Prós e contras do absorvente interno

Quem nunca colocou um absorvente e perguntou para uma amiga: “tá aparecendo”? Aquela sensação chata de parecer que está de fralda é minimizada pelo absorvente interno, que mesmo sendo uma maneira segura de conter a menstruação, ainda causa várias dúvidas e medos nas mulheres.

Absorvente interno

Foto: Shutterstock

Veja quais são os prós e contras do absorvente interno!

O absorvente interno

Dá para contar nas mãos quantas mulheres preferem usar o absorvente interno ao invés do externo. A maioria de nós só pensa no ‘tampão’ quando precisa ir à praia, piscina ou vai usar uma roupa mais justinha que pode revelar que você está ‘naqueles dias’.

O medo de usar um absorvente interno vem da nossa crença de que o mesmo pode incomodar ou causar doenças. Quem nunca recebeu aquele email falando sobre as substâncias tóxicas encontradas em várias marcas e que poderiam afetar a sua saúde?

Parece até que o absorvente é um ser misterioso que todo mundo fala sobre ele, mas ninguém sabe ao certo qual é a sua história.

Os mitos ao redor do absorvente são tantos que já não dá para saber o que é verdade e o que é mentira, então para acabar de vez com todas estas dúvidas vamos falar quais os benefícios e os contras de usar o absorvente interno. (Confira 6 dúvidas sobre absorvente interno)

Os prós

Discrição. Tem coisa mais chatinha do que sentir que todos estão reparando que você está menstruada por causa daquele volume na sua virilha? Com o absorvente interno isso não acontece e ele pode ser usado mesmo quando você estiver desfilando pela praia

Confortável. Os absorventes externos têm aquela camada de algodão que diminui a sensação de atrito, mas ainda assim a gente fica incomodada com aquela almofadinha que quando não está bem colocada, parece dançar balé na nossa calcinha. O pró do absorvente interno é que quando bem colocado, você já não sente mais nada.

Não atrapalha. Se você souber usá-lo, o tampão não vai causar nenhum desconforto na hora de fazer xixi.

Causam menos alergia. Mesmo sendo introduzido na vagina, o absorvente interno não causa tanta alergia quanto o externo, pois não abafa a região, não tem perfume e muito menos utiliza fórmulas para deixar a área com a sensação de ‘seca’, que geralmente causa irritação na área.

Não causa odor. Por mais que você troque o absorvente externo, o contato do sangue com o ar cria um cheiro que não é muito forte, mas é perceptível. Com o tampão o fluxo não entra em contato com o ar e você não sente nenhum odor.

Contras

Há uma chance maior de proliferação de bactérias. Como o fluxo fica retido na vagina, os micro-organismos podem se acumular na região quando não é feita a troca regular.

Não pode ser trocado em qualquer lugar. Com o absorvente externo basta uma ida ao banheiro para que você se livre da almofadinha, mas com o interno é necessário fazer uma limpeza boa das mãos e nos cubículos de alguns banheiros públicos, você não consegue fazer a troca de maneira confortável, o que vai lhe exigir um pouco de esforço e malabarismos.

Não é indicado para quem tem fluxo mais intenso. Quando a menstruação é muito intensa, o absorvente interno precisa ser trocado mais vezes e quando isso não ocorre, é possível que aconteça vazamentos.

Não é indicado para o uso noturno. Para que você não tenha o risco de infecção, o absorvente interno precisa ser trocado a cada quatro horas e fazendo as contas, você dorme, provavelmente, umas oito horas por dia, ou seja, precisaria acordar de noite para realizar a troca.

Pode vazar durante a noite. Quando você estiver deitada, o tampão fica mais suscetível a vazamentos.

É preciso trocá-lo regularmente: de quatro horas em quatro horas se o seu fluxo é mais intenso ou cinco horas. Caso este tempo passe, as bactérias podem se proliferam na região ou pode ocorrer um vazamento.

Pode alterar o PH da vagina: como ele está dentro do canal da vagina, ele pode absorver também a mucosa vaginal e mudar o seu PH.

Colocando o absorvente interno

Se você sente dor ou incômodo com o absorvente, isso significa que você está introduzindo o tampão de forma errada. Se após a colocação você se sentir desconfortável, tire-o e coloque-o novamente.

Você também não precisa se preocupar achando que ele pode se perder dentro de você: isso não acontece e a cordinha vai garantir que você não perca o tampão. (Saiba como escolher o absorvente ideal )

E você, prefere o absorvente interno ou externo?

Por Samantha Alievi
Redação Dona Giraffa
Crédito da Imagem: (c) Can Stock Photo

Confira também

# Candidíase | O que é a doença e como tratá-la
# Infecções vaginais: Por que acontece comigo?
# [Sintomas, causas e tratamento] – Corrimento amarelo com odor
# [Prevenção de doenças] – Coceira vaginal: entenda os motivos

Loading...
Seja o primeiro a comentar em Prós e contras do absorvente interno

Deixe seu comentário