Responsive image

Tipos de alisamento de cabelo: qual o melhor tipo para você

Por mais que a moda não seja estática e a cada estação tenha uma tendência diferente, quando se fala de preferência de fios de cabelo os lisos ainda são maioria, mesmo com as diversas variações e possibilidades que existem hoje em dia para o uso de cabelos ondulados.

Talvez por serem mais fáceis de cuidar, tanto na lavagem e secagem quando para pentear, os cabelos lisos movimentam um mercado de alisamento e inúmeras práticas.

-> Danos caudados pela escova progressiva

As opções são tantas que é fácil nos confundirmos ou ficarmos na dúvida sobre qual método é o mais indicado para nós. Se você acha que não há diferença, saiba que cada tipo de cabelo exige cuidados e tratamentos específicos:

Possibilidades de alisamento

As necessidades das mulheres tem se convertido, nos últimos anos, em um desenvolvimento da indústria cosmética. Como reflexo disso, hoje em dia temos produtos que deixam os fios cada vez mais lisos e com um aspecto mais natural e saudável.

Os alisamentos podem ser feitos por meio de:

- Escova progressiva
– Escova definitiva
– Escova inteligente
– Relaxamento
– Alisamento fotônico

Escova Progressiva

Indicada para todos os tipos de cabelo, essa técnica alisa os fios ondulados e deixam cabelos crespos e armados sem volume. Feita de modo gradual, a cada vez que você realiza o tratamento os fios ficam mais lisos. Seus efeitos duram em média três meses e na maioria dos casos o princípio ativo é o formol, na quantidade permitida pela Anvisa.

O tratamento começa com os fios sendo lavados com um shampoo de limpeza profunda, e o produto é aplicado mecha por mecha. Depois disso, o profissional irá fazer uma escova em seu cabelo e em seguida passar uma prancha – ou chapinha – para que as cutículas fiquem seladas e garantam a absorção dos princípios ativos. Depois disso, é necessário esperar três dias para lavar os cabelos.

Escova Definitiva

Esse tratamento é indicado para fios naturais ou alisados, resultando em um cabelo extremamente liso, sem balanço natural e permanente. À medida que o cabelo for crescendo, é necessário fazer um retoque na raiz e a reversão do efeito só é possível se os fios forem cortados.

O princípio ativo desse produto é tioglicolato ou hidróxido de amônia e o tratamento possui as etapas de lavagem do cabelo com um shampoo de limpeza profunda, aplicação do produto alisante e pranchamento do cabelo com a chapinha aquecida a 200°C, mecha a mecha. É isso que faz com que os cabelos fiquem ultralisos.

Escova Inteligente

Indicada para todos os tipos de cabelo, essa escova deixa os fios mais finos ou ondulados lisos. Em cabelos crespos ou armados, há uma redução do volume.

O tratamento tem um efeito temporário, durando no máximo quatro meses, e seu princípio ativo é à base de tioglicolato de amônia.

O tratamento começa com a lavagem do cabelo com um shampoo de limpeza profunda. A seguir, o produto é aplicado mecha por mecha e a escova e a chapinha são feitas para a cutícula ficar selada. Esse método permite a lavagem do cabelo no mesmo dia.

Relaxamento

Cabelos armados, crespos e com frizz, mas principalmente aqueles cabelos afro ou volumosos devem fazer o relaxamento. No caso dos cabelos crespos e armados, os cachos ficarão mais soltos e bem definidos e com volume reduzido. Se os fios forem ondulados, ficarão lisos.

Com efeito prolongado, de seis a oito meses, o relaxamento pode exigir, ao longo desse tempo, um retoque de raiz à medida que os fios forem crescendo.

Seu princípio ativo é o de amônia, o hidróxido de guanidina ou de sódio e possui um tratamento parecido com o alisamento, mas é menos agressivo aos fios. A lavagem de cabelo é feita com um shampoo antirresíduos e a seguir o produto é aplicado nos fios, mecha a mecha. Após um tempo de pausa, enxagua-se o cabelo, lava-se com um shampoo neutralizando e depois disso é só secá-lo.

Alisamento fotônico

Também indicado para todo tipo de cabelo, torna lisos e com balanço os fios ondulados e elimina o volume daqueles crespos e armados. Com efeito definitivo, você só precisa fazer o retoque da raiz a cada quatro meses.

O princípio ativo é o hidróxido de amônia ou tioglicato e a etapa do tratamento tem seu início com a lavagem dos fios com um shampoo de limpeza profunda, aplicando o produto nos fios em seguida. Com uma luz fotônica, de cor azul, é potencializada a absorção do princípio ativo, fazendo-se durante o processo uma nanoqueratinização, responsável por repor a queratina e reconstruir a fibra capilar, tornando os cabelos brilhantes e macios.

Por Franciele Bueno
Redação Dona Giraffa
Foto: Divulgação

Confira também

# Como prevenir a queda de cabelo
# Dez dúvidas comuns sobre tintura de cabelo

3 Comentários em Tipos de alisamento de cabelo: qual o melhor tipo para você
  • lais disse:
    quero saber sobre selagem
  • ROSANA OLIVEIRA disse:
    meu nome é Rosana e quero tirar uma duvida eu pinto o cabelo qual tipo de alisamento eu posso fazer? SEM POR ELES EM RISCO!
  • Beatriz disse:
    linda dicas de alisar o cabelo vou ver se eu faço no meu cabelo
  • Deixe seu comentário

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade
    A ironia é a expressão mais perfeita do pensamento. Florbela Espanca