Cuidados com filhotes de cachorro

A decisão de adotar um animal é algo que precisa ser muito bem pensado, afinal, você será a responsável por ele por mais de 16 anos. Precisará estar preparada para cuidar bem do peludo, dar amor, atenção, arcar com custos de ração, vacinas, médico veterinário e todos os demais cuidados que o cachorro precisar. Se estiver preparada para tudo isso, precisa escolher que tipo de cão adotar.

filhotes de cachorros dicas de cuidados

Foto: (c) Can Stock Photo

Quer apenas um companheiro? Precisa de um bom cão de guarda? Vai ser criado dentro ou fora de casa? Pelos longos ou curtos? Essas entre outras diversas perguntas precisam ser respondidas antes da adoção.

Se optar por comprar um animal, pesquise bem sobre a raça e se for adotar, converse bom com o responsável pelo local, sobre a característica do animal. Se ele ainda for filhote, procure saber o tamanho dos pais, para te ideia do tamanho do pet adulto. Só tenha um cão grande se morar em uma casa com espaço. Não tente ter um Labrador em um apartamento, por exemplo. Esse cão precisa de espaço e muita atividade física para ser feliz. Apartamentos não são feitos para ele. (Lista com raças de cachorros ideais para apartamento)

Preparando a casa para o novo peludo

Se a decisão estiver realmente tomada e o animal mais adequado às suas condições já tiver sido escolhido, você deve preparar a casa para recebê-lo. Veja o que você precisa providenciar antes de buscar o seu filhote de cachorro. (Saiba como lavar seu cão e que tipo de sabão usar)

Caminha:

Compre ou faça uma caminha para o filhote. Há diversas disponíveis no mercado, mas você também pode improvisar em casa. Vire uma caixa de papelão de lado e coloque uma almofada ou paninhos quentes dentro dela, para que ele se abrigue na caixinha. Lembre-se que um filhote deve ficar dentro de casa e nunca exposto ao vento, no quintal. Ele ainda é muito frágil e ainda não está imunizado, precisando de maiores cuidados.

Pote de água:

Compre uma vasilha de água que seja baixa, para que ele consiga beber com facilidade. Deixe água sempre limpa e fresca à disposição do animal.

Pote de ração:

Ele precisará de um potinho apenas para ração. Providencie um que assim como o de água, não seja muito alto, para ele ter mais facilidade na hora de se alimentar.

Ração:

Compre Ração Premium ou Super Premium de cachorro especialmente desenvolvida para filhotes. Preferencialmente, siga a indicação de um médico veterinário, para que oriente qual ração deve ser comprada. Deixe em casa também uma latinha de ração úmida. Caso o filhote não consiga comer a ração seca, você pode tanto umedecê-la quanto oferecer ração úmida como alternativa.

-> Diferença entre ração normal, premium e super premium

Jornal:

É bom ter jornal para que você possa ensiná-lo a fazer xixi e coco no lugar certo.

Escova:

Animais, principalmente os de pelo longo, precisam ser escovados com frequência e por isso, é importante que você providencie uma escova para o novo amigo de quatro pernas.

Escova e pasta de dente:

Quanto antes começar a fazer e acostumar o animal a fazer a higiene dentária, mais fácil será o processo. É importante lembrar que tanto a escova quanto a pasta, devem ser próprias para cães.

Cuidando nos primeiros dias

O cão deve ser desmamado apenas com 60 dias de idade e com 45 dias, já deve ter tomado a primeira vacina. Verifique se isso foi feito antes de levar o bichinho para casa. Leve-o a uma clínica veterinária para que as demais vacinas possam ser aplicadas e para que o médico veterinário passe o melhor protocolo vacinal a ser seguido. No geral, os filhotes de cães são vacinados da seguinte maneira:

• 45 dias de vida: vacina V10 ou V11

• 60 dias de vida: vacina V10 ou V11

• 90 dias de vida: Vacina V10 ou V11

• 120 dias de vida: vacina anti-rábica

*Ambas têm revacinação anual

Esse protocolo é o mais comum, mas pode ser alterado pelo médico veterinário de acordo com a saúde do bichinho e com o histórico dele. Há diversas outras vacinas que podem ser administradas para proteger o animal, mas a decisão de aplicá-las ou não caberá ao profissional. O filhote também precisará tomar vermífugos de acordo com o protocolo passado pelo veterinário.

Em casa, além de colocá-lo na caminha confortável e manter tudo limpinho, você precisará oferecer comida a ele com cuidado. Se notar que ele ainda não consegue mastigar a ração seca, umedeça em um pouco de água morna e ofereça ou dê a ração úmida. Cuide com amor e carinho e vacine-o sempre para que ele esteja sempre protegido e saudável por toda sua vida.

Por Milena Godoy / Edição: Dona Giraffa

Loading...
Seja o primeiro a comentar em Cuidados com filhotes de cachorro

Deixe seu comentário

Publicidade
Curta nossa fan page no Facebook
Publicidade
Publicidade

A glória deve ser conquistada; a honra, por sua vez, basta que não seja perdida. Arthur Schopenhauer