Me apaixonei pelo meu amigo de infância, e agora?

Depois de um longo período de amizade, companheirismo e confiança, de repente você percebe que a pessoa ideal sempre esteve ao seu lado. O apoio nos momentos difíceis, as brincadeiras, as piadas que só faziam sentido para vocês dois e tantas memórias tornaram-se inesquecíveis. Você passa a querer estar mais perto dele, contar as coisas boas do seu dia a ele e aproveitar a vida ao lado dele. Então, tudo começa a fazer sentido e você se pergunta: “Estou apaixonada pelo meu melhor amigo, e agora?”.

casal em clima de romance

Foto: (c) Can Stock Photo

Antes de entrar em desespero, querer mudar de nome ou trocar de país, comece a organizar os pensamentos e reflita sobre as possibilidades. Esta situação é muito comum entre amigos íntimos, pois o amor pode surgir com a convivência e confiança. Porém, apaixonar-se pelo amigo de infância nem sempre é duradouro e o desafio está em descobrir se você realmente encontrou a pessoa certa ou se está apenas passando por uma fase de carência afetiva.

Depois de tantos anos enxergando o melhor amigo como irmão, passar a vê-lo com outros olhos pode causar uma mudança drástica na vida de qualquer menina. A famosa friendzone não é um estado definitivo. Qualquer um está sujeito a ser conquistado por um amigo, sem que perceba. Isto ocorre, pois uma amizade verdadeira apresenta todas as qualidades ideais de um relacionamento amoroso. Depois de muitas desilusões, o comportamento do amigo pode começar a ser associado como as atitudes desejadas em um homem ideal.

leia também

• Será que ele me ama? Como saber se um homem só quer ser seu amigo.
• Será que ele é o amor da minha vida? Confira 10 sinais de que você encontrou o cara certo.

Confira algumas dicas sobre como agir nesta situação e ter certeza do que quer:

Tire um tempo para pensar:

A descoberta de uma possível paixão por um amigo de infância pode ser difícil de aceitar e causar uma confusão nos sentimentos. É comum que a menina comece a sentir nervosismo ao estar perto dele, algo que era muito natural antes. Além disso, ainda há o sentimento de irmão misturado com as tensões da paixonite e o risco de ser só uma fase.

Não tente afastar-se dele de repente ou conversar sobre o assunto sem ter certeza do que está sentindo. Qualquer atitude equivocada pode causar estranheza entre vocês e até acabar com uma amizade duradoura e sincera. Por isso, é importante não fazer nada na fase confusa e tentar esclarecer os pensamentos e sentimentos. (Como saber se estou apaixonada?)

Não aja por impulso:

O inicio de uma paixão é sempre conturbado e torna-se difícil manter o autocontrole. Os pensamentos ficam focados na pessoa amada e surgem vontades de ligar, fazer um convite e estar ao lado dele. Porém, no caso de amor que surge entre amigos, a situação é mais delicada e agir por impulso pode fazer com que ele perceba que há algo errado. A situação não é complicada apenas para você, o menino também irá passar por um momento de confusão até esclarecer os próprios sentimentos.

garota apaixonada pelo melhor amigo

Foto: (c) Can Stock Photo

Enquanto não sentir-se segura, procure manter as aparências e ser a mesma de sempre. Evite ligações inesperadas, indiretas e outros recursos femininos para gerar um clima de romance. Deixe as estratégias de conquista para quando você tiver certeza do que quer e se sentir confiante.

E os sentimentos dele?

Apaixonar-se pelo melhor amigo não significa que o sentimento será correspondido e muito menos que o casamento, os filhos e os passeios em família já estão garantidos. Não saber sobre os sentimentos dele com relação a você é um bom motivo para agir com calma e cautela. Aproveite o período da confusão para observar o comportamento dele, o quanto ele se importa com você e o quanto a sua companhia é necessária na vida dele. (Será que ela gosta de mim ou é apenas amizade?)

A vantagem de se apaixonar pelo melhor amigo é que ele pode agir com muito mais transparência do que um desconhecido. Se você souber ir devagar e ficar atenta aos sinais dele, o momento de dar um passo a frente na amizade ou de desistir da ideia aparecerá rapidamente.

Os riscos de levar adiante:

Depois do período da confusão as coisas começam a ficar mais claras e você percebe que era uma fase ou que realmente está gostando dele. Porém, se você decidir levar adiante e evoluir a amizade ao próximo estágio, avalie os riscos de um possível relacionamento. Não há como saber se o namoro vai dar certo ou não, mas caso haja uma separação após um tempo, a amizade nunca mais será a mesma. Investir no relacionamento pode significar abrir mão da amizade inocente e ingressar em uma nova fase.

mulher beijando o melhor amigo

Foto: (c) Can Stock Photo

Como namorada, você também irá conhecer lados da personalidade dele e defeitos que permaneciam ocultos durante os anos em que vocês não tinham nada. Para que a relação dê certo, é preciso ser tolerante e entender que o parceiro é uma pessoa com criação, costumes e pensamentos diferentes.

As vantagens de um namoro:

A amizade pode estar perdida se você não tiver sucesso no namoro, mas se der certo, as vantagens serão estimulantes. Diferente de outras experiências passadas, o namoro com um amigo de infância pode começar muito bem, pois a intimidade e a confiança já estão estabelecidas. Além disso, pouca coisa irá mudar entre vocês e os momentos juntos serão mais intensos e muito melhores do que nos tempos de amizade. O fato de você já conhecer a personalidade dele e o menino saber muito sobre você também irá contar pontos positivos ao casal, embora haja novas descobertas, positivas e negativas, durante a relação.

Por Ana Paula Bretschneider / Edição: Dona Giraffa

Loading...
Seja o primeiro a comentar em Me apaixonei pelo meu amigo de infância, e agora?

Deixe seu comentário