Dores nos seios – saiba os motivos

Postado por

Um dos medos das mulheres ao sentir dores nos seios é de isso seja um indício de câncer de mama. Porém, o câncer de mama apenas causa dores quando seu tumor é volumoso ou então quando raramente alcança a forma inflamatória.

Foto: (c) Can Stock Photo

Essa dor, chamada de mastalgia, é bastante comum em todas as mulheres, e geralmente é causada por uma tensão nos tecidos mamários, devido a mudanças hormonais ou cistos.

Na fase pré-menstrual, essas dores aparecem com mais frequência, ou então durante a gravidez, quando os seios se enchem de leite, na fase da lactação.

Tipos de dor

Há dois tipos de mastalgia: a cíclica é relacionada ao ciclo menstrual, e a não-cíclica pode ser originada nos seios ou em músculos próximos e articulações, sendo sentida nos seios.

Sua intensidade também varia, do estágio de um leve desconforto até dores fortes, até mesmo incapacitantes.

Mastalgia cíclica

Antes que cada ciclo menstrual se inicie, a mastalgia se apresenta sob forma de uma dor forte. Ela pode ser causada devido apenas ao ciclo menstrual natural da mulher, ou então decorrente do uso de anticoncepcionais hormonais.

O tratamento para esse tipo de dor nos seios será definido pelo médico responsável, devido a alguns fatores:

- Saúde de forma geral e histórico médico

- Extensão da condição

- Tolerância a medicamentos, procedimentos e terapias

Após levar em conta essas situações, o tratamento poderá incluir dieta de poucas calorias, diminuição do uso de cafeína, uso de Vitamina E e analgésicos.

Mastalgia não-cíclica

Esse tipo de dor é mais rara e independe do ciclo menstrual. A dor, nesse caso, é presente o tempo todo, em um local específico. As causas mais comuns são traumas ou pancadas nos seios, mas as dores podem ser causadas também por artrite na cavidade dos seios e no pescoço.

Para comprovar a mastalgia não-cíclica, seu médico realizará um exame físico e pedirá que você faça um exame de mamografia. Há casos em que é necessária uma biópsia da área em que ocorre a dor.

Caso seja detectado um cisto que causa as dores, ele será removido. Em outros casos, dependendo do local em que a dor ocorre, o tratamento incluirá analgésicos, anti-inflamatórios e compressas.

Outros sintomas relacionados

Se você, além da dor nos seios, notar uma vermelhidão ou algum sinal inflamatório, deve consultar um médico imediatamente, tanto para evitar que essa inflamação se transforme em infecção quanto para confirmar que não se trata de um câncer.

Há cistos benignos bastante frequentes também, e que causam dor ao aumentar de volume, mas podem ser reabsorvidos pelo tecido mamário, sendo necessária uma biópsia apenas quando possuem células, massa ou sangue em seu interior.

Casos de estresse, ansiedade e depressão podem também causar a liberação de alguns hormônios femininos, deixando os tecidos dos seios mais sensíveis, com reações que produzem a dor.

Por fim, a dor nos seios pode ter sua origem fora deles, sendo essa dor apenas um reflexo de problemas em outro lugar, como compressão dos nervos do pescoço ou das costas.

Por Franciele Bueno
Redação Dona Giraffa
Crédito das Imagens: (c) Can Stock Photo

Confira também

# Coceira vaginal: entenda o motivos
# O que é menstruação irregular?
# [Saúde da mulher] – Como prevenir a infecção urinária
# [Saúde da mulher] – Candidíase | O que é a doença e como tratá-la

2 Comentários em Dores nos seios – saiba os motivos
  • maria margarida bezerra disse:
    sinto uma dorsinha acima do seio,uma dor bem fina,quando faço movimento.mas tenho muitas dores nas costas,tenho 47 anos,naô,faço execicios. espero resposta.
  • Marlise disse:
    Adorei o blog! sofro de dores nos seios, já fiz mamografia e mostrou um cisto minúsculos, e as dores continuam do mesmo jeito, já não sei o que faço, teriam alguma ideia do que pode causar isto?
  • Deixe seu comentário: