Brigas bobas no relacionamento. Como evitar?

Sempre que me deparo com alguma briga no meu relacionamento, a mesma pergunta aparece todas as vezes: será que vai valer a pena brigar por isso? E sim, talvez essa seja a pergunta chave pra quem cansou de brigar todo dia ou quase toda semana.

Aí você vira e pergunta “mas, só isso?”. Não. Evitar brigas no relacionamento é como querer evitar a ressaca. A gente bebe, sabe que pode passar da conta, sabe da dor de cabeça e da dor do estômago que virão no dia seguinte, mas continuamos a beber. E aí vamos nos arrepender só no dia seguinte. Felizmente toda ressaca passa. Assim como essas brigas.

Brigar pra quê?

As brigas tem seu lado bom. Por mais que estejamos no calor do momento, é normalmente nessas horas que a gente reúne coragem pra dizer aquilo que estava entalado e a gente não tinha ideia de como verbalizar. E depois ainda dá pra se desculpar dizendo que “saiu da boca pra fora”.

casal brigando

Foto: (c) Can Stock Photo

Brigar também estimula o casal a dizer certas verdades, tira o medo de ser sincero e ainda pode trazer aquela sensação gostosa de reconciliação (quando há alguma). Mas por mais normal que seja, as brigas também tem seu lado negativo. Casais que brigam a todo momento estão mais suscetíveis ao desgaste, ao stress e, consequentemente, mais próximos do fim (Oito sinais de que você está prestes a levar um fora) do que aqueles que brigam menos.

Com isso, o ideal no relacionamento não é brigar menos, mas saber brigar. Mais do que berrar a plenos pulmões que ele prometeu ligar e não ligou ou que ela voltou tarde na sexta-feira, evite gritar. Esqueça as cenas das novelas mexicanas e procure falar sem precisar alterar o tom da voz.

Pessoas que gritam são aquelas que acham que uma voz alta é o suficiente pra fazer o outro calar a boca e aceitar seus argumentos. Ledo engano. Quem grita é quem não tem argumento. Ok, uma vez ou outra até que está liberado, mas mantenha seus nervos sob controle caso não queira

Os mitos dos casais que brigam

Todo casal briga:

– Verdade. Conviver com o outro é bem difícil, especialmente quando os hábitos, estilo de vida e opiniões são bem diferentes da nossa.

Brigar dá uma sacodida na rotina:

– Até que é verdade, mas é uma sacodida pra pior. Claro que reconciliar-se é gostoso, e aí vocês dois ficam um doce de pessoa. Mas não se pode valer das brigas pra que esse sentimento gostoso surja. Trabalhe diariamente para se doar ao outro, amar o outro, confortar e dar carinho. Assim essa sensação de amar e ser amado aparece naturalmente, sem precisarmos das brigas.

Tem casal que gosta de brigar.

– Verdade. Esse tipo de casal parece achar que só quando se briga é que o amor é mostrado na sua maior magnitude. Casal que gosta de brigar por brigar é porque não tem assunto no dia-a-dia e acha que brigar traz o fogo que faltava à relação.

E dá pra evitar?

Claro! É possível diminuir bastante a frequência das brigas a partir do momento que você se dispõe a pensar muito antes de falar aquela frase meio torta, meio indireta direta. A gente sabe que nem sempre é fácil. Às vezes a gente passa por alguma(s) situação(oes) durante o dia que nos deixam com os nervos à flor da pele. Aí a gente acaba descontando na primeira pessoa que aparece na nossa frente.

Algumas dicas válidas pra quem não quer se afundar nas brigas:

• Procure gastar sua saliva apenas com assuntos que valem a pena ser discutidos.

• Não implique com atitudes isoladas que o outro fizer(como uma brincadeira de mau-gosto, por exemplo).

• Não use de fatos passados para justificar o presente.

• Não coloque a culpa no outro, saiba olhar pra si e perceber que você também pode errar bastante.

• Evite brigar em lugares públicos, assim como é bom evitar a troca de farpas numa mesa de bar.

• Evite comparar as atitudes do parceiro com as de outro casal.

• Brigue apenas quando você se sentir magoada, ofendida ou desgostosa quanto à atitude do outro.

• Não brigue por pensarem diferentes e possuírem outras opiniões sobre política ou religião, por exemplo.

Por Camila Mazi
Redação Dona Giraffa
Crédito das Imagens: (c) Can Stock Photo

Confira também

# Como manter a magia do primeiro mês de namoro para o resto da vida
# 10 passos para esquecer um grande amor
# Como lidar com o passado amoroso do seu namorado
# Por que as pessoas mudam tanto depois do namoro sério ou casamento?

Loading...
Seja o primeiro a comentar em Brigas bobas no relacionamento. Como evitar?

Deixe seu comentário

Publicidade
Curta nossa fan page no Facebook
Publicidade
Publicidade

Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção. Antoine de Saint-Exupéry