Como acabar com o chulé

Tirar o sapato é uma atividade simples e normal para a maioria das pessoas, mas para você causa um constrangimento gigante! Ter chulé dá uma vergonha danada e para você eliminar aquele odor dos pés, é preciso saber o que causou.

Veja o motivo de você ter chulé e como tratá-lo!

De onde vem esse cheiro?

Aquele cheiro forte e fedorento que sai do seu pé é causado por um suor diferente, que está sob a ação de bactérias. Todo mundo sua e isso é normal, mas quando você está doente, se alimentando mal ou higienizando de forma errada o pé, o suor acaba ficando mal cheiroso e contaminado por estas bactérias.

mau cheiro chulé

Foto: (c) Can Stock Photo

A bromidrose geralmente aparece em quem tem sudorese excessiva, pois é só fazer os cálculos: se o suor é um dos motivos do chulé, quanto mais suor, mais cheirinho de queijo estragado.

Mas nem todo mundo que tem chulé tem transpiração excessiva no pé e por isso ninguém desconfia que o suor é um dos vilões desta história.

Como evitar o chulé

A principal causa do chulé é a umidade, então nunca deixe os seus pés úmidos após o banho. Use uma toalha para secar bem os dedos e a sola.

Sigas estas dicas para evitar o chulé!

• Após usar o sapato, coloque-o no sol para matar os fungos e tirar o cheirinho forte.

• Se o chulé está muito forte, antes de começar o tratamento use sapatos abertos que deixam com que o pé transpire.

• Quem sua muito, até nos pés, deve evitar banhos muito quentes, que elevam a temperatura do corpo e conseqüentemente, ajudam a aumentar a produção de suor.

• Nunca use meia com lycra ou poliéster que abafam a umidade do pé e dificultam a evaporação do suor.

• Prefira meias de algodão (mesmo no calor, neste caso use meias soquetes).

• Para evitar que o seu pé fique muito úmido, use talco.

• Outra dica é usar palmilhas absorventes (nunca use a mesma por mais de uma semana!).

• Adora calçar sempre o mesmo sapato? Procure fazer um intervalo de pelo menos dois dias para voltar a usar o mesmo sapato.

• Não consegue ficar mais de dois dias sem o mesmo sapato? Lave as palmilhas antes de usar o calçado.

• Se o fedorzinho constantemente te aborrece, lave a planta dos pés de manhã e a noite (use um sabonete neutro).

• Deixar de usar meia não vai adiantar nada, na verdade vai até piorar o problema!

Sai sujeira! Adeus cheirinho de chulé!

Para evitar a bromodiose é fundamental lavar direitinho o pé. Os cuidados básicos de higiene vão garantir que você não volte a encarar aquele cheiro horrível, então use um sabonete anti-séptico e uma escova macia para limpar bem a área.

Passar uma agüinha e fazer uma massagenzinha no pé não vai deixá-lo bem higienizado; é preciso lavar a sola, os dedos e os espaços entre eles.

Se você estiver usando produtos para diminuir o suor, como talco e pós, esta limpeza precisa ser ainda mais rigorosa, pois resíduos destes produtos podem piorar ainda mais a situação.

Tratando o chulé

Para nunca mais passar vergonha na hora de tirar os calçados faça a prevenção da bromidose usando anti-transpirantes (Tenys Pé) e desodorantes (Odor Free) indicados especificamente para os pés, pois eles vão ajudar a eliminar as bactérias (que são normais, mas em excesso causam o cheiro), e diminuir a transpiração dos pés.

Se nem estes produtos seguram o seu chulé, talvez seja necessária intervenção médica. Consulte um especialista e veja se é preciso usar a toxina butolínica que diminui o suor na região e controlar o chulé. O famoso ‘botox’ é aplicado na planta do pé e dura de 4 a 10 meses. A aplicação dura 15 minutos e você já nota a diferença depois de dois dias.

Como o cheiro não fica só no seu pé, é preciso lavar bem o seu calçado e, antes de jogá-lo na lavadeira, faça a lavagem do mesmo na mão.

Pegue uma bacia, coloque água e sal de cozinha. Deixe o sapato no molho e depois lave normalmente, mas com um sabão neutro ou de coco, nada de usar sabão em pó.

No mercado há alguns produtos voltados especialmente para o chulé, antes de usá-lo você pode fazer o seguinte:

• Misture sal e bicarbonato e coloque no sapato. Deixe de molho por umas três horas.

• Veja se o sal ficou úmido, caso tenha ficado, abra a porta do armário onde você deixa os seus sapatos para que o local fique ventilado.

• Após as três horas de molho, tire a mistura e polvilhe o pó anti-séptico.

Tem alguma dica boa para acabar com o chulé? Deixe a sua mensagem!

Por Samantha Alievi
Redação Dona Giraffa
Crédito da Imagem: (c) Can Stock Photo

Confira também

# Saiba como deixar as roupas cheirosas ao lavar
# Como lavar roupas na máquina
# Como tirar pelos de roupas pretas
# [Roupas manchadas] – Como tirar manchas de suor da roupa

Loading...
3 Comentários em Como acabar com o chulé
  • Moizés disse:

    Eu tinha muito problema com o suor dos pés. Quando tirava o sapato depois de um dia inteiro de trabalho, o pé ficava até colando no chão. Resolvi meu problema borrifando vinagre na sola dos pés e dentro do sapato antes de calçar. Acabou até com problema de rachaduras que eu tinha na sola de um dos pés. O vinagre é um ácido bem fraquinho que não agride e mata os fungos e bacterias. Bem, pelo menos para mim foi a solução para o dia a dia de trabalho. Acabou por completo com o odor.

  • arlen disse:

    Assepsiar os pés com alcool também ajuda. Molhe bastantes as solas dos pés com alcool e em seguida retire o excesso com um pano limpo como se estivesse limpando. Isso ajuda a matar e a retirar as bactérias que ali estão. Mas lembre-se: isso deve ser feito com os pés limpos após o banho e deve ser completado com outros métodos como especificado na matéria.

  • thiago disse:

    Muito boa essa dica, também sofro com esse problema alias muitas pessoas tem chulé muitas das vezes nem é por falta de higiene mais do organismo irei seguir essa dica.

  • Deixe seu comentário

    Publicidade
    Curta nossa fan page no Facebook
    Publicidade
    Publicidade

    A glória deve ser conquistada; a honra, por sua vez, basta que não seja perdida. Arthur Schopenhauer