e acione um despertador no celular para não esquecer.

• Alguns aplicativos para smartphones foram feitos para isso e ajudam a mulher a ter o controle do horário da pílula, como o aplicativo Hora Da Pílula para IOS.

• Tenha um cuidado maior no início e fim de cada cartela. O ideal é configurar um despertador para esses momentos e carregar a cartela sempre consigo.

Por Ana Paula Bretschneider / Redação: Dona Giraffa

Loading...
7 Comentários em A pílula anticoncepcional pode não funcionar. Entenda os motivos:
  • Alessandra disse:

    Tive relação com meu namorado e ele gozou dentro mais tinha tomada remedio so que depois fui ver que no dia ainda estava com validada 30 e 31 no dia 1 ele venceu e não vi corro risco de estar gravida ???

  • Joyce disse:

    Olá, tomei o a pilula anticoncepcional e depois de 2 horas passei mal e vomitei, no 7 dia depois do ocorrido tive relação desprotegida. Corro risco de gravidez??(Obs: era no segundo dia da cartela)

  • Bárbara disse:

    O anticoncepcional perde o efeito se deixá-lo perto de perfumes?

  • Rayane disse:

    Olá! eu comecei a tomar o anticoncepcional e no 7° dia tomando a pílula, meu noivo ejaculou dentro de mim, posso correr o risco de estar grávida?

  • daniella disse:

    Fiz amor com meu namorado ontem dia 16/09 em torno de 19h, porém como não encontrei minha cartela do anticoncepcional, tomei de uma cartela extra que tinha em casa, só que hoje (17/09) percebi que esta já encontrava-se vencida desde abril desse ano, e eu tinha tomado ontem. Fiquei desesperada e tomei uma pílula do dia seguinte hoje umas 15h (20h depois da última relação) posso continuar tomando o anticoncepcional normal? Agi muito errado? Como fazer por enquanto?

  • Julia disse:

    Caso eu tenha deixado derreter na boca e engolir depois, o efeito continua?

  • Deixe seu comentário