E se ele disser não, o que eu faço?

Ele era apenas um amigo. Mas com o tempo você passou a sentir algo a mais por ele. O tempo passou e ele não tomou a iniciativa. Você sentia que ele te olhava diferente, então você resolveu lhe perguntar se ele aceitaria ser mais do que seu amigo. O pior aconteceu e ele disse “não”! E agora?

garoto dizendo que não está a fim

Foto: (c) Can Stock Photo

Sei que você deve ter ficado magoada, é normal. Mas, não entre em desespero! Preste atenção aos conselhos abaixo que vão te ajudar nessa situação.

1. Se Valorize!

Sim, é verdade que alguém acabou de te dizer que não está interessado em você. Isso te faz sentir-se esnobada, descartável como um copinho plástico. Talvez se sinta um fracasso e tenha medo que ninguém mais possa se apaixonar por você. Mas, lembre-se, o “não” dele NÃO altera o seu valor como pessoa, nem significa que ninguém mais possa te amar. Na realidade, essa decisão talvez tenha mais a ver com os objetivos dele do que com você.

Não pense que você não tem valor simplesmente porque sua química não bateu com a dele. E só porque parece que não é a pessoa certa para ele, não significa que você não seja a pessoa certa para outro. Valorize-se e acredite em você, confie que você é desejável e alguém ainda vai te dar o devido valor. Não deixe seu amor-próprio de lado por causa de alguém que não te valorizou. Ele não merece sua dor.

2. Ele provou não ser a pessoa certa:

Não vá logo achando que a sua busca pela pessoa ideal resultou em nada. Pelo menos se foi revelado algo bom: descobriu que ELE não é para você. Provavelmente ele gosta de você como amiga, mas talvez já esteja apaixonado por outra pessoa e você desconhece esse fato. (12 sinais de que ele não está tão a fim de você)

Por dizer “não”, ele está mostrando agora que não sente o mesmo desejo, carinho e admiração por você e talvez nunca chegue a sentir. Somos livres para fazermos nossas escolhas. Ele está no direito dele de aceitar seu amor ou não. Você, por outro lado tem o dever de aceitar a escolha dele.

3. E se ele te iludiu?

Também nesse momento é possível avaliar o caráter dele. Se por acaso ele sabia que você gostava dele e mesmo sabendo, alimentou seus sentimentos por continuar lhe dando aquela atenção diferente, isso indica uma grande falha de personalidade, pois alimentou seus sentimentos para depois te desprezar. Coisa de covarde! Como disse o grande Bob Marley: “A pior covardia de um homem é despertar o amor de uma mulher e não correspondê-la”.

Será que vale a pena amar alguém capaz de brincar com algo tão sério como os seus sentimentos? Se ele te iludiu, fez você se apaixonar e caiu fora, ele não merece você. Nesse caso foi bom saber logo a verdade, por mais que tenha te magoado.

4. Decida dominar seus sentimentos:

Se ele disse “não”, outra coisa deve ficar bem clara: você NÃO deve insistir! Encare o fato de que ele limitou seus sentimentos e talvez ainda tenha sobrado a amizade. Então aceite isso e se esforce para esquecer sua paixão por ele. É difícil, lógico que não se esquece duma paixão da noite para o dia. Assim como levou tempo para se apaixonar, leva tempo para esquecer. (Como esquecer um amor que não deu certo)

Com o coração não se brinca e não se apaga alguém dele, como se apaga com borracha um rabisco de lápis. Mas aja em prol de dominar seus sentimentos. E o primeiro passo para isso é DECIDIR que você PRECISA esquecê-lo!

5. Domine seus pensamentos:

Em seguida, vem a ação. Para dominar seus sentimentos faça o seguinte: Pare de alimentá-los com relação a ele, daí o que você sente morrerá mais rápido. Evite pensar em quão lindo ele te sorria; nos olhares que ele lhe dava os quais te faziam levitar. Evite lembrar os momentos de intimidade ou no dia em que ele tocou de forma diferente em sua mão. Esforce-se em tirar da sua mente os sonhos que você teve com ele, sonhos que ao lembrar que não se tornarão realidade, te fazem mais mal ainda.

menina triste pensando no namorado

Foto: (c) Can Stock Photo

Desvie seus pensamentos dele. Meta a cabeça no trabalho, nos estudos, caminhe, saia com as amigas para dançar, faça o que for, mas tire-o de foco na sua vida. Pense em coisas que te animem e não que te deprimam. Não alimente sentimentos que você sabe que não são recíprocos. Talvez seja difícil no começo, mas com o tempo você vai conseguir.

6. Cuidado com a recaída:

Quando ele disse “não” ele deixou em evidência que não tem interesse nenhum em você. Mas, pelo fato dele ter dito de forma gentil, você talvez conclua que na verdade ele não queria dizer “não”. Ou até mesmo, depois de certo tempo, você chegue a pensar que se tentar de outra forma poderá conquistá-lo. Isso é pura bobagem de um sentimento em recaída. Aceite o fato de que você não pode mudar os sentimentos dele.

-> O namoro acabou? Recupere as forças e encontre a sua felicidade.

Não fique repensando as coisas que vocês conversaram achando que há algo que possa ser mudado. Com sentimento não se negocia, ou é ou não é. E infelizmente o mais comum que se tem visto é a pessoa valorizar aquilo que não tem. Não conquistamos aquilo que pressionamos. Dê tempo e espaço a ele e se um dia ele tiver de se apaixonar por você, não será insistindo que você vai conseguir isso.

7. Seja paciente contigo e dê tempo ao tempo:

Sim, seu coração precisa de tempo para aceitar o fato de sua paixão ter dito “não”. Há dias em que parece que você não vai suportar tamanha desilusão! Mas, tenha em mente que o tempo passa e toda sua mágoa também passará. Não se envergonhe de ter tentado, foi corajoso de sua parte ter assumido seu sentimento e ter se declarado.

Hoje muitas pessoas perdem a chance de se relacionarem com alguém legal por orgulho ou medo de se declararem. Não tenha raiva de si mesma, nem se ache pequena. Porque só os grandes tem a capacidade de amar e deixar-se amar. E se ele disse “não”, você não foi suficiente para ele, então NÃO deixe que ele seja suficiente para você.

Por: Ádria Valença / Edição: Dona Giraffa

Confira também

# Como esquecer um amor não correspondido
# Ele só me enrola. O que eu faço?
# [Ele não me ama] – Quando chega a hora de desistir de um homem
# [Conquistando o gatinho] – Como fazer um homem correr atrás de você loucamente apaixonado

Loading...
1 Comentário em E se ele disser não, o que eu faço?
  • Veronica disse:

    É só sexo ou tem sentimentos?
    Estou tendo um caso com meu melhor amigo.
    Meu casamento ia mau e acabei cedendo as investidas e comecei um relacionamento com meu melhor amigo, solteiro, mais velho e muuuuuuito cobiçado.
    Separei-me (não exclusivamente por culpa deste homem, mas porque nunca havia traído e sou contra traição, penso que se houve espaço para outra pessoa é porque acabou o amor e sendo assim é melhor separar do que enganar, trair, etc.).
    Confesso que apesar de lindo, muito charmoso e sempre cheio de atenções comigo, pra mim nosso relacionamento sempre foi de amizade pura e verdadeira.
    Nos conhecemos e convivemos diariamente a mais de 5 anos, e nunca rolou nada (apesar de a atenção dele ser sempre totalmente voltada pra mim quando estávamos entre amigos).
    Mas como melhores amigos, ele sabia das crises do meu casamento e eu conheci grande parte dos “casos” dele.
    Importante esclarecer que ele NUNCA namorou, neste tempo todo que nos conhecemos, por ter um histórico vasto de relacionamentos, um filho com cada mãe enfim, nunca levou nenhuma mulher a sério.
    Mas, de um ano pra ca ele mudou de atitudes, passou a me “cortejar” insistentemente, fazendo de tudo pra me conquistar, o que não é muito do estilo dele, já que sobram mulheres aos pés dele sempre.
    Mas como eu nunca havia traído meu marido em 15 anos de relacionamento, resisti. Até porque eu não sentia desejo por ele. Amava demais, mas como amigo mesmo, confidente fiel.
    Pois bem, ah uns 6 meses atras ele descobriu que estava com câncer, e eu fui a primeira pessoa a saber. Ficamos mais de um mês com esse diagnóstico sem contar pra ninguém, porque ele não queria preocupar os amigos e familiares sem saber exatamente a gravidade da doença e os tratamentos que teria que enfrentar.
    Nos aproximamos muito nesse período, eu não o deixava mais sozinho NUNCA, porque só eu sabia o que estava acontecendo e o sofrimento era muito grande.
    Acabou que, em uma das nossas viagens a capital, acabei cedendo e ficamos juntos e foi muito, muito bom. Porém eu não o amava como homem. Logo depois do sexo eu fui tomar banho no meu quarto e não quis nem dormir com ele, mesmo estando só nós dois no ap.
    Ele foi tratar do câncer em São Paulo e pediu que eu fosse cuidar dele, o que gerou muito ciumes e incompreensão na família dele, já que eu era somente uma amiga, mas ele disse que se sentia seguro ao meu lado e ficou super dependente de mim, e eu dele.
    Ficamos 15 dias em SP, ele fez a cirurgia, eu fiquei o tempo todo no hospital com ele, cuidando, acarinhando, dando força e acabei me apegando.
    Separei-me, o que foi muito difícil e ele sempre esteve do meu lado, aliás, não fosse ele eu não teria aguentado a pressão da separação. Ele tomou conta de mim, secou meu choro, me levou pra casa dele e pra vários lugares pra me distrair. Tomou decisões impreteríveis que eu não tinha condições de tomar e cuidou de mim.

    Nós combinamos desde o começo que era sem amor, sem paixão, sem apego e em segredo, apesar de todo mundo desconfiar que temos algo, porque estamos sempre juntos. Mas jamais assumimos isso em público.

    Tudo isso pra chegar aqui: EU QUEBREI O NOSSO COMBINADO E ESTOU COMPLETAMENTE APAIXONADA!!!!
    Não quero casar com ele, morar com ele, nada disso. Mas adoro a companhia dele, amo nossas conversas, damos muita risada juntos, o sexo é incrível, inacreditável, eu chego levitar.
    Porém, ele não é homem pra se apaixonar. Ele é independente, insensível, “pegador”.
    Eu tenho certeza que ele está só comigo, porque ficamos o dia todo juntos. Nossos escritórios são de frente um para o outro e eu almoço e janto na casa dele todos os dias.
    Os filhos dele me amam e é recíproco. A filha de 15 anos veio morar com ele agora e a mãe dela mora em outro estado, eu que não tenho filhos adotei-a. Estamos sempre juntos, mas como amigos que sempre fomos, sem jamais pensar em assumir qualquer relacionamento.

    Resumindo: Ele me trata muuuuuito bem, faz todas as minhas vontades, ele deixou inclusive de viajar com a família dele agora nas férias pra viajar comigo e os filhos dele (mas dormimos todas as noites juntos), mesmo quando estamos com nossos amigos a atenção dele é toda pra mim, mas ele nega veementemente nosso relacionamento.
    Inclusive durante a viagem ele passou uma situação muito difícil e eu o enchi de beijos e disse que o amava e ele respondeu: “Nem vem, me ama como amigo, né?”. Outro dia tivemos uma transa perfeita e depois eu deitei no como dele e falei: Eu te adoro e ele: “Ih, eu falei que não era pra se apaixonar”.

    Outra coisa, ele me chama pra fazer tudo com ele, ou pra ficar fazendo nada, porém, quando estamos sozinhos os carinhos que ele me faz são direcionados (pega meus peitos, pernas, etc.) raramente um carinho no cabelo ou rosto. Mas qd dormimos juntos é bem abraçadinhos.

    Enfim, não sei o que fazer, estou apaixonada e tenho medo de espantá-lo, mas tenho vontade de acarinhá-lo muito mais, de falar o quanto eu o amo e o quanto ele me faz feliz.

    ME AJUDEM!
    O q eu faço?

  • Deixe seu comentário