Ele não é o que eu esperava, o que será dessa relação?

Vocês pareciam ter sido feitos um para o outro. A sintonia de pensamentos e de afinidades era algo incrível! Vocês não conseguiam mais acordar sem pensar um no outro e em como essa relação os faziam bem.

Mas depois de algum tempo tudo mudou, tudo parece ter esfriado. Há algo errado, mas você não tem o talento para descobrir o motivo. Você só sabe que existe um abismo entre vocês e você se sente presa a ele em vez de apaixonada. Você descobriu agora que ele não é o que você pensava.

relacionamento caiu na rotina

Foto: (c) Can Stock Photo

Então o que será dessa relação?

Analise primeiro algumas prováveis razões do por quê você se sente assim com relação a ele.

A rotina diária

Sim, a tal rotina do dia a dia tem sido uma das principais razões do sentimento de desgaste na relação de muitos casais. É bem sabido que a falta de novidade tende a esfriar a relação.

-> 10 dicas de como sair da rotina com a pessoa amada

Você se cansa de ouvir as mesmas coisas, de ir aos mesmos lugares, de ouvir as mesmas queixas e de não provar sensações diferentes. O ser humano gosta do novo, da busca… Não somos robôs, não fomos programados para a mesmice. Quando uma relação cai na rotina assim, está na hora de mudar algo.

As diferenças vêm à tona

No início duma relação é comum a gente fechar os olhos para as diferenças que vão aparecendo. A gente só enxerga o lado bom, as afinidades.

Mas ao longo do tempo as diferenças que antes pareciam não incomodar, vão se tornando quase que insuportáveis. Seja na forma de se comunicar, ou com relação às finanças ou a maneira de resolver problemas. Você começa a ver algo nele que antes não tinha notado. E isso enfraquece o sentimento e o torna mais distante de você.

Desentendimentos não discutidos

Parece bobagem, mas deixar de discutir pequenos assuntos pode enfraquecer o que você sentia por ele. Talvez você queira falar algo que notou de diferente nele, ou alguma atitude dele que você não gostou, mas quando você iniciou o papo ele levou na brincadeira e mudou de assunto. Isso desgasta um sentimento, porque numa relação você precisa falar o que te incomoda, precisa tirar da sua mente ou então aquilo vai ficar ali e vai crescer a ponto de você passar a enxergar seu parceiro com outros olhos.

casal discutindo a relação

Foto: (c) Can Stock Photo

Aí o famoso ditado ‘quem cala consente’ fica ali martelando sua mente e cada vez que ele não discute algo que te incomoda é como se aquilo fosse realmente verdade e por isso ele não quer falar sobre o assunto. E se ele não quer falar sobre o que te incomodou é porque certamente ele não quer e provavelmente não fará nada para ‘mudar’ isso. Atitudes assim doem, magoam e consequentemente te faz querer ele cada vez mais distante.

Falha no grau de aproximação

Ou demais ou de menos. Se ele gruda enche o saco, mas se ele se distancia por muito tempo você perde o interesse também. É aquela história, é como uma borboleta em sua mão, se você apertar demais ela morre, se deixar a mão aberta ela vai embora, mas se você cuidar na medida certa e com o carinho certo ela será sua para sempre. Se ele não souber dosar a medida da atenção dada a ti, com certeza vai chegar o momento em que você vai encará-lo como o cara errado.

Ele não é mais como antes

Com o tempo, o acúmulo de atitudes estranhas da parte dele fez com que hoje você tenha a certeza de que ele não é mais como antes. Pode ser que ele tenha mudado por algo (não sente mais o mesmo por você ou até mesmo se apaixonou por outra pessoa) ou tenha somente agora revelado ser completamente diferente daquele que você conheceu. (Confira 12 ingredientes que um bom relacionamento deve ter)

De qualquer forma você não sabe como continuar numa relação assim. Algo que antes era prazeroso, hoje se torna quase uma tortura. A ilusão que você tinha do “cara perfeito” desaparece, sobra somente o cara que você tem que suportar.

O que você pode fazer:

Como sempre falamos, a decisão cabe unicamente a você. O que podemos fazer é te ajudar a agir após a sua decisão. Se você decidir continuar essa relação, mas não sabe como, preste atenção nas dicas abaixo: (Aprenda como reconquistar um amor perdido)

casal se conhecendo novamente

Foto: (c) Can Stock Photo

• Se concentre nas qualidades dele. Certamente ele ainda tem qualidades pelas quais você havia se apaixonado. Relembre quais são e tente se lembrar delas toda vez que os defeitos dele vierem à tona.

• Converse com ele. Se algo que ele fez ‘realmente’ te magoou seja madura e não recorra ao silêncio, àquelas famosas briguinhas de “ficar de mal”. Isso só afastará vocês. Então tome atitude e chame-o para conversar sobre seus sentimentos.

• Tome atitudes para saírem da rotina: mude de restaurante; saiam com outros amigos; façam algo aventureiro; aluguem um barco e vão velejar por aí; prepare um jantar diferente, exótico… Mude o clima dessa relação, busquem emoção!

• Quando a gente quer que algo dê certo, às vezes é preciso fazer alguns sacrifícios, portanto releve algumas coisas. Não procure conversar sempre que você achar que ele fez algo errado ou sobre algo que já passou. Evite falar de tudo e chamar para discutir a relação cada vez que ele dá uma olhadinha para o lado. É chato, mas ninguém é perfeito e se você quiser manter uma boa relação tem que aprender a ignorar muita coisa, caso contrário não há sentimento que dure.

• Pense no bem que ele te faz. Ele te faz sorrir mais do que te faz chorar? Não deixe isso escapar, usufrua! Se dê a chance de voltar a enxergá-lo como aquele homem no início da relação. Faça a sua parte, seja menos exigente e lembre-se que ele é só alguém como você que apenas almeja viver seus dias bem e ao lado de alguém que o compreenda e o aceite como ele exatamente é.

Mas digamos que você pensou, pensou e decidiu terminar essa relação, não dá mais! Como você deve agir?

Aí a dica é simples, encare a situação de frente e resolva com uma conversa definitiva. Seja honesta com ele e fale abertamente que seus sentimentos mudaram. Fale dos seus planos e do que você deseja em alguém que não encontrou nele. Faça-o entender que o melhor para vocês dois é buscarem outros caminhos e quanto antes isso acontecer menos será a possibilidade de sofrimento de uma ou ambas as partes.

O tempo não espera você decidir o que fazer com ele. A vida é agora e cada segundo perdido numa relação infeliz é um segundo a mais de prazer que você poderia estar desfrutando e compartilhando com alguém que realmente te complete. Então, levante daí, aja, viva! Não espere a vida passar e levar junto a sua felicidade.

Por: Ádria Valença / Edição: Dona Giraffa

Loading...
2 Comentários em Ele não é o que eu esperava, o que será dessa relação?
  • Mariane Castro disse:

    Eu li a minha vida nesse conteúdo, é o que está acontecendo comigo e não tinha idéia do que poderia ser. Penso que pode ser comigo o problema, como também não. Mas, no que li, entendi e me ajudou muito. Foi uma ótima dica! Um conteúdo que acontecem com muitas, porém, viajam em pensamento em busca da solução. E hoje estou eu aqui lendo a minha vida e vendo a suloção do meu problema. Não posso deixar de agradecer. Muito obrigado!

  • Isabel Vaz disse:

    As vezes o problema nem está no parceiro… O problema pode estar em nos mesmos… antes de tomar qualquer decisão convém fazer uma auto – análise…

  • Deixe seu comentário