Vantagens de se ter um gato como animal de estimação

Quando se fala em animal de estimação, a maioria das pessoas pensa logo em um cãozinho pulando e correndo pela casa. Só que ter um cão nem sempre é possível, pois ele precisa de espaço que é coisa rara nas casas e apartamentos atuais, e de muita disponibilidade de tempo do seu dono, coisa que nem sempre é possível.

E então o que fazer? Desistir de ter um bichinho de estimação? Claro que não. Há inúmeros animais que se acostumam a uma casa menor ou a um dono com uma vida mais agitada.

gatinho no colo

Foto: (c) Can Stock Photo

Um hamster, peixinhos, uma chinchila ou diversos outros bichinhos podem se tornar grandes companheiros, mas e porque não um gatinho de estimação? Muitos falam que não gostam de gatos… Isso provavelmente acontece porque essas pessoas nunca tiveram um, e não sabem como é bom um ronronar de um bichano de estimação.

Gatos são mais independentes

• Claro que os gatinhos precisarão de carinho do seu dono, de ração de qualidade, de água fresquinha e brincadeiras, mas no geral, eles suportam melhor a ausência das pessoas, várias horas por dia. Como a maioria dos humanos passa boa parte do dia fora de casa, divididos entre trabalho, estudos e transito caótico, um cão que precisa de muita atenção pode não ser o melhor animal. Já o gato, que sabe ficar perfeitamente bem aguardando a pessoa chegar para recebê-la com miados e um delicioso ronronar, poderá ser o animal de estimação ideal.

• Alguns cães, devido à solidão e a ausência do dono em casa, chegam a ter uma doença chamada de dermatite psicogênica. É quando o animal começa a se automutilar, arrancando pelos do seu próprio corpo. Isso acontece pela ansiedade e tristeza que ocorre por seu dono não estar com ele. Embora essa doença possa ocorrer em outros animais, raramente ocorre em gatos, pois eles convivem com essas horas diárias sem companhia, melhor. Principalmente se tiver mais de um gatinho na casa e se o dono preparar e espalhar vários brinquedinhos pela casa.

Gatos são limpinhos

Ensinar um cão a fazer o xixi e o coco no lugar certo, não é trabalho dos mais fáceis. Já os gatos, são naturalmente muito limpinhos e aprendem em pouquíssimos dias a usar a caixinha de areia. Basta mantê-la limpinha, colocar um coco do gatinho dentro da caixinha e levá-lo lá, para que observe o lugar. Nas próximas vezes ele provavelmente já irá procurar a caixinha de areia para fazer as necessidades. Esse procedimento é mais fácil e rápido com animais de mais de 2 meses, porque antes são tão bebes que não entendem o ensinamento muito bem.

Outra dica importante sobre a caixinha de areia é colocá-la em um canto da parede. O gato, mesmo quando está nela, fica alerta e quando ele pode ficar de costas para a parede e visualizando o restante da casa, se sente mais seguro.

Adaptam-se bem em apartamento

• São animais menores e mais silenciosos do que os cães. Moram em apartamentos e adaptam-se com facilidade. O dono só precisará colocar telas nas janelas, para evitar que o bichano pule e providenciar brinquedinhos para espalhar pela casa, afinal, o animal precisará se movimentar e se divertir.

• Como miam pouco e quando miam, o som é baixo, eles não irão incomodar o vizinhos e não trarão problemas com o barulho. Ter dois gatinhos juntos é uma ótima opção, pois um servirá de companhia para o outro para se divertirem enquanto o dono não está em casa e para correm e brincarem, gastando energia e fazendo exercícios físicos.

Gatos são mais baratos para se manter

Claro que esses bichinhos fofos e carinhosos precisam de ração de boa qualidade, vacinas, visitas ao medico veterinário, eventualmente podem ficar doentes e precisar de algum medicamento, devem tomar vermífugos etc. Só que como são pequenos e têm em torno de 3,5 Kg apenas, eles acabam comendo menos e os gatos com ração são menores.

Os banhos, quando necessários, podem ser dados em casa, no chuveiro, pois os gatinhos são pequenos e fica mais fácil esse procedimento. Além disso, eles não precisam ser dados com freqüência, já que se tratam de animais muito limpos que mantém a sua própria higiene. Assim, a pessoa economiza no banho e tosa, fazendo com que os felinos possam ter um custo mais acessível de manutenção.

Está pensando em ter um gatinho em casa? Procure uma sociedade protetora dos animais ou o centro de zoonose da sua cidade e adote um. Adotar é um ato de amor!

Por Milena Godoy / Edição: Dona Giraffa

Confira também

# [Vida Animal] – É possível criar um cão em um apartamento?

Loading...
1 Comentário em Vantagens de se ter um gato como animal de estimação
  • nanci disse:

    eu sempre tive um gatinho, porem de 4 anos para cá mudei para um sitio e na estrada que vai para o sitio vi nas lixeiras gatinhos recen nascidos ,não pensei duas vezes comecei a pegar e levar para casa muitos deles tive que criar na mamadeira, hoje tenho 42 gatos, que são a rasão da minha vida, todos tem nomes e atende quando chamo, feliz quem adota um gatinho abandonado,não pode imaginar o bem que eles nos traz.

  • Deixe seu comentário

    Publicidade
    Curta nossa fan page no Facebook
    Publicidade
    Publicidade

    A glória deve ser conquistada; a honra, por sua vez, basta que não seja perdida. Arthur Schopenhauer