O que é mioma uterino? Veja os sintomas e tratamentos

Um tumor (benigno) que atinge 50% das mulheres durante o período fértil, os miomas são uma das anomalias mais comuns que se desenvolvem em mulheres adultas. Os nódulos aparecem na região do útero através de um processo de multiplicação celular incontrolável. No entanto, o tamanho dos miomas, a quantidade e a localização exata variam em cada organismo.

mioma sintomas e tratamento

Foto: (c) Can Stock Photo

Apesar de ser um tumor, os miomas são, no geral, inofensivos para a saúde feminina. As chances desses tumores se transformarem em algo maligno é muito baixa e, quando os miomas não apresentam sintomas incômodos para a mulher, também não há necessidade de fazer um tratamento.

Os problemas aparecem quando os miomas crescem o suficiente a ponto de incomodar e atrapalhar a qualidade de vida da mulher. Em alguns casos, os miomas podem pressionar o útero e provocar inchaços na região abdominal, sendo até mesmo confundido com excesso de peso. Em casos mais graves, os nódulos podem provocar um quadro de anemia e prejudicar a fertilidade feminina.

Quem tem mais chance de desenvolver?

Pelo menos metade das mulheres na fase adulta possuem miomas no útero, mesmo que a maioria tenha miomas tão pequenos que chegam a ser insignificantes. No entanto, há mulheres que possuem maiores possibilidades de desenvolver os nódulos devido à diferentes fatores:

• Pessoas com problemas de obesidade
• Mulheres negras
• Pessoas com histórico familiar de miomas

A genética é um dos principais fatores que contribuem no desenvolvimento de miomas. As mulheres que possuem histórico de miomas na mãe ou em irmãs possuem mais chances de desenvolver o problema. No caso das mulheres negras, a causa ainda não possui uma explicação definitiva, mas acredita-se que seja outro fator genético, pois os miomas são muito comuns em mulheres afrodescendentes.

Pessoas com excesso de peso possuem alto risco de desenvolver devido ao maior número de células de gorduras. Essas células causam disfunção hormonal e contribuem com a formação dos miomas. Por isso, maus hábitos alimentares também podem contribuir para o diagnóstico do problema.

Sintomas de mioma

• Aumento do fluxo sanguíneo na menstruação
• Fortes dores abdominais (cólicas)
• Intestino funcionando de forma irregular
• Desconforto nas atividades sexuais
• Sangramentos em períodos não-menstruais

cólica menstrual muito forte

Foto: (c) Can Stock Photo

A maioria das mulheres que possuem miomas não chegam a apresentar nenhum sintoma, pois é comum que os nódulos se formem em pouca quantidade e não cresçam o suficiente para causar incomodo e prejudicar a rotina. Por isso, as mulheres que apresentam sintomas precisam consultar com o ginecologista e fazer um tratamento, pois os sinais indicam que há uma grande quantidade de miomas ou que eles cresceram o suficiente para causar incômodos.

Porém, mesmo que haja necessidade de tratamento devido à quantidade ou ao tamanho dos nódulos, as chances desses miomas se transformarem em tumores malignos ainda é muito pequena. É comum que surja essa preocupação na maioria das mulheres que precisa enfrentar um tratamento, mas as chances de isso acontecer é em torno de 0,05%, estatística muito baixa para causar preocupações.

Diagnóstico

Descobrir a presença dos miomas no útero não é difícil e basta alguns exames como ultrassonografia para que o ginecologista possa dar o diagnóstico. Porém, existem quatro tipos de miomas que são classificados de acordo com a localização e o tipo de mioma interfere nos sintomas da paciente. Quem possui nódulos nas paredes intrauterinas, por exemplo, poderá ter mais problemas de cólicas intensas, enquanto quem possui no interior do útero tem mais chances de desenvolver anemia.

Independentemente do tipo de mioma, o diagnóstico ocorrerá através dos resultados dos exames e o médico poderá avaliar o melhor tratamento de acordo com a necessidade da paciente. O exame também revela os problemas específicos para cada caso, seja um aumento no tamanho dos miomas ou um considerável crescimento na quantidade de nódulos no útero.

Tipos de tratamentos

Para tratar os miomas é necessário verificar quais os desejos da paciente. No caso de mulheres mais velhas que não querem mais ter filhos, é possível fazer uma cirurgia de retirada do útero que resolve totalmente o problema. Porém, se a mulher ainda quiser engravidar, é possível fazer outros tipos de tratamentos, como cirurgia para a retirada dos miomas ou embolização, que consiste na introdução de um cateter que penetra uma substância no nódulo e impede o crescimento do mesmo.

É possível tratar também com medicamentos como anticoncepcionais, sendo este o método mais simples de tratar os miomas. No entanto, os remédios não são eficazes para eliminar os miomas, apenas reduzem os sintomas. Como os miomas costumam ser inofensivos, este método é a melhor opção para as mulheres que querem apenas aliviar os sintomas incômodos causados pela presença dos nódulos.

Por Ana Paula Bretschneider / Edição: Dona Giraffa

• Ardência ao urinar: causas, sintomas e tratamento

Loading...
Seja o primeiro a comentar em O que é mioma uterino? Veja os sintomas e tratamentos

Deixe seu comentário