Hamster como animal de estimação

Quem mora em apartamento ou em uma casa pequena, muitas vezes quer ter um animal de estimação, mas não sabe o que fazer, pois sem espaço não se pode ter um grande cão, por exemplo. Muitas pessoas acabam procurando cães de porte pequeno, mas nem sempre chegam a adotar um, pois ele precisará de companhia durante o dia e grande parte do tempo a pessoa está no trabalho. (5 cachorros ideais para apartamentos)

foto de hamster

(Foto: Divulgação)

Se isso está acontecendo com você e a vontade de ter um pet continua, você pode pensar em ter um hamster como bichinho de estimação. São pequenos, se adaptam bem a casas e apartamento, são ótimas companhia, não sofrem com a ausência do dono por várias horas do dia, quase não fazem barulho, então não vão incomodar os vizinhos e são muito fofos e espertos. (Que tal um coelho de estimação?)

Classificados como roedores, esses animais têm hábito noturno e a maioria das espécies quando na natureza, habitavam regiões desérticas. Têm uma ótima audição e um olfato muito apurado. Seguram o alimento com as patinhas da frente e usa seus bigodes longos para se desviar de obstáculos.

Espécies mais comuns de hamster em cativeiro

Algumas espécies de hamster são as mais frequentemente criadas como animais de estimação. Seguem algumas informações sobre elas para que você possa escolher a sua:

Hamster Sírio (Mesocricetus auratus):

Vide de 2 a 2 anos e meio, quando criado em cativeiro. Mede entre 15 e 20 centímetros e pode pesar até 140 gramas. Suas cores de pelo são variadas e vão de branco até marrom. Aceitam o manuseio, desde que a pessoa seja delicada. Essa foi a primeira espécie a ser tida como bichinho de estimação e sua origem é o oriente médio.

Hamster Anão Russo (Phodopus campbelli):

Vivem entre 1,5 a 2 anos, quando criados em cativeiro. Medem entre 10 e 12 centímetros e têm como peso máximo apenas 28 gramas.

Hamster Roborovsk (Phodopus roborovski):

Vindo da Mongólia Ocidental, medem entre 4 e 5 centímetros. Pesam apenas 28 gramas e sua gestação varia entre 21 e 30 dias. Em cativeiro, podem viver até 3,5 anos. São muito ativos, rápidos e extremamente dóceis, sendo ótimos animais de estimação.

Hamster Chinês (Cricetulus griseus):

No Brasil esses são os mais facilmente encontrados em lojas do ramo. Medem entre 10 e 12 centímetros e pesam cerca de 45 gramas. Sua gestação é de aproximadamente 21 dias e suas cores são variadas sendo que o hamster cinza com barriga branca são os mais frequentes.

Aceitam ser manuseados e se a pessoa quiser ter mais de um na mesma gaiola, precisa colocá-los juntos ainda quando filhotes, caso contrario terão serias brigas por território.

Como cuidar de um hamster

• A primeira coisa a ser providenciada é uma gaiola apropriada para que o animal fique abrigado, enquanto não tiver com seu dono.

• O espaçamento entre as grades precisa ser adequado para que ele não fuja e a tranca ser boa, para que a gaiola não abra.

• No fundo da gaiola é necessário colocar uma forração chamada de cama. Essa deve ser de maravalha ou de areia de gato com granulado mais grosso. Nunca coloque serragem, pois a poeira pode causar problemas respiratórios no animal.

• A cama serve para absorver a urina fazendo com que o animal fique em um local seco e para diminuir o odor das fezes e da urina do animal.

foto hamster branco

(Foto: Divulgação)

Hamster: Alimentação, dicas e cuidados

• A alimentação pode ser feita a base de ração vendida em petshop, blocos de alfafa que são muito protéicos e algumas frutas como maçã, banana e uvas passas.

• As frutas devem estar sempre muito frescas. O animal precisa roer tanto ração, quanto os blocos e alfafa ou madeira apropriada para que desgaste os dentes.

• Os dentes dos hamsters não param de crescer e o desgaste é necessário. Além do alimento adequado dê a ele brinquedos de madeira para que possa roer e fazer esse desgaste.

• A água deve ser fresca e colocada em bebedouros apropriados, de gotejamento. Não coloque em vasilha, pois o animal pode se molhar acidentalmente e ter hipotermia.

• Faça a troca da cama da gaiola dia sim, dia não e, uma vez por semana, retire o bichinho de dentro e lave toda ela.

• Qualquer problema ou alteração de comportamento procure imediatamente um médico veterinário. Nunca medique o animal em casa. Uma gotinha de qualquer medicamento seu pode ser o suficiente para matá-lo intoxicado. Cuidado.

Por Milena Godoy / Edição: Dona Giraffa

Loading...
1 Comentário em Hamster como animal de estimação
  • Izabela disse:

    O hamster é um ratinho lindo e adoroso.

  • Deixe seu comentário

    Publicidade
    Curta nossa fan page no Facebook
    Publicidade
    Publicidade

    Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção. Antoine de Saint-Exupéry