Agora ele me quer de volta. O que devo fazer?

Nada mais angustiante do que o término de um relacionamento amoroso. Isso quando ainda existia amor sincero por pelo menos uma das partes e junto a esperança de um belo futuro juntos. A decepção traz a angustia e tristeza como conseqüências. A revolta e o desejo de vingança são muito comuns nesse momento. Principalmente quando houve uma traição. A dor para muitos é insuportável. (Confira 10 passos essenciais para superar uma traição)

namorado arrependido dando flores

Foto: (c) Can Stock Photo

A alma fica ressentida e a auto estima vai ao chão. Para dar a volta por cima é preciso muita garra, superação e ter a convicção de que a vida continua independentemente da situação da sua vida conjugal.

No entanto, após dias de dores e sofrimento interno, muitas vezes o cônjuge que efetivamente deu os motivos para o desfecho da relação, acaba procurando sua ex-parceira para propor um retorno amoroso.

Com isso surgem então as inúmeras dúvidas:

• Devo voltar com ele?
• Devo perdoar?
• Como superar tudo isso?

Sabendo da grande dificuldade que é ter que tomar uma decisão assertiva nessas ocasiões, listamos diversas considerações importantes que você deverá levar em conta antes de tomar uma decisão final. É a sua vida e sua felicidade que está colocada em jogo. Por isso pare, reflita e não deixe que somente a emoção fale com você. Escute o que a razão tem para te dizer.

1. Ame você em primeiro lugar:

Antes de entrarmos em qualquer tipo de relacionamento amoroso, devemos considerar como está o nosso relacionamento com o nosso eu. Isso mesmo, devemos nos perguntar se estamos prontas para amar e ser amada. Isso, pois muitas vezes entramos em uma relação somente por carência afetiva e assim colocamos no outro toda nossa esperança de sermos sarados internamente e, por conseguinte, sufocamos o próximo e estragamos o relacionamento.

Começamos a amar o nosso parceiro muito mais do que nós mesmos e, por fim, esquecemos de que a nossa vida deve ser sempre colocada em primeiro lugar. Nossa felicidade independe do outro. (Como fazer um homem correr atrás de mim?)

2. Não queira mudar tudo de uma só vez:

Não idealize que o seu relacionamento se transformará em um lindo conto de fadas. Na verdade, na vida real os relacionamentos são mesmos feitos de momentos felizes e também de dificuldades. Dificuldades essas que, se o casal souber superar o problema, acabam saindo cada vez mais fortalecidos nessa relação. Entenda que o tempo é o melhor remédio para tudo.

3. Trace objetivos e regras para esse relacionamento:

Se pensa na possibilidade de retomar um relacionamento amoroso que acabou por uma decepção, vale iniciar essa nova etapa da relação definindo objetivos e regras entre o casal.

Antes de decidir voltar com ele, procure-o para que juntos planejem o que querem dessa relação, tracem metas para o futuro e estabeleçam algumas regrinhas básicas de boa convivência. Tudo isso deve ser acordado entre ambas as partes antes de dar uma nova chance para ele. Assim, vocês entram conscientes de que os erros comumente cometidos no passado não podem se repetir novamente.

4. Não acredite que as pessoas mudam de uma hora para outra:

Não seja inocente demais para acreditar que as pessoas mudam de uma hora para outra. Se decidir ficar com ele novamente, esteja certa de que ele continua o mesmo. A única coisa que pode ter mudado pode ser a vontade de não querer errar mais com você.

Sabendo disso, não faça expectativas fora do comum para que não se decepcione novamente. Valorize os pequenos atos de mudança e almeje maiores transformações para longo prazo. É preciso ter esperança de que tudo pode melhorar um dia, mas saiba que não é da noite para o dia que isso acontece.

5. Coloque na balança a sua dor e decepção:

Você é a melhor pessoa para julgar os seus próprios sentimentos. Por esta razão, reflita internamente e pergunte-se se realmente é capaz de superar todos os problemas vividos com seu ex-parceiro e se está disposta a reiniciar essa relação.

Viver com dor e angústia no peito, sem liberar verdadeiramente o perdão, não vale a pena. Se está disposta a voltar com ele, reconsidere seus sentimentos e estado de espírito primeiramente. O seu estado emocional deve ser levado em conta sempre.

6. Esteja preparada para o exercício do amor:

Amar não é simplesmente beijos e abraços. Amar vai muito além disso. É necessário que haja respeito, confiança, fidelidade, carinho. E tudo isso se conquista no dia a dia. Por isso, nada de pular etapas.

Chame-o para dialogarem a respeito de vocês e descubra dele quais são os verdadeiros sentimentos que ele possui com relação a você. Nenhum relacionamento vai para frente se não há o exercício do amor todos os dias. Se tiverem dispostos a passar por cima das dificuldades, a serem mais cúmplices um do outro e viver o que é o verdadeiramente é o amor, ai sim vale a pena o perdão e o recomeço.

Do contrário, a vida continua, bola para frente, cabeça erguida e aguarde um futuro repleto de novidades e felicidades. Afinal, você merece, não é mesmo?

Por Flávia Montalvão / Edição: Dona Giraffa

Loading...
1 Comentário em Agora ele me quer de volta. O que devo fazer?
  • arinagila disse:

    adorooo esse blog tou amando as dicas bjus

  • Deixe seu comentário